Grupo JSL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
JSL
Razão social JSL S.A.
Empresa de capital aberto
Slogan "Entender Para Atender"
Cotação BM&F Bovespa: JSLG3
Gênero Sociedade anônima
Fundação 1956
Fundador(es) Julio Simões
Sede Mogi das Cruzes, SP,  Brasil
Locais Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Venezuela
Presidente Fernando Antonio Simões
Empregados 25.000
Produtos Transporte de Passageiros
Transporte de Cargas
Limpeza Urbana
Revenda de Veículos
Aluguel de Veículos
Serviços Transportes, Soluções Logísticas, Limpeza Urbana, Comercialização de Automóveis, etc
Subsidiárias CS Brasil
JSL Logística
JSL Concessionárias
JSL Leasing
Movida
Lucro Baixa R$ 46,7 milhões (2015)[1]
Faturamento Aumento R$ 6,561 bilhões (2015)[2]
Website oficial www.jsl.com.br

JSL é um grupo brasileiro de empresas relacionadas aos transportes e logística, com sede na cidade de Mogi das Cruzes, estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

Foi criado em 1956 pelo empresário português Julio Simões. Começou as suas atividades fazendo o transporte de produtos hortifrutigranjeiros de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, para o Rio de Janeiro. Depois passou a fazer o transporte de “cargas pesadas”, especializando-se neste segmento[3].

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Hoje atua em diversos ramos, como transportes de cargas gerais, logística e cadeia de suprimentos, aluguel e gestão de frota,a Dalçoquio, uma empresa do grupo, atua em serviços fretados, no transporte de gasolina e um tanto de outros materiais.

Atualmente é a maior empresa de transporte rodoviário do Brasil e possui varias filiais espalhadas pelo país. Em 2015 a empresa teve um faturamento total de 8,5 bilhões de reais.[2]

Seu principal investimento hoje, é em aumantar sua frota para suprir a necessidade do mercado (Grande São Paulo)[4]. É a maior transportadora de cargas do Brasil, e possui números grandiosos, como 7.000 funcionários, 2.317 caminhões, e 8,100.000 litros de combustível consumidos, também por mês.

A Dalçoquio atualmente é a numero um em quantidades de caminhões no Brasil, seguida por Ouro Verde Locação e Serviço e JSL S/A de Julio Simões.

Em abril de 2008, a Dalçoquio foi eleita uma das três melhores operadoras de trasnportes do Brasil (Prêmio Volvo de Logística), concedido aos dez melhores prestadores de serviço deste mercado, apontados por 377 executivos das mil maiores indústrias do país. A pesquisa é feita pelo ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain (à época integrante do Centro de Estudos em Logística (CEL/Coppead) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)). Nos anos seguintes o Prêmio Volvo passa a se chamar Prêmio ILOS de Logística - com a desvinculação do Instituto da UFRJ - e a JSL é eleita a primeira ou segunda colocação em todas as edições desde de 2009 até 2015.

Entre dez segmentos analisados, a Dalçoquio foi eleita a melhor operadora logística nas áreas de Papel e Celulose e de Siderurgia e Metalurgia. Foi também a empresa brasileira mais citada como referência pelos executivos que contratam serviços de transportes e movimentação de cargas.

De todos os votos recebidos pela Dalçoquio 63% foram de atuais clientes. Ou seja, 37% dos executivos que votaram nesta empresa não utilizam seus serviços, mas também a reconhecem como a melhor.

Esta foi a sétima edição do Prêmio Volvo de Logística. A Dalçoquio foi citada em todas elas entre as dez melhores operadoras do Brasil. A premiação é uma iniciativa da Volvo e da revista Tecno logística

Em 2013 adquiriu a Trans Rio Sergipe em Aracaju-SE, concessionária Volkswagen Caminhões e Ônibus, em setembro do mesmo ano adquiriu a empresa de locação de veículos Movida por 65 milhões de reais.[5]

Atualmente, através da subsidiária CS Brasil, opera linhas municipais em Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba e Guararema na Região Metropolitana de São Paulo, em São José dos Campos na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e em Sorocaba na Região Metropolitana de Sorocaba.

Operou entre 2006 e 2016 o Consórcio Unileste na denominada Área 4 da EMTU, responsável pelo transporte intermunicipal de passageiros entre os municípios de Mogi das Cruzes, Suzano, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Arujá, Santa Isabel, Guararema, Biritiba Mirim, Salesópolis, Guarulhos e São Paulo.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]