Greta Oto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Greta Oto[1] ou simplesmente borboleta transparente, é uma rara espécie de borboleta encontrada principalmente na América Central, que tem asas transparentes pois os tecidos entre as veias não possuem as escamas coloridas presentes em outras borboletas.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaGreta Oto
Greta Oto
Greta Oto
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Lepidoptera
Família: Nymphalidae
Género: Greta
Espécie: G. oto
Nome binomial
Greta Oto
Hewitson, 1854

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Uma característica interessante dessa borboleta é que elas procuram por plantas toxicas para se alimentar já que são imunes a toxina das plantas, mesmo assim podem alimentar-se de plantas comuns. Os machos dessa espécie transformam a toxina absorvido através do néctar em feromônios, com o intuito de atrair fêmeas para acasalar[2].

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A Greta Oto pode ser encontrada

  1. Na América Central principalmente o México e no Panamá.
  2. Na América do Sul especialmente na Venezuela e Colômbia
  3. E também pode ser encontrada no Brasil.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  1. Os machos dessa espécie lutam entre si para acasalar com uma certa fêmea
  2. Ela prefere colocar seus ovos em plantas Solanaceae tropical gênero Cestrum . As lagartas verdes alimentam dessas plantas tóxicas e toxinas da loja em seus tecidos, o que os torna tóxico para os predadores, especialmente formigas Paraponera clavata[3].

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. LepIndex, Greta Oto, Catalogue of life, 11 de maio de 2013
  2. Anônimo, Greta OtoSampex Dedetizadora, 10 de Dezembro de 2012
  3. Alberkley, Greta OtoEstudando a biologia, 03 de Novembro de 2012