Guerra dos Sexos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela telenovela de 2012, veja Guerra dos Sexos (2012).
Guerra dos Sexos
Mujeres, Hombres (título internacional)
logotipo da telenovela
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Comédia
Suspense
Duração (55 minutos aprox.)
Criador(es) Silvio de Abreu[1]
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Guel Arraes
Jorge Fernando
Elenco Fernanda Montenegro
Paulo Autran
Glória Menezes
Tarcísio Meira
Mário Gomes
Maitê Proença
José Mayer
Maria Zilda
Herson Capri
Ada Chaseliov
Ary Fontoura
Yara Amaral
Ângela Figueiredo
Edson Celulari
Lucélia Santos
ver mais[2]
Tema de abertura "Guerra dos Sexos", The Fevers
Tema de encerramento "Guerra dos Sexos", The Fevers
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 6 de junho de 1983 - 6 de janeiro de 1984
N.º de temporadas 188 (original)
112 (reprise)
Cronologia
Programas relacionados Guerra dos Sexos (2012)
Cambalacho

Guerra dos Sexos é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo, no horário das 19 horas, entre 6 de junho de 1983 e 6 de janeiro de 1984[1], em 185 capítulos, substituindo Final Feliz e sendo substituída por Transas e Caretas. Foi a 31ª "novela das sete" exibida pela emissora.

Escrita por Sílvio de Abreu, com colaboração de Carlos Lombardi e Daniel Más, a novela abordou, conforme o nome indicava, os conflitos entre homens e mulheres.[3] A trama contou com a direção geral e núcleo de Jorge Fernando e Guel Arraes.[1]

Contou com Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Glória Menezes, Mário Gomes, Maria Zilda, José Mayer, Cristina Pereira, Edson Celulari, Ada Chaseliov, Herson Capri, Sônia Clara, Diogo Vilela, Marilu Bueno, Hélio Souto, Yara Amaral, Ary Fontoura, Maitê Proença, Tarcísio Meira e Lucélia Santos, nos papéis principais da trama. Essa telenovela foi um marco antimachista na mídia, como oposição ao machismo explícito e visível extremamente nos anos 80 e 90.

Foi reapresentada pela extinta Sessão Aventura entre 2 de janeiro e 6 de junho de 1989, em 112 capítulos.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Esta comédia rasgada, que durou sete meses, tem como mote a disputa entre homens e mulheres. Cada grupo tentando provar ao outro sua superioridade. Tudo começa quando os primos Charlô e Otávio (que se tratam pelos apelidos jocosos de Cumbuca e Bimbo e tiveram um tumultuado namoro na adolescência) recebem como herança de seu tio Enrico a cadeia de lojas Charlô's e a mansão onde moram.

Os atritos entre os primos, tanto em casa como no escritório, tornam essa convivência impossível. Charlô faz a Otávio uma proposta: um dos herdeiros deverá abrir mão de sua parte em nome do outro, numa arriscada aposta de cem dias, período que Charlô e sua equipe têm para elevar o lucro das Lojas Charlô's (gravada no Shopping Eldorado[1]) em uma percentagem estipulada. Caso contrário ela perde tudo. Começa aí uma verdadeira guerra dos sexos. De um lado, Otávio e Felipe; do outro, Charlô, Roberta Leone, Vânia e Juliana. Felipe é filho adotivo de Charlô. Forma com Otávio uma dupla trapaceira e ardilosa, capaz de tudo para impedir o objetivo de Charlô, Roberta, Vânia e Juliana. Elas, porém, não contam com a traição de Carolina (Lucélia Santos), sobrinha de Roberta e filha do engraçado casal Nieta (Yara Amaral) e Dino (Ary Fontoura). Ela é, na verdade, uma forte aliada de Otávio. A jovem se envolve com Felipe, fazendo-o romper seu antigo namoro com a bela e sensual Vânia, que tenta desmascarar Carolina a qualquer preço. Otávio e Felipe ainda contarão com a ajuda da ambiciosa Veruska (Sônia Clara), ex-secretária e amante de Vitório Leone (Carlos Zara), falecido marido de Roberta, dona da fábrica de confecções Ravello Sport, com a qual as Charlô's mantêm um contrato de exclusividade que Otávio e Felipe querem quebrar.

