Greatest Hits (álbum de Mariah Carey)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.


Greatest Hits
Coletânea musical de Mariah Carey
Lançamento 4 de dezembro de 2001
Gravação 1990—2000
Gênero(s) Pop, R&B
Duração 59:14 (CD 1)
56:21 (CD 2 EUA)
63:25 (CD 2 internacional)
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD duplo, cassete dupla
Gravadora(s) Columbia/Sony Music
Produção Mariah Carey, Walter Afanasieff, Puff Daddy, Q-Tip, Jermaine Dupri, Manuel Seal, Dave Hall, DJ Clue, Duro, Jimmy Jam and Terry Lewis, Stevie J, Mike Mason, David Cole, Robert Clivillés, Babyface, Narada Michael Walden, Rhett Lawrence, Ric Wake
Cronologia de Mariah Carey
Glitter
(2001)
Charmbracelet
(2002)

Greatest Hits (em português, Os Maiores Sucessos) é o décimo primeiro álbum da cantora e compositora estadunidense Mariah Carey. Seu lançamento nos Estados Unidos foi em 4 de dezembro de 2001, e em dias posteriores do mesmo mês no resto do mundo.

Este disco duplo é a segunda coletânea lançada por Mariah Carey, sendo o álbum #1's (1998) o primeiro do gênero. Greatest Hits compreende em ordem cronológica os 10 anos iniciais da carreira da cantora. No primeiro CD encontram-se os singles lançados entre 1990 e 1995, e no segundo CD, os singles divulgados entre 1996 e 2000.

A coletânea foi certificada como disco de platina pela RIAA, graças à marca de cerca de 2 milhão de cópias vendidas nos EUA e ao redor do mundo o álbum já passa dos 4,5 milhões de exemplares vendidos e ainda depende de certificações em mais de 80 países.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Mariah Carey deixou a gravadora Columbia Records e assinou contrato com a Virgin Records. Por razões contratuais, a cantora ainda precisava lançar mais um trabalho sob o selo da Columbia, e a gravadora tinha como única opção publicar uma nova coletânea.

Greatest Hits chegou às lojas mundiais em fins de 2001, com bem pouco controle criativo por parte de Mariah Carey. Diferentemente de #1's, nenhum comentário pessoal da artista foi escrito para o encarte.

Em uma entrevista concedida à MTV Brasil em dezembro de 2001, alguns dias depois do lançamento do álbum duplo, Mariah Carey afirmou que Greatest Hits não abrange toda a sua carreira. "Há muitas músicas que foram grandes sucessos", declarou Carey, "mas muitas das músicas de meus discos que não são tão conhecidas, e que justamente são algumas das minhas favoritas, não saíram na coletânea, mesmo sendo um álbum duplo".

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

A maioria dos singles lançados por Mariah Carey durantes os anos de 1990 a 2000 estão presentes em Greatest Hits. Nos Estados Unidos, os dois discos ao todo reuniram 27 músicas de trabalho.

No resto do mundo, a coletânea trouxe duas faixas bônus: o dueto com o grupo irlandês Westlife em "Against All Odds (Take a Look at Me Now)" e a versão remixada de "All I Want for Christmas is You" (chamada "So So Def Remix", com participação de Jermaine Dupri e de Lil' Bow Wow).

A edição japonesa inclui também o compacto "Open Arms"; a versão álbum de "All I Want For Christmas Is You"; a faixa "Music Box", que nunca fora lançada como compactoe e está presente no disco "Music Box" (1993); e "Never Too Far/Hero Medley".

Todas as faixas de #1's estão presentes em Greatest Hits, exceto "Whenever You Call" (um dueto com Brian McKnight) e "Do You Know Where You're Going To" (disponível apenas nas edições internacionais de #1's). Por outro lado, nenhuma faixa de Glitter, lançado em setembro de 2001, esteve presente na compilação. A edição japonesa foi a única a conter o medley de "Never Too Far/Hero", publicado pela Virgin Records.

Mariah Carey comentou a respeito das faixas inclusas em Greatest Hits: "Cada uma representa um ponto da minha vida", e indicou "Fantasy" e "Underneath The Stars" como as suas favoritas da coletânea.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.[1]
PopMatters (positiva)[2]

Os fãs de Mariah Carey em geral receberam muito bem a compilação. Isto fica evidente pela marca de 1 milhão de cópias vendidas de Greatest Hits, o que granjeou ao álbum a certificação de disco de platina.

O site allmusic deu ao disco 4,5 estrelas (de um total de 5), chamando-o de "tão bom quanto é possível ser", mas criticou a duração da coletânea, ao dizer que "o tempo total dos dois discos é o ponto fraco, pois é simplesmente um pouco demais".

Amy Linden, da loja on-line Amazon.com, afirma que a "coleção dá provas de por que (…) Mariah estabeleceu o padrão para as divas", e no site o álbum também ganhou 4,5 estrelas (de um total de 5).

