Grupo Safra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grupo J. Safra
Razão social Grupo J. Safra S/A
Empresa de capital fechado
Atividade Conglomerado
Gênero Privada
Fundação Metade do século XIX
Sede São Paulo, SP,  Brasil
Área(s) servida(s) Mundo
Proprietário(s) Família Safra
Empregados 8.500
Produtos Serviços Financeiros
Participações em empresas
Subsidiárias Veja abaixo
Website oficial www.safra.com.br

Grupo J. Safra é um conglomerado de capital fechado formado por empresas de propriedade de Vicky Safra, viúva do banqueiro Joseph Safra, e os filhos Jacob Joseph Safra, Esther Safra Dayan, Alberto Joseph Safra e David Joseph Safra. Segundo a revista norte-americana Forbes, Vicky Safra é a banqueira e a brasileira mais rica do mundo. O Grupo J. Safra está presente em mais de 25 paises das Américas, Europa e Ásia, é o maior grupo bancário privado familiar do mundo.

Aquisições[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2011 comprou 20% da empresa de papel e celulose Eco Brasil Florestas por R$ 160 milhões.[carece de fontes?]

Em novembro de 2011, comprou 46% do banco suíço Sarasin por 1,13 bilhão de dólares.[1] Com a aquisição, o Grupo J. Safra ultrapassou a marca de 200 bilhões de dólares em ativos sob gestão.[2] Em 2012 o Grupo J. Safra passou a deter a totalidade das ações do Sarasin após fazer uma oferta para adquirir participações de acionistas minoritários.[3]

Em novembro de 2014, comprou por 726 milhões de Libras (ou 2,9 bilhões de reais) um dos maiores edifícios de Londres, o 30 St Mary Axe ou Gherkin. O Gherkin é um dos prédios mais famosos do Reino Unido. Foi inaugurado em 2004 e possui mais de 50.000 metros quadrados para escritórios.[4] Assim se juntando à um portfólio de mais 200 imóveis que o grupo possui em todo o mundo.

Principais Empresas do Grupo[editar | editar código-fonte]

  • Banco Safra (Brasil e América Latina) - 100%
  • Safra National Bank of New York (Estados Unidos) - 100%
  • Bank J. Safra Sarasin (Europa e Ásia) - 100%
  • Cinco (Empresa de Tecnologia) - 100%
  • Chiquita Brands (Indústria de Alimentos) - 50%
  • Jenel Real Estate (Estados Unidos) - 100%
  • JSRE Management (Estados Unidos) - 100%
  • JSRE 30 St Mary Axe Management Ltd (Reino Unido) - 100%

Referências

  1. Webb, Sara (26 de novembro de 2011). «Safra compra participação no banco suíço Sarasin por US$1,13 bi». Exame. Consultado em 6 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2021 
  2. Viturino, Robson (4 de abril de 2013). «A aposta de Safra». Época Negócios. Consultado em 6 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 25 de maio de 2021 
  3. Bart, Katharina (18 de setembro de 2012). «Safra vai ter 90,47% do Sarasin após oferta pra minoritários». Exame. Consultado em 6 de dezembro de 2021. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2021 
  4. Lopes, Fabiana (10 de novembro de 2014). «Grupo Safra compra um dos maiores prédios de Londres»Registo grátis requerido. Valor Econômico. Consultado em 6 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.