Gregório III de Constantinopla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas com o mesmo título, veja Gregório III.

Gregório III de Constantinopla, dito Mammis ou Mammas, foi o patriarca grego ortodoxo de Constantinopla entre 1443 e 1450 ou 1453.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre a sua vida ou seu patriarcado e nem mesmo seu sobrenome é certo, com os epítetos sendo provavelmente zombarias. Na geralmente pouco confiável obra Chronicum Majus de Jorge Frantzes, se relata que ele veio de Creta e que seu nome real seria Melisseno. Em outras obras, ele é por vezes chamado de Melisseno-Estretegópulo.

Ele foi tonsurado como monge por volta de 1420 e acredita-se que tenha sido o confessor do imperador bizantino João VIII Paleólogo[1]. Ele foi um defensor da reunião das Igrejas e participou do Concílio de Ferrara-Florença, onde uma nova tentativa, chamada "União de Florença", fracassou. Ele foi eleito patriarca após a renúncia do patriarca Metrófanes II, também unionista .

Em 1450, ele foi forçado a abdicar por causa da oposição dos anti-unionistas às suas políticas e se exilou em Roma em agosto de 1451. Ele foi cordialmente recebido pelo papa Nicolau V, que ajudou financeiramente e tentou persuadir o imperador bizantino a restaurá-lo no trono patriarcal. De fato, os pró-unionistas das áreas ocupadas pelos latinos da Grécia continuaram a considerá-lo como legítimo patriarca de Constantinopla, ignorando o seu sucessor, o anti-unionista Atanásio II, cuja própria existência é constestada[2][3][4].

Gregório morreu em 1459, em Roma. Ele foi honrado como santo e taumaturgo pela Igreja Católica. Ele escreveu dissertações refutando as obras do anti-unionista Marcos Eugenicos e outra sobre a processão do Espírito Santo. Algumas de suas cartas sobreviveram e outros três tratados teológicos, "Sobre o pão ázimo", "Sobre a primazia papal" e "Sobre a beatitude celeste" permanecem inéditos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Gregório III de Constantinopla
(abdicou)

(1443 - 1450/1453)
Precedido por: Cruz ortodoxa.png

Patriarcas grego ortodoxos de Constantinopla

Sucedido por:
Metrófanes II 157.º Atanásio II (?) ou
Genádio II

Referências

  1. Προκοπίου Τσιμάνη, Από υψηλή σκοπιά οι Πατριάρχαι Κωνσταντινουπόλεως, Αθήνα 1981, τόμ. Α΄, σελ. 55
  2. Vitalien Laurent, E. Dalleggio, op. cit., p. 110, note 114.
  3. Vitalien Laurent, E. Dalleggio, « Les études byzantines en Grèce (1940-1948) », dans Revue des études byzantines, tome 7, 1949, p. 91-128, 109 note n° 104.
  4. Venance Grumel, Traité d'études byzantines, « La Chronologie I. », Presses universitaires de France, Paris, 1958, p. 437-439.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • «Gregório III» (em inglês). Ecumenical Patriarchate of Constantinople. Consultado em 9 de setembro de 2011.