Grupo Rio Tinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Tinto
Razão social Rio Tinto plc
Tipo Pública
Cotação ASX: RIO
LSE: RIO
NYSE: RIO
Indústria Metal e mineração
Fundação 1873
Sede Londres,  Reino Unido
Área(s) servida(s) Mundial
Pessoas-chave Jan du Plessis (Chairman)
Sam Walsh (Diretor executivo)
Empregados 67.930 (2011)
Subsidiárias Alcan
Website oficial www.riotinto.com

O Grupo Rio Tinto é um conglomerado anglo-australiano com escritório central em Londres, no Reino Unido. Produz minério de ferro, cobre, alumínio, carvão, dióxido de titânio, boro, talco, urânio e diamantes.

O grupo possui operações em mais de 20 países de cinco continentes: América do Norte, Oceania, América do Sul, África e Europa.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa britânica Rio Tinto Company foi formada para explorar minas de cobre no Rio Tinto, no sul da Espanha, e daí leva seu nome.

No dia 7 de novembro de 2007 a BHP Billiton, maior rival da Rio Tinto, tentou comprá-la - o que seria uma das maiores aquisições da história. No entanto, a Rio Tinto recusou a oferta.[1]

O Grupo Rio Tinto é uma empresa mista negociada tanto na Bolsa de Londres, onde é um componente do índice FTSE 100[2] e o Australian Securities Exchange, onde é um componente do índice S&P/ASX 200.[3] Em 2007, a empresa foi avaliada em 147 bilhões de dólares.[4][5]

Foi eleita pelo Great Place to Work Institute (GPTW) como uma das cem melhores empresas para se trabalhar no Brasil.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «BHP Billiton tentou comprar a Rio Tinto, que rejeitou a proposta da gigante». InfoMoney. 8 de novembro de 2007. Consultado em 4 de dezembro de 2013 
  2. "Rio Tinto Plc Ord 10P". London Stock Exchange – Detailed Prices. London Stock Exchange.
  3. "S&P/ASX 200 Fact Sheet" (PDF). Standard & Poor's.
  4. Freed, Jamie (1 de fevereiro de 2008). «Chinese raid on Rio Tinto could thwart BHP». Sydney Morning Herald (em inglês). Fairfax Digital. Consultado em 4 de dezembro de 2013 
  5. «BHP makes £120bn Rio bid approach». BBC News. 8 de novembro de 2007 
  6. Revista Época, n. 588, 24 de agosto de 2009.

ligações externas[editar | editar código-fonte]