Greatest Hits (Björk)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Björk's Greatest Hits
Álbum de grandes êxitos de Björk
Lançamento 4 de Novembro de 2002
Gravação 1993 — 2001
Gênero(s) Eletrônica
Duração 72:19
Gravadora(s) One Little Indian
Produção Björk, Nellee Hooper, Mark Bell, Graham Massey, David Arnold, Danny Cannon, Drew Daniel
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Björk
Vespertine
(2001)
Family Tree
(2002)

Greatest Hits é uma compilação da cantora islandesa Björk. Lançado em 2002, Björk colocou uma votação em seu website, quais dos seus melhores hits de sucesso se encaixasse para um perfeito Greatest Hits. No dia 27 de Maio de 2002 foi aberta a votação para seu novo álbum,[1] esta votação foi intitulada como The Greatest Webvote. Durante uma semana e meia,[2] o público ou os fãs de Björk deixaram sua marca escolhendo dos hits mais antigos como "Big Time Sensuality", até os mais recentes na época, como "Pagan Poetry" ou "Hidden Place".

Dos escolhidos,[3] estão "Human Behaviour", "Big Time Sensuality" e "Venus As a Boy" tiradas de Debut lançado em 1993. "Play Dead" tirada da trilha sonora original do filme The Young Americans também do mesmo ano. "Hyper-Ballad", "Army of Me", "Isobel" e "Possibly Maybe" tiradas de Post lançado em 1995. "Hunter", "All Is Full of Love", "Jóga" e "Bachelorette" tirados de Homogenic que foi lançado em 1997. E "Pagan Poetry" e "Hidden Place" tiradas de seu último álbum de estúdio, Vespertine de 2001.

Björk ainda complementou com mais uma nova canção exclusiva no álbum It's In Our Hands, que foi lançada como single em Dezembro deste mesmo ano. Greatest Hits foi lançado no mesmo dia que o Box Family Tree, também incluindo um Greatest Hits, mas com canções "escolhidas por Björk" e que tem sete canções em comum com esta compilação.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "All Is Full of Love" (Björk) – 4:46
  2. "Hyper-Ballad" (Björk) – 5:23
  3. "Human Behaviour" (Björk/Nellee Hooper) – 4:13
  4. "Jóga" (Björk/Sjón) – 5:04
  5. "Bachelorette" (Björk/Sjón) – 5:17
  6. "Army of Me" (Björk/Graham Massey) – 3:56
  7. "Pagan Poetry" (Björk) – 5:14
  8. "Big Time Sensuality" (Björk/Nellee Hooper) – 4:56
  9. "Venus as a Boy" (Björk) – 4:41
  10. "Hunter" (Björk) – 4:15
  11. "Hidden Place" (Björk/Guy Sigsworth/Mark Bell) – 5:28
  12. "Isobel" (Björk/Nellee Hooper/Marius de Vries/Sjón) - 5:48
  13. "Possibly Maybe" (Björk/Nellee Hooper/Marius de Vries) – 5:07
  14. "Play Dead" (Björk/David Arnold/Jah Wobble) – 3:57
  15. "It's in Our Hands" (Björk) – 4:14

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Björk é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.