Grupo Mobi Cine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grupo Mobi Cine
Razão social C A Vieira Lemos & Cia Ltda.
Sociedade limitada
Slogan A sua maior diversão!
Atividade Cinematográfica
Fundação maio de 2010 (9 anos)
Sede Av. Cônego João Lima, 2307 Araguaína,  Tocantins,  Brasil
Área(s) servida(s) Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Sergipe e Tocantins
Presidente Cláudio Aparecido Vieira Lemos
Produtos Exibição de produções cinematográficas
Subsidiárias Nove complexos de cinemas, perfazendo 24 salas
Website oficial grupomobicine.com.br

O Grupo Mobi Cine é uma empresa privada brasileira, que atua no mercado de exibição cinematográfica. Está presente em nove cidades de seis estados localizados em quase todas as regiões do país, exceção da Região Sul. Seu parque exibidor é composto atualmente por nove complexos e 24 salas, média de 2,67 salas por complexo. Suas 2 858 poltronas perfazem uma média de 119,08 assentos por sala.[1]

Possui exclusividade em seu raio de atuação, por ser o único exibidor na maioria das cidades onde atua (exceção de Salvador). Sediada na cidade de Araguaína, Tocantins, forma ao lado do Cine Laser, sediada em Vilhena e do Cine Milani, de Ji-Paraná (ambas em Rondônia), as únicas redes de cinema com sede na Região Norte.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa surgiu em 2010, com a inauguração do Top Cine Araguaína, nas instalações do Moreira Shopping daquela cidade do interior do estado do Tocantins, detentor de duas salas[2]. Naquela ocasião, estava sendo reaberto um complexo antes explorado pela extinta rede Cine Blue, que encerrara as atividades em junho de 2008[3], deixando a cidade sem acesso à sétima arte. Esta primeira unidade funcionou no mesmo local até março de 2017, quando se transferiu para o novo Neblina Shopping, desta vez com três salas de cinema.

Nos seis anos seguintes, foi esta a única opção cinematográfica no interior do Tocantins[4], sendo utilizado inclusive em ações sociais em convênio com a prefeitura da cidade.[5] [6]

Foi em 2015 que a empresa iniciou a expansão que a transformou em rede. Em junho daquele ano, instalou um complexo de duas salas no Cento Comercial Diamond, primeiro do gênero a ser dotado de cinema na cidade de Paragominas. Ainda no estado do Pará, o Grupo Mobi Cine reabriu o complexo de três salas do Tucuruí Shopping Center, que havia fechado as portas em maio de 2015. Inaugurado pela rede Moviecom em novembro de 2005, esse cinema chegou a funcionar nos últimos sete anos de forma independente, administrado pelo próprio shopping onde se instalara e tendo a Moviecom como programadora, até o encerramento das atividades em virtude da necessidade de modernização e digitalização (substituição dos equipamentos de projeção em 35mm pelos digitais).[7] Coube ao Grupo Mobi Cine reativá-lo e realizar esta modernização.

Grupo Mobi Cine Salvador: o primeiro em uma capital de estado

Em abril de 2016, foi a vez da cidade Nossa Senhora da Glória receber o seu primeiro complexo de cinema, no Avelan Shopping, que também foi o primeiro no interior de Sergipe (só a Região Metropolitana de Aracaju dispunha de salas até então). Já o município de Gurupi, no estado do Tocantins, recebeu em dezembro um complexo de cinemas no estilo "stand alone", com disponibilização de outros serviços de alimentação e lazer, como choperia, parque de de recreação indoor, etc.[8] [9] A abertura do complexo no shopping Center Lapa de Salvador, em 17 de agosto de 2018, marcou a presença na primeira capital, uma vez que os demais estão instalados em cidades do interior.[10]

Cinema no interior[editar | editar código-fonte]

Redes interioranas de cinema, como Cine Laser, Cinemaxx, Pinheiro Cinemas e Premier Cinemas não costumam chamar a atenção da mídia e dos analistas de mercado, por não exibirem números expressivos e tampouco dominarem grandes fatias do mercado cinematográfico[11]. Ao lado dos pequenos exibidores independentes, se constituem na única possibilidade de acesso à sétima arte nas cidades médias e pequenas[12], já que seus mercados não interessam às grandes redes exibidoras, como Cinemark, Cinépolis, Kinoplex e UCI Cinemas.[13]

