Grupo Desportivo e Recreativo da Textáfrica do Chimoio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Textáfrica
GDR Textafrica.png
Nome Grupo Desportivo e Recreativo Textáfrica
Alcunhas Fabris do Planalto
Fundação 27 de agosto de 1957 (60 anos)
Estádio Campo da Soalpo
Capacidade 5000
Localização Chimoio,  Moçambique
Presidente Moçambique Michel Ussene
Treinador Argentina Leonardo Costas
Competição Moçambola
Website http://www.textafrica.org
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Grupo Desportivo e Recreativo da Textáfrica do Chimoio (conhecido somente por Textáfrica) é um clube desportivo sediado em Chimoio, província de Manica, em Moçambique. Com actividade nas modalidades de atletismo, basquetebol e futebol o Textáfrica já foi campeão moçambicano de futebol por 4 ocasiões.

História[editar | editar código-fonte]

A origem do clube remonta ao Sport Clube de Vila Pery fundado em 1928[1], na então Vila Pery (actual Chimoio).

A constituição do GDRT vinha na tradição de desportista do Eng.º Magalhães, o considerado “pai do Textáfrica”, o entusiástico adepto da Académica[qual?], o que lhe permitiu perceber quanto valor tem o desporto como prática, como espectáculo e como comunhão da humanidade. 

No dia 27 de Agosto de 1957, numa sessão solene para o efeito realizada, foi criado o Grupo Desportivo e Recreativo Textáfrica. Com os estatutos publicados no Boletim Oficial[qual?] passou a pertencer ao mundo oficializado do desporto de Moçambique.

Estádio[editar | editar código-fonte]

O Textáfrica joga em casa no Campo da Soalpo,[2][3] com capacidade para 5000 pessoas.

Uniforme[editar | editar código-fonte]

Uniforme titular: Camisa com quadrados azuis e brancos distribuídos aleatoriamente, calção azul e meias brancas.

Palmarés[editar | editar código-fonte]

  • 1966 - Campeão Distrital de Futebol de Manica e Sofala.
  • 1967 - Campeão Distrital de Futebol de Manica e Sofala.
  • 1967 - Vencedor da Taça de Honra de Manica e Sofala.
  • 1969 - Campeão Distrital de Futebol de Manica e Sofala.
  • 1969 - Campeão Nacional de Futebol de Moçambique.
  • 1971 - Campeão Nacional de Futebol de Moçambique.
  • 1972 – Vice-Campeão de Moçambique e representante de Moçambique na Taça de Portugal, onde defrontou o Leixões na Vila Pery (Chimoio).
  • 1973 – Campeão Nacional de Futebol de Moçambique.
  • 1974 – Campeão de Moçambique na 2.ª Divisão e representante de Moçambique na Taça de Portugal, onde defrontou o Clube Atlético de Portugal em Chimoio.
  • 1976 – 1.º Campeão Nacional de Moçambique Independente.
  • 1977 – Vice Campeão Nacional de Moçambique.
  • 1978 - Terceiro classificado no campeonato nacional de futebol.
  • 1979 - Terceiro classificado no campeonato nacional de futebol.
  • 1980 - Vice-Campeão nacional de futebol.
  • 1983 – Finalista vencido da Taça de Moçambique, defrontou o Costa do Sol
  • 1996 – Campeão Regional da Zona Centro da 2.ª Divisão
  • 2000 – Campeão Regional da Zona Centro da 2.ª Divisão
  • 2001 – Finalista vencido da Taça de Moçambique, defrontou o Maxaquene
  • 2003 – Campeão Regional da Zona Centro da 2.ª Divisão
  • 2004 – Finalista vencido da Taça de Moçambique, defrontou o Ferroviário de Maputo
  • 2005 – Vice-Campeão Regional da Zona Centro, 2.ª Divisão
  • 2006 – Vice-Campeão Regional da Zona Centro, 2.ª Divisão
  • 2007 – Campeão Regional Divisão de Honra – Zona Centro
  • 2008 – Participou no Moçambola 2008 e conseguiu a manutenção para 2009.
  • 2017 – Campeão da Poule de apuramento Zona Centro para o Moçambola 2017.

O Textáfrica também foi Campeão Nacional de Tiro, Fosso Universal, durante o período colonial, num campeonato nacional disputado pelas melhores equipas portuguesas na cidade de Luanda, capital de Angola.

Referências

  1. «Textáfrica» (em alemão). fussballzz.de. Consultado em 8 de março de 2017 
  2. Alexandre Zandamela (13 de dezembro de 2016). «Textáfrica reabilita Soalpo para acolher o Moçambola». A Bola. Consultado em 8 de março de 2017 
  3. Álvaro da Costa (1 de março de 2017). «Abertura do Moçambola alterado para o estádio nacional do Zimpeto». O texto indica erradamente "3 de março" pois "sábado" era "4 de março". A Bola. Consultado em 4 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de MoçambiqueSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol moçambicanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.