Grid 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
GRID 2
Desenvolvedora(s) Codemasters Southam
Publicadora(s) Codemasters
Distribuidora(s) EU Namco Bandai Games[1]
JP Sega Racing Studio
Diretor(es) Chris Smith[2]
Motor EGO Engine 3.0
Plataforma(s) Windows
PlayStation 3
Xbox 360
Série Race Driver: Grid
Data(s) de lançamento [3]
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Single-Player, Multiplayer

GRID 2 é um jogo de corrida produzido pela Codemasters Racing. Diversão mais casual, o jogo foi lançado para Windows, Xbox 360, e PlayStation 3 em 28 de Maio de 2013 na América do Norte, 31 de Maio de 2013 na Europa, 6 de Junho de 2013 no Brasil e 25 de Julho de 2013 no Japão.[4]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Seja rápido, ser o primeiro e ser famoso como os retornos de corrida em GRID 2, a sequela do BAFTA-award winning, vários milhões de venda Race Driver: GRID. Experiência de corrida agressiva avançado contra AI e fica imerso na corrida com o novo sistema TrueFeel do GRID 2. Sistema de manipulação que alimenta borda do controle alegria ao volante de cada carro icônico. A próxima geração do EGO Game Technology Platform oferece gênero definindo-visuais e danos de cair o queixo como você provar a si mesmo em três continentes em um novo mundo em evolução, do automobilismo. Ganha fama, fãs e fortuna como você chama o seu caminho até o topo em intensos, corridas incansáveis ​​em circuitos licenciados, ruas da cidade muito bem realizados e estradas de montanha letais. GRID 2 também irá definir um novo padrão para as corridas multiplayer com modos inovadores, um sistema de progressão inteiramente separada e integração profunda com RaceNet, a extensão on-line gratuito para Codemasters jogos de corrida. GRID 2 é a corrida, redefinido.

Circuitos[editar | editar código-fonte]

Os circuitos relacionados foram confirmados e alguns são por DLCs exclusivos da Pré-venda e Expansões.

Alguns dos circuitos Oficiais da FIA e IndyCar Series:

E também tem circuitos e ruas conhecidas do mundo, em Dubai, Hong Kong, Paris, Miami, Califórnia, Costa Azul, Barcelona, Red Bull Ring, Chicago, e Okutama.[5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O empresário Patrick Callaghan, aspirante a corridas, anelando a criação de uma liga, que, segundo seus planos, lograria de grandes clubes automobilísticos da América do Norte, Europa e Ásia,[6] com versados pilotos, vincula o jogador ativo para um evento inicial, o qual, se bem-sucedido, fomentaria uma única marca.[7] A proposta tem êxito, o jogador é recrutado, enviado para testes no Indianapolis Motor Speedway,[8] através de episódios promocionais - oficiais ou não -, soma fãs.[9] Durante o primeiro ano, os modos admitidos atinam, apenas, a corridas normais e faceoffs. Em consonância com o soerguimento da World Series of Racing (WSR), conglomerado fundado pelo empresário, há a incorporação de novos ambientes, ao passo da junta contínua de adeptos. Na segunda temporada da série, atrai-se à Europa, e, na terceira, cativa a Ásia. Para a Europa, o jogador adapta-se ao modelo de resistência (endurance) e eliminação (elimination),[carece de fontes?] [no primeiro caso, há a fixação de um cronômetro regressivo, elencando como vencedor o piloto que estiver liderando ao término de si; e, quanto ao evento de eliminação, há, com o decorrer dos cronômetros das baterias inscritas, a desarticulação de um componente do então evento - último colocado, uniformemente[10]]. Tal avanço progressa também na Ásia, região conservadora, no título, dos padrões de corrida touge e ponto de controle (checkpoints).[carece de fontes?]

Gameplay[editar | editar código-fonte]

O jogo está previsto para incluir vários locais do mundo real, como Abu Dhabi, Paris, vários locais dos Estados Unidos, e muitos mais, e também incluem automóveis, abrangendo quatro décadas. Além disso, ele irá incluir um novo sistema de tratamento que o desenvolvedor Codemasters apelidado de "TrueFeel", que visa a atingir um ponto ideal entre realismo e acessibilidade.

