Group for the Study of Reactive Motion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde janeiro de 2014). Ajude e colabore com a tradução.

O Group for the Study of Reactive Motion (em russo: Группа изучения реактивного движения, ou Gruppa izucheniya reaktivnogo dvizheniya , abreviadamente ГИРД, ou GIRD), situado em Moscou, foi um instituto de pesquisa soviético fundado em 1931, para estudar vários aspectos da engenharia aeroespacial.[1]

Histórico do grupo[editar | editar código-fonte]

MosGIRD[editar | editar código-fonte]

1931[editar | editar código-fonte]

O GIRD foi criado em 15 de Setembro de 1931, a partir do setor técnico de motores a jato e assuntos aéreos da associação "Osoaviakhim". O grupo era dividido em equipes (ou brigadas), cada uma envolvida em atividades diferentes:[2]

1932[editar | editar código-fonte]

1933[editar | editar código-fonte]

LenGIRD[editar | editar código-fonte]

1931[editar | editar código-fonte]

1932[editar | editar código-fonte]

  • Em 1932, o LenGIRD já possuia mais de 400 membros. Com a importante ajuda dos funcionários do Laboratório de dinâmica de gazes (GDL): Vladimir Artemyev e Boris S. P. Paulo o grupo foi responsável por um grande número de projetos (foguetes, fotografia, meteorologia, etc.). Também nesse ano, o LenGIRD criou cursos de teoria de propulsão a jato.

GIRD em outras cidades[editar | editar código-fonte]

Seguindo o exemplo de Moscou e Leningrado, movimentos para formar grupos GIRD locais em outras cidades foram levados a cabo. Personagens importantes nessas iniciativas foram: Friedrich Zander, Nikolai Rynin e Vladimir Vetchinkin.

Histórico de projetos[editar | editar código-fonte]

Friedrich Zander liderou a 1a brigada do GIRD, constituída pela equipe que ele liderava no Institute of Aircraft Engine Construction (IAM). Zander começou a considerar voos interplanetários desde 1907, e foi um dos fundadores da Society for the Study of Interplanetary Communication em 1924.

OR-1[editar | editar código-fonte]

Zander começou a trabalhar no motor experimental OR-1 em 1929 ainda no IAM, que já no GIRD passou a ser conhecido como Projeto GIRD 01.

OR-2[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: OR-2

Em 1932, o OR-2, também conhecido como Projeto GIRD 02, foi desenvolvido para o planador movido a foguete RP-1 de Korolev

GIRD-X[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: GIRD-X

Em 1933, Zander iniciou o desenvolvimento de um novo foguete, o GIRD-X e um motor para ele, o motor de foguete 10. O modelo final teria 2,2 m de altura; 14 cm de diâmetro; pesando 30 kg, podendo carregar uma carga útil de 2 kg a uma altitude de 5,5 km.[3]

GIRD-09[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: GIRD-09

O primeiro lançamento de um foguete soviético foi o do GIRD-09, em 17 de Agosto de 1933, que alcançou a modesta altitude de 400 metros.

Projeto 05[editar | editar código-fonte]

Mikhail Tikhonravov, que mais tarde supervisionou o projeto do Sputnik I e o Programa Luna, liderou a 2a brigada do GIRD, responsável pelo projeto de foguete designado Projeto 05, num esforço conjunto com o Gas Dynamics Lab (GDL) em Leningrado. O Projeto 05, usava o motor ORM-50 desenvolvido por Valentin Glushko, alimentado por ácido nítrico e querosene e a tubeira sendo resfriada de forma regenerativa. Testado pela primeira vez em 1933, ele nunca chegou a ser concluído, mas serviu de base para outros projetos importantes.

RNII[editar | editar código-fonte]

Em 16 de Maio de 1932, Mikhail Tukhachevsky preencheu um memorando para que o GIRD e o Laboratório de dinâmica dos gazes (GDL) de Leningrado fossem combinados, resultando no Instituto de pesquisa de motores à reação (Реактивный научно-исследовательский институт, Reaktivnyy nauchno-issledovatel’skiy institut, РНИИ, RNII), fundado em 21 de Setembro de 1933.[1][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Zak, Anatoly (27 de dezembro de 2013). «Chronology of the 20th century». RussianSpaceWeb.com. Consultado em 9 de janeiro de 2014 
  2. Королева, Наталия (2002). «ГИРД: организация и структура 1931». famhist.ru. Consultado em 31 de janeiro de 2014 
  3. a b Albrecht, Ulrich (1993). The Soviet Armaments Industry. [S.l.]: Routledge. pp. 74–75. ISBN 3-7186-5313-3 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]