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD 1[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Vision Of Love"  Mariah Carey, Ben Margulies 3:31
2. "Love Takes Time"  Mariah Carey, Ben Margulies 3:51
3. "Someday"  Mariah Carey, Ben Margulies 4:08
4. "I Don't Wanna Cry"  Mariah Carey, Narada Michael Walden 4:51
5. "Emotions"  Mariah Carey, David Cole, Robert Clivillés 4:10
6. "Can't Let Go"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 4:29
7. "Make It Happen"  Mariah Carey, David Cole, Robert Clivillés 5:09
8. "I'll Be There" (com Trey Lorenz)Hal Davis, Berry Gordy, Willie Hutch, Bob West 4:26
9. "Dreamlover"  Mariah Carey, Walter Afanasief 4:35
10. "Hero"  Mariah Carey, Walter Afanasief 4:20
11. "Without You"  William Peter Ham, Tom Evans 3:37
12. "Anytime You Need A Friend"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 4:27
13. "Endless Love" (dueto com Luther Vandross)Lionel Ritchie 4:21
14. "Fantasy"  Mariah Carey, Dave Hall, Tina Weymouth, Chris Frantz, Steven Stanley, Adrian Belew 4:04
Duração total:
59:14

CD 2[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "One Sweet Day"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 4:43
2. "Always Be My Baby"  Mariah Carey, Jermaine Dupri, Manuel Seal 4:20
3. "Forever"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 4:01
4. "Underneath The Stars"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 3:33
5. "Honey"  Mariah Carey, Puff Daddy, Stevie J, Q-Tip (The Ummah), Bobby Robinson, Stephen Hague, Ronald Larkins, Malcolm McLaren, Larry Price 5:02
6. "Butterfly"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 4:36
7. "My All"  Mariah Carey, Walter Afanasieff 3:53
8. "Sweetheart" (participação de Jermaine Dupri)Rainy Davis, Peter Kessler 4:24
9. "When You Believe" (com Whitney Houston)Stephen Schwartz, Babyface 4:36
10. "I Still Believe"  Antonina Armato, Beppe Cantarelli 3:57
11. "Heartbreaker" (participação de Jay-Z)Mariah Carey, Jay-Z, Jeff Cohen, Narada Michael Walden, Shirley Elliston, Lincoln Chase 4:48
12. "Thank God I Found You" (participação de Joe & 98 Degrees)Mariah Carey, James Harris III, Terry Lewis 4:20
13. "Can't Take That Away (Mariah's Theme)"  Mariah Carey, Diane Warren 4:34
Duração total:
56:21

Compactos não incluídos no álbum[editar | editar código-fonte]

Os compactos abaixo foram oficialmente lançados em LP/CD, tiveram um videoclipe, mas não estão presentes em nenhuma edição de Greatest Hits.

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Parada Posição Certificação Vendas/Fabricados
 Austrália - Albums Chart[3] 47 2× Platina 140.000[4]
 Canadá - Flandres Albums Chart[5] 7 3× Platina 300.000[6]
 Brasil - Albums Chart 4 3× Platina 300.000[7]
 França - Albums Chart[8] 24 4× Platina 400.000[9]
 Irlanda - Albums Chart[10] 5 14× Platina 300.000[11]
 Itália - Albums Chart[12] 25 Diamante 500.000[13]
 Japão - Albums Chart[14] 3 2× Platina 500,000[15]
 Nova Zelândia - Albums Chart[16] 11 4× Platina 140.000[17]
 Reino Unido - Albums Chart[18] 7 2× Platina 600.000[19]
União Europeia - Albums Chart[20] 32 Platina 1.800.000[21]
 Estados Unidos - Billboard 200[22] 52 2× Platina 2.000.000¹[23]
mundo - Albums Chart[24] 5× Platina[25] 5,000,000[24]

¹ Álbuns duplos a RIAA conta cada disco separadamente.

Referências

  1. Allmusic review
  2. «PopMatters review» (em inglês). Popmatters.com 
  3. «Australian Albums Chart» (em inglês). Ariacharts.com.au 
  4. «ARIA» (em inglês). Aria.com.au 
  5. «Albums Chart». Ultratop.be 
  6. «MC». MC.org.br 
  7. «ABPD». Abpd.org.br 
  8. «French Albums Chart». Chartsinfrance.net 
  9. «SNEP». Disqueenfrance.com 
  10. «Irish Albums Chart» (em inglês). Irma.ie 
  11. «IRMA» (em inglês). Irishcharts.ie 
  12. «Italian Albums Chart» (em italiano). Fimi.it 
  13. «FIMI». Fimi.it 
  14. «Oricon Albums Chart». Oricon.co.jp 
  15. «RIAJ». Oricon.co.jp 
  16. «New Zealand Albums Chart». Rianz.org.nz 
  17. «RIANZ». Rianz.org.nz 
  18. «UK Albums Chart» (em inglês). Theofficialcharts.com 
  19. «BPI» (em inglês). Bpi.co.uk 
  20. «European Albums Chart» 
  21. «IFPI» 
  22. «U.S. Albums Chart» (em inglês). Billboard 
  23. (em inglês). Recording Industry Association of America http://www.riaa.com/goldandplatinumdata.php?table=SEARCH  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  24. a b Albums Chart
  25. http://www.world.com/goldandplatinumdata.php?table=SEARCH