Preview[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de Fevereiro de 2013 foi divulgada uma Preview de gameplays do jogo no canal Machinima via YouTube.

Expo 2012[editar | editar código-fonte]

Nesta Eurogamer Expo 2012 a Codemasters demonstrou aos fãs do Race Driver: Grid para testes o novo Grid 2, as gameplays foram lançadas no YouTube.[11]

Marketing[editar | editar código-fonte]

GRID 2 tem uma edição especial, a Mono Edition, que é a mais cara da história dos videogames. Custando a bagatela de £125.000 - ou R$ 386.000 - essa edição traz de “brinde” o super-carro inglês BAC Mono, à venda no Reino Unido e limitada a apenas uma unidade.[12]

A “Mono Edition” também conta com os seguintes itens:

  • Uma cópia de Grid 2 para Playstation 3 com arte personalizada;
  • Um dia na fábrica da BAC, incluindo tour e um tempo com os técnicos da empresa para ajustar seu BAC Mono;
  • Um capacete da Bell Racing;
  • Macacão de corrida, botas e luvas do seu tamanho, com logos da BAC Mono e GRID 2;
  • Um Playstation 3.

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Distribuidora
Estados Unidos América do Norte 28 de Maio de 2013 DVD, Digital Download Codemasters Southam
Alemanha Alemanha 31 de Maio de 2013 Namco Bandai Games
Espanha Espanha
França França
Itália Itália
Polónia Polónia
Reino Unido Reino Unido
Brasil Brasil 6 de Junho de 2013 Codemasters Southam
Japão Japão 25 de Julho de 2013 Sega Racing Studio

Requisitos[editar | editar código-fonte]

Requisitos do sistema
Mínimo Recomendado
Windows
Sistema Operacional Windows Vista, Windows 7, Windows 8 Windows Vista 64 Bit, Windows 7 64 Bit, Windows 8 64 bit
CPU Intel Core 2 Duo @ 2.4Ghz ou AMD Athlon X2 5400+ Intel Core i7 ou AMD Bulldozer
Memória 2GB 4GB
Espaço em Disco 15GB livre
Placa de Vídeo DirectX 11 Intel HD Graphics 3000 / AMD HD2600 / NVIDIA Geforce 8600 DirectX 11 Intel Graphics 5200 / AMD HD6000 Series / Nvidia GTX500 Series mínimo 1GB RAM
Placa de Som Compatível com DirectX
Rede Conexão de Internet de banda larga.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Codemasters hands publishing duties to Namco Bandai» (em Inglês). computerandvideogames.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2013 
  2. Mognon, Mateus (21 de maio de 2019). «Grid 2 está de graça na Steam até amanhã para comemorar novo jogo da franquia». Adrenaline. Consultado em 19 de julho de 2019 
  3. «Jogo 'Grid 2' tem data de lançamento e DLCs divulgados» (em Português). terra.com.br. Consultado em 31 de janeiro de 2013 
  4. «Race Driver: GRID 2 em 2013». BaixakiJogos. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  5. «A lista completa das pistas de GRID 2». Eurogamer. Consultado em 15 de maio de 2013 
  6. Kaijin, Okutani (13 de maio de 2013). «「GRID 2」のコースリストが公開。奥多摩やドバイを名車や最新車種で駆け抜けろ». 4Gamer.net. Consultado em 19 de julho de 2019 
  7. Plant, Gaz (18 de junho de 2013). «Grid 2 Review (PS3)». Push Square. Consultado em 19 de julho de 2019 
  8. «Main Game Progression». Speedrun. 3 de março de 2018. Consultado em 19 de julho de 2019 
  9. Kato, Matthew (28 de maio de 2013). «Grid 2 Can Codemasters Invigorate The Genre Once Again?». Game Informer. Consultado em 19 de julho de 2019 
  10. Pickering, Matt (15 de maio de 2014). «Online Discipline Progression & Game Modes». Codemasters. Consultado em 19 de julho de 2019 
  11. «GRID 2 - Veja Gameplays em um simulador com três monitores na Eurogamer Expo 2012». Gamevicio. Consultado em 1 de outubro de 2012 
  12. «GRID 2 terá edição especial com carro de 'brinde' que custará quase R$ 400.000». TechTudo. Consultado em 24 de maio de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Grid 2
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.