Já Juliana, filha de Felipe, rompe o caso com o fotógrafo Fábio, por estar apaixonada pelo motorista Nando, disputando-o com a irmã Analu e depois com Roberta Leone, que, mesmo com a diferença de idade, luta para conquistá-lo e consegue.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Fernanda Montenegro interpretou a protagonista Charlô.
Paulo Autran interpretou o protagonista Otávio.
Glória Menezes interpretou a co-protagonista Roberta.
Lucélia Santos interpretou a grande vilã Carolina.
Ator/Atriz Personagem
Fernanda Montenegro Charlotte de Alcântara Pereira Barreto (Charlô) / Cumbuca
Altamiranda de Souza Silva
Paulo Autran Otávio de Alcântara Rodrigues e Silva (Bimbo)
Dominguinhos de Souza Silva
Glória Menezes Roberta Leone
Tarcísio Meira Felipe de Alcântara Pereira Barreto
Lucélia Santos Carolina Carneiro
Mário Gomes Orlando Cardoso (Nando)
Maitê Proença Juliana de Alcântara Pereira Barreto
Maria Zilda Vânia Trabucco de Morais
José Mayer Ulisses da Silva
Yara Amaral Antonieta Carneiro (Nieta)
Herson Capri Fábio Marino
Ada Chaseliov Manuela Marino
Ary Fontoura Dinorá Carneiro (Dino)
Hélio Souto Nenê Gomalina
Sônia Clara Veruska Brandão
Edson Celulari Zenon da Silva
Marilu Bueno Olívia
Cristina Pereira Afrodite da Silva (Frô)
Diogo Vilela Carlos Henrique "Kico" Leone
Helena Ramos Lucilene
Ângela Figueiredo Analu de Alcântara Pereira Barreto
Terezinha Sodré Leda
Paulo César Grande Ronaldo
Leina Krespi Semíramis da Silva
Wilson Grey Ismael
Fernando José Montanha Duncrezio
Tatiana Issa Cissa Marino

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Remake[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Guerra dos Sexos (2012)

A Rede Globo realizou um remake[2] da telenovela, exibido entre 1º de outubro de 2012 e 26 de abril de 2013, no horário das 19h e de autoria, novamente, de Sílvio de Abreu e direção de Jorge Fernando. Contou com Tony Ramos, Irene Ravache, Glória Pires, Edson Celulari, Reynaldo Gianecchini, Mariana Ximenes, Bianca Bin, Eriberto Leão, Drica Moraes, Thiago Rodrigues, Paulo Rocha, Guilhermina Guinle, Daniel Boaventura, Mayana Moura, Luana Piovani, Marilu Bueno[2], entre outros, para integrar o elenco. Porém, o remake não obteve o mesmo sucesso da primeira versão.

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

A novela foi exibida, entre outros países, na Bolívia, Canadá, Chile, Equador, Espanha, Estados Unidos, Itália, Nicarágua, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.[4]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Guerra dos Sexos Nacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 1983
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP, K7
Cronologia de vários intérpretes
Último
-
Guerra dos Sexos Internacional
Próximo
  1. "Adivinha o Quê?" – Lulu Santos
  2. "Dançar Com Você" – Agnaldo Timóteo
  3. "Bobagens, Meu Filho, Bobagens" – Caetano Veloso
  4. "Anjo" – Roupa Nova
  5. "Paixão" – Fafá de Belém
  6. "Só as Estrelas" – Sandra Sá
  7. "Guerra dos Sexos" – The Fevers (música-tema)
  8. "Viva" – Kleiton & Kledir
  9. "Campo de Força" – Sérgio Sá
  10. "Lua Cheia" – Raul Seixas
  11. "Eu Te Arraso" – Sandra Pêra
  12. "Cartão Postal" – Olívia Hime
  13. "É a Vida Que Diz" – Zizi Possi
  14. "Ensaios de Amor" – Emílio Santiago

Internacional[editar | editar código-fonte]

Guerra dos Sexos Internacional
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 1983
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP, K7
Cronologia de vários intérpretes
Último
Guerra dos Sexos Nacional
Próximo
  1. "True" – Spandau Ballet
  2. "Stop In The Name Of Love" – The Hollies
  3. "Hold Me Till The Morning Comes" – Paul Anka feat. Peter Cetera
  4. "So Many Men, So Little Time" – Miquel Brown
  5. "Straight From The Heart" – Bryan Adams
  6. "Nobody's Diary" – Yazoo
  7. "Teardrops On My Pillow" – Chris Joker Band
  8. "Baby Jane" – Rod Stewart
  9. "In Your Eyes" – George Benson
  10. "Always Something There to Remind Me" – Naked Eyes
  11. "Band Of Gold" – Sylvester
  12. "Words" – F.R. David
  13. "Por..." – Emmanuel
  14. "Jungle Queen" – Robert Sacchi

Referências

  1. a b c d e Memória Globo. «Guerra dos Sexos». Consultado em 4/10/2010. 
  2. a b c Memória Globo. «Ficha técnica». Consultado em 4/10/2010.  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "FT" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "FT" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  3. Gomez, Heloiza (5 de maio de 2010). «Silvio de Abreu fala sobre PASSIONE». M de Mulher. Minha Novela Online. Consultado em 09-07-2010. 
  4. http://memoriaglobo.globo.com/programas/entretenimento/novelas/guerra-dos-sexos-1-versao/curiosidades.htm

Ligações externas[editar | editar código-fonte]