Em virtude desse desinteresse, alguns shoppings tem exercido o papel de exibidor, passando a gerenciar os seus cinemas. Foi o caso do Shopping Costa Dourada, da cidade de Cabo de Santo Agostinho, inaugurado em 6 de junho de 2012, cujos proprietários alegaram não encontrar “empresa exibidora que trouxessem um cinema com a qualidade desejada[14]. Em 14 de julho de 2016, os investidores do Shopping Cidade Luz, da cidade de Guarabira, Paraíba, fundaram a empresa Cinemaxxi Cidade Luz, face a indisponibilidade de empresas que aceitassem a concessão.[15]

A ausência de salas exibidoras no interior transformou o Brasil em um imenso deserto cinematográfico, o que chamou a atenção do governo brasileiro[16]. Para sanar o problema, lançou o programa “Cinema Perto de Você”, instituído pela Lei 12.599/2012, que estabelecia incentivos fiscais para a abertura de novos cinemas[17]. Um dos seus eixos, nomeado de “Cinema da Cidade”, além de exigir o apoio de governos estaduais e prefeituras locais, determinou que “...a operação dos cinemas deverá ser feita, preferencialmente, por empresa exibidora privada selecionada em procedimento público”.[18] Tal condição poderá favorecer aos pequenos exibidores, que de empresas de abrangência local ou regional podem se tornar grandes ou médios exibidores, de atuação nacional, a exemplo da Moviecom, Cine A e Grupo Cine, que principiaram suas atividades de forma modesta.

Público[editar | editar código-fonte]

Abaixo a tabela de público e sua evolução de 2014 à 2018, considerando o somatório de todas as suas salas a cada ano. A variação mencionada se refere à comparação com os números do ano imediatamente anterior. Os dados de 2014 e 2015 foram extraídos do Database Brasil.[19] Já os dados de 2016 em diante procedem do Relatório "Informe Anual Distribuição em Salas Detalhado", do Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual (OCA) da ANCINE.[20]

É possível perceber um crescimento na ordem 489,08% no período elencado. Graças à expansão da rede, tangida pela abertura de novos complexos, o Grupo Mobicine logrou crescimento expressivo até mesmo em 2017 e 2018, correspondente à 106,35%, período este de forte retração no público brasileiro.[21] [22]

Ano Público

total

Ranking

no país

Market

Share

Variação
2014 43 918 n.d. n.d. ano-base
2015 73 534 n.d. 0,04% Aumento49,10%
2016 140 789 46º 0,08% Aumento91,46%
2017 234 377 39º 0,13% Aumento66,47%
2018 290 524 36º 0,18% Aumento23,96%

Complexos[editar | editar código-fonte]

Goiás Goiás[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Goianésia.jpg Goianésia

Mobi Cine Goianésia

  • Inauguração: 23 de junho de 2019, nas instalações da antiga empresa Carlos Veículos[23]
  • Parceria com o empresário Carlos Guedes, vice-prefeito da cidade
  • Capacidade: Duas salas totalizando 220 lugares, todas com projeção 3D, com a seguinte lotação:
Sala 1: 110 Sala 2: 110

Maranhão Maranhão[editar | editar código-fonte]

Bandeira-acailandia.png Açailândia

Mobi Cine Açailândia

  • Inauguração: 13 de dezembro de 2017[24] [25]
  • Capacidade: três salas totalizando 445 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 160 Sala 2: 160 Sala 3: 135

Minas Gerais Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Paracatu

Mobi Cine Paracatu

  • Inauguração: 7 de setembro de 2017[26]
  • Capacidade: três salas totalizando 345 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 115 Sala 2: 115 Sala 3: 115

Pará Pará[editar | editar código-fonte]

Paragominas

Mobi Cine Paragominas

  • inauguração: 3 de junho de 2015 no Diamond Mall[27]
  • capacidade: duas salas totalizando 200 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 100 Sala 2: 100
Redenção

Mobi Cine Redenção

  • inauguração: 16 de março de 2018[28] [29]
  • Capacidade: três salas totalizando 322 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 112 Sala 2: 1121 Sala 3: 99
Tucuruí

