Grupo Raça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grupo Raça
Informação geral
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) pagode, samba
Período em atividade 1985–atualmente
Gravadora(s) RCA
BMG
Sony Music Entertainment
Página oficial http://grupo-raca.webnode.com/
Integrantes Marley
Totonho
Valney
Leonardo Acioly
Paulo Henrique
Biju
Ex-integrantes Delcio Luiz, Paulinho Carvalho, Wallace, Daniel Silva e Herlon


Grupo Raça é um Grupo musical brasileiro de pagode, formado na cidade do Rio de Janeiro, em 1985.

História[editar | editar código-fonte]

No ano de 1984 um grupo de amigos se reúne pra formar um grupo com Marley, Totonho, Mongol, Valney, Marquinhos, Ronaldinho e Carlinhos. Nasce então à primeira formação de um grupo de samba de raiz ou samba tradicional, o Grupo Raça.

Reunidos sempre nos ensaios na quadra do Bloco Carnavalesco Chuchu do Engenho de Dentro – próximo a Rua Piauí – cujo ritmo era marcado pelo “tempero latino”, tinha objetivo de gravar um disco, mas este foi um sonho que se concretiza só mais adiante.

Em 1991 muda a formação com a entrada de Délcio Luis e Paulinho, o Grupo Raça lança o seu terceiro disco, estourando mais um sucesso, que foi tema da novela “Felicidade” da Rede Globo de Televisão e assim foram os primeiros anos desta marcante trajetória de um dos mais antigos e maiores grupos de samba e pagode do Brasil, o Grupo Raça. Muitas voltas foram percorridas neste mundo a fora, hoje é história viva da Música Popular Brasileira, ainda sucesso por onde passa, desperta e deixa saudades.

O GRUPO RAÇA não é só mais um Grupo de Samba e Pagode da atualidade. Com seus 30 anos de existência, está no rol dos grupos mais consagrados como “Patrimônio Histórico Cultural do Samba no Brasil” e também com reconhecimento internacional.

Esta conceituada Equipe já teve a honra de dividir muitos espaços em palcos com muitos artistas consagrados, tais como: Lecy Brandão, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Jovelina Pérola Negra, Fundo de Quintal, Arlindo Cruz, Alcione, Dona Ivone Lara e muitos outros.

O Grupo Raça vem ao longo desses anos, fazendo sucesso com os mais variados estilos neste seguimento. Tem o “pagode romântico”, o “partido alto”, o “samba de roda”, etc..

Importante lembrar que, quase todos os discos do Grupo foram produzidos pelo Maestro, Produtor e Arranjador Jorge Cardoso e que até hoje somam um total de mais de 6.000.000 (seis milhões) de discos vendidos.

Premiações conquistadas[editar | editar código-fonte]

Troféu Imprensa; Prêmio Sharp (Melhor Grupo de Samba – 2 vezes); Antena de Ouro (8 vezes); Pandeiro de Ouro (12 vezes); Troféu SBT (A Música mais Tocada do Ano e o Melhor Grupo de Samba do Brasil); Nove Discos De Ouro; Oito Discos de Platina; Quatro de Platina Duplo; Disco de Rubi.

Quinze Discos Lançados; Cinco Acervos de Sucesso; Primeiro grupo de samba a participar de trilha sonora do sistema Rede Globo de Televisão, com a música “Seja Mais Você” da novela“Felicidade”, tema da personagem Tuquinha – Porta-bandeira da Escola de Samba Estácio, na novela. A minissérie “Anos Rebeldes” também contou com a participação musical do Grupo.

No dia 25 de setembro de 2009, falece um dos integrantes do grupo, Mongol, após cair na estação de trem de Quintino, no subúrbio do Rio de Janeiro[1] .

Formação Atual[editar | editar código-fonte]

  • Marley - Ganzá vocal
  • Valney - Repique de Mão vocal
  • Totonho - Pandeiro vocal
  • Leonardo Acioly - Banjo e Voz
  • Biju - Reco e Voz
  • Paulinho (Beiça) - Cavaquinho vocal

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - A Festa Começou - Raça ao Vivo - Digital Records do Brasil

Referências

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.