Guarda Popular do Inter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2013)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Guarda Popular
Fundação 2004 (14 anos)
Página oficial

Guarda Popular é um movimento do Sport Club Internacional que segue o estilo barra brava. É atualmente a maior e mais representativa torcida do clube. Também conhecida como "Popular", tem seu lugar no Portão 7, hoje também chamado de "Curva Sul" do Estádio Beira-Rio.

História[editar | editar código-fonte]

A Guarda Popular é resultado da união de dois movimentos de torcida surgidos em 2004, alternativos ao padrão predominante das torcidas organizadas brasileiras: "Popular do Inter" e "Guarda Colorada". Esses movimentos já tinham como maior inspiração o estilo barra-brava de torcer, tendo como características marcantes a ausência de uniformização da torcida, cânticos que valorizavam o clube e um ritmo de percussão murgueiro. É importante lembrar de movimentos precursores como os Diabos Vermelhos e os Malditos da Coréia, surgidos no início dos anos 2000, que tinham como ideologia agrupamento e expressão mais espontâneos, populares e esteticamente menos padronizados (uma leve influência das torcidas barra-brava e do saturamento da estética das T.Os tradicionais). Outro fator primordial para o desenvolvimento da barra foi o fechamento da "Coréia" (setor mais barato do estádio) em 2004 - o que resultou em uma migração de ex-"coreanos" (entre eles, os Diabos Vermelhos e os Malditos da Coreia) para o setor Popular do Estádio Beira-Rio, localizado na curva sul.

A torcida desfrutou de grande crescimento em 2006, atingindo o ápice no ano do centenário do clube, em 2009. No entanto, sofreu com disputas internas pela chefia da torcida a partir de 2011 e chegou a dissidir-se, com a migração dos principais membros fundadores para uma nova torcida com o nome do movimento originário "Popular do Inter". A situação foi harmonizada depois do afastamento de algumas lideranças de ambos os lados, fazendo com que os membros da dissidente Popular do Inter voltem à curva sul integrando-se novamente à Guarda Popular. A lacuna de poder, porém, abriu espaço para a ascensão de um grupo mais jovem, o Comando Trem, formado por colorados da região metropolitana de Porto Alegre, que dirige a torcida até hoje.

Além das disputas internas e dos impedimentos do poder público, a reforma do Beira-Rio tornou-se outro fator de dificuldade para a torcida. A modernização e o encadeiramento do estádio diminuíram o espaço e a mobilidade no setor popular, bem como os camarotes localizados atrás do setor inicialmente dificultaram a logística da torcida, principalmente na colocação dos tirantes verticais.

Desde meados de 2015, entretanto, a torcida vem aos poucos recuperando seu espaço com a retirada parcial das cadeiras no seu setor, aprimorando seus instrumentistas e tendo alguns de seus materiais liberados, no intuito de inflamar os jogadores e o restante do estádio com seu carnaval. Atualmente a Guarda Popular possui sólidos "comandos" nas zonas sul, leste e norte de Porto Alegre, Gravatai, Alvorada, demais cidades da região metropolitana e em grandes cidades do interior do estado do Rio Grande do Sul.

Amizades[editar | editar código-fonte]

Argentina

Brasil

Ainda que muitos integrantes da Guarda Popular possuam amizades com integrantes da Barra Amsterdã do Club Atlético Peñarol, Barón Rojo Sur do América de Cali, Los Demonios Rojos do Caracas Fútbol Club e da La Plaza y Comando do Cerro Porteño, não há amizades oficiais entre as torcidas.

Ruas de Fogo[editar | editar código-fonte]

Evento pré-jogo organizado pela Guarda Popular, é a recepção do ônibus da delegação do clube por um corredor de sinalizadores, das ruas adjacentes ao pátio do estádio, em partidas decisivas e de grande mobilização de público. Antes movimentação espontânea dos torcedores, a Guarda Popular passou a intensificar esse modo de receber o ônibus do clube desde a semifinal da Copa Libertadores da América de 2010, contra o São Paulo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Torcida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.