Rio Guadalquivir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Guadalquivir)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guadalquivir
Río Guadalquivir Cordoba.jpg

O Guadalquivir em Córdova

Localização
Continente
País
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
657 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Área da bacia
56 978 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
Nascente
Pozo Alcón
Altitude da nascente
1400 m
Afluente
principal
Caudal médio
164 m3/sVisualizar e editar dados no Wikidata
Foz
Oceano Atlântico
Rio Guadalquivir

O rio Guadalquivir está situado no sul da Península Ibérica. É o quinto mais comprido rio da Península, após o Tejo, o Ebro, o Douro e o Guadiana. É o maior da Andaluzia. Banha grandes cidades espanholas como Córdova e Sevilha. A sua bacia hidrográfica é de 56 978 km² e tem comprimento de 657 km, desaguando no oceano Atlântico próximo de Sanlúcar de Barrameda. No percurso final existe uma zona pantanosa de grande importância ecológica, as Marismas do Guadalquivir.

O seu nome provém do árabe al-wādi al-kabīr (الوادي الكبير), 'O Grande Rio'. O rio era designado por Bétis (em latim: Baetis) dos tempos pré-romanos ao período do Al-Andalus, dando nome à província romana da Bética.

No seu percurso pela Andaluzia de este a oeste, atravessa cidades de importância como Sevilha ou Córdova. A sua bacia hidrográfica compreende territórios das oito províncias andaluzas, assim como algumas comarcas de Múrcia, Albacete, Ciudad Real e Badajoz.

Foi nesse local que Asdrúbal derrotou os romanos na Batalha do Bétis Superior, durante a Segunda Guerra Púnica. Os dois generais romanos foram mortos e as colônias cartaginesas na Península foram salvas por algum tempo.

Afluentes[editar | editar código-fonte]

Pela margem esquerda[editar | editar código-fonte]

Pela margem direita[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]