Guerra de túnel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A guerra de túnel é um nome geral para a guerra em túneis e outras cavidades subterrâneas. Muitas vezes, inclui a construção de instalações subterrâneas para atacar ou para a defesa e o uso de cavernas naturais existentes e instalações subterrâneas artificiais (catacumbas, esgoto da cidade, etc.) para fins militares. Os túneis podem ser usados para minar fortificações e infiltrar-se em território, enquanto pode fortalecer uma defesa, criando a possibilidade de emboscada, contra-ataque e a capacidade de transferir tropas de uma parte do campo de batalha para outra invisível e protegida. Além disso, os túneis podem servir de abrigo para não combatentes contra ataques inimigos.[1][2][3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.