Mobi Cine Tucuruí

  • Inauguração: Instalado no Shopping Tucuruí em novembro de 2005 pela rede Moviecom
  • Deixou a rede em 27 de março de 2008, quando passou a funcionar de forma independente, tendo a Moviecom como programadora[30]
  • Encerramento de atividades: 3 de maio de 2015[31]
  • Reabertura: em 16 de dezembro de 2015 foi reaberto pelo Grupo Mobi Cine [32] [33]
  • Capacidade: três salas totalizando 364 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 104 Sala 2: 112 Sala 3: 148

Sergipe Sergipe[editar | editar código-fonte]

Nossa Senhora da Glória

Mobi Cine Avelan Shopping

  • Inauguração: 8 de abril de 2016[34]
  • Capacidade: duas salas totalizando 276 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 150 Sala 2: 126

Tocantins Tocantins[editar | editar código-fonte]

Araguaína

Mobi Cine Neblina Shopping

  • Inauguração: aberto em data desconhecida no Moreira Shopping pela empresa Blue Cinemas, com duas salas
  • Atividades encerradas em junho de 2008[3]
  • Reaberto com a marca Top Cine Araguaína em 2010, primeiro cinema da rede
  • Transferido para o Neblina Shopping em 23 de março de 2017[35]
  • capacidade: três salas totalizando 321 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 102 Sala 2: 96 Sala 3: 123
Gurupi

Mobi Cine Gurupi

  • Inauguração: 15 de dezembro de 2016[36]
  • Capacidade: três salas totalizando 355 lugares, todas elas convencionais, com a seguinte lotação:
Sala 1: 135 Sala 2: 115 Sala 3: 105

Antigos Complexos[editar | editar código-fonte]

Bahia Bahia[editar | editar código-fonte]

 Salvador

Mobi Cine Center Lapa

Interior da Sala 2 do Mobi Cine Salvador
  • Inauguração: julho de 1996 pela Orient Cinemas
  • Atividades encerradas em 30 de setembro de 2017
  • Reaberto pelo Mobi Cine em 17 de agosto de 2018[37] [38] [39]
  • Transferido para a rede Imperial Cinemas em 11 de julho de 2019
  • Capacidade: duas salas totalizando 333 lugares, de natureza convencional, com a seguinte lotação:
Sala 1: 170 Sala 2: 163

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Consulta - Salas de Exibição Cadastradas (para uso no Sadis Detalhado)». ANCINE - Agência Nacional do Cinema. 11 de abril de 2017. Consultado em 12 de abril de 2017 
  2. «Sobre Nós | Mobi Cine - A Sua Maior Diversão». www.grupomobicine.com.br. Consultado em 1 de maio de 2017 
  3. a b (63.8406.2025), MACEDO, Gerisvaldo. «Capital ganha novo cinema e Araguaína perde suas duas salas - JORNAL O GIRASSOL». OGIRASSOL 
  4. «Na Capital, portas fechadas para a Sétima Arte». encantosdocerrado.com.br. Consultado em 1 de maio de 2017 [ligação inativa]
  5. «Prefeitura e Top Cine promovem sessão de cinema para crianças da Casa de Acolhimento em Araguaína». Surgiu. 22 de dezembro de 2011. Consultado em 1 de maio de 2017 
  6. Acolhimento, Prefeitura e Top Cine promovem sessão de cinema para crianças da Casa de. «Prefeitura e Top Cine promovem sessão de cinema para crianças da Casa de Acolhimento». Viver Tocantins. Consultado em 1 de maio de 2017. Arquivado do original em 4 de dezembro de 2017 
  7. «HugeDomains.com - RegionalAgora.com is for sale (Regional Agora)». www.regionalagora.com. Consultado em 22 de abril de 2017 
  8. «Rede Mobi Cine inaugura cinema em Gurupi - Atitude Tocantins». Atitude Tocantins. 15 de dezembro de 2016 
  9. «Rede Mobi Cine inaugura cinema em Gurupi». Surgiu. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de maio de 2017 
  10. Redação, Da. «Shopping Center Lapa inaugura duas novas salas de cinema». CORREIO | O QUE A BAHIA QUER SABER 
  11. «Para Neo TV, regulamentação atual favorece concentração do mercado - Converge Comunicações». Converge Comunicações. 3 de junho de 2015 [ligação inativa]
  12. Cena, Cinema em. «A quase extinção dos cinemas de rua no país e seus impactos culturais | Cinema em Cena - www.cinemaemcena.com.br». Administrador - Cinema em Cena (em inglês) 
  13. «Número de salas de cinema cresce e público acompanha expansão - Negócios - O Dia». Brasil Econômico 
  14. LeiaJá. «Cabo tem cinema após 22 anos». www1.leiaja.com. Consultado em 1 de maio de 2017 
  15. «Veja como foi a inauguração do Cinemaxxi Cidade Luz de Guarabira/PB – PortalMidia». portalmidia.net. Consultado em 2 de dezembro de 2017 
  16. «Só 10% das cidades brasileiras têm cinema e menos de um quarto possui teatro - Cultura - Estadão». Estadão 
  17. «Conheça o Programa Cinema Perto de Você | Notícias | ANCINE | Agência Nacional do Cinema | Ministério da Cultura | Governo Federal». www.ancine.gov.br. Consultado em 2 de dezembro de 2017 
  18. «ANCINE lança edital de convocação para abertura de salas de cinema | Notícias | ANCINE | Agência Nacional do Cinema | Ministério da Cultura | Governo Federal». ancine.gov.br. Consultado em 2 de dezembro de 2017 
  19. «Database Brasil - Filme B - o maior portal sobre o mercado de cinema no Brasil». Database Brasil. Filme B. Consultado em 27 de maio de 2019 
  20. «Cinema | c». oca.ancine.gov.br. Consultado em 27 de maio de 2019 
  21. «Público nas salas de cinema do Brasil cai pelo segundo ano consecutivo». Revista Fórum. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  22. «Público nas salas de cinema diminui em 2018 – Meio & Mensagem». Consultado em 2 de junho de 2019 
  23. «Empresário Carlos Gomes traz um cinema para Goianésia». Portal Goiás Total. 30 de abril de 2019. Consultado em 3 de maio de 2019 
  24. «Mobi Cine vai inaugurar 3 salas de cinemas em Açailândia - Jornal do Maranhão». Jornal do Maranhão. 12 de novembro de 2017 
  25. «Inauguraçao hoje dia 13 do Cine mobi». www.acaivip.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2017 
  26. «Novo cinema de Paracatu será inaugurado em agosto - VISITE PARACATU». VISITE PARACATU. 21 de junho de 2017 
  27. «Principais cinemas abertos em 2015» (PDF). Revista Filme B. Abril de 2016. Consultado em 22 de abril de 2017 
  28. Bonoli, Maurício. «Site do Grupo Mobi Cine Anuncia, Redenção Terá Unidade de Cinema». guiaculturalredencao.com.br. Consultado em 22 de abril de 2018 [ligação inativa]
  29. Jornal, Carajas o. «Carajas O Jornal - Redenção: Parceria entre Prefeitura e Mobi Cine vai levar cinema gratuito aos alunos de baixa renda que estudam em escolas da rede municipal de ensino» 
  30. «MOVIECOM Cinemas». 27 de março de 2008. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  31. «Tucuruí: CINEMA FECHA E DEIXA SAUDADES AOS FÃS DE FILMES - REGIONAL AGORA». www.regionalagora.com. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  32. «Mobi Cine Tucuruí». Consultado em 26 de setembro de 2016. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2016 
  33. «A volta do cinema em Tucuruí lota salas nas primeiras seções». Consultado em 26 de setembro de 2016 
  34. «É Hoje! Grande inauguração da Rede Mobi Cine em Glória O site do povo sertanejo». pingounoticias.com.br. Consultado em 22 de abril de 2017 
  35. «Com muita expectativa convidamos você para inauguração do novo complexo do cinema Mobi Cine de Araguaína no Neblina Shopping». Pictaram. Março de 2017. Consultado em 22 de abril de 2017 
  36. «Rede Mobi Cine inaugura cinema em Gurupi». Portal do Amaral. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 22 de abril de 2017 
  37. «Sem cinema desde outubro, Center Lapa terá 2 novas salas» 
  38. «CENTER LAPA TERÁ 2 NOVAS SALAS». Bahia Economica 
  39. iBahia, Redação. «Shopping no Centro de Salvador inaugura novo cinema; confira programação - iBahia». iBahia