Gui Santana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guiherme Santana
Nome completo Guilherme Ventura Santana
Apelido(s) Gui
Nascimento 9 de dezembro de 1986 (30 anos)
Penápolis, SP
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Comediante, ator, roteirista, humorista, radialista, repórter
IMDb: (inglês)

Guilherme Ventura "Gui" Santana (Penápolis, 9 de dezembro de 1986) é um ator, roteirista, ex-VJ, comediante, humorista, radialista e repórter brasileiro. Gui ficou conhecido nacionalmente através do programa Comédia MTV da MTV Brasil, onde fazia imitações.[1][2] Trabalhou na Rádio Jovem Pan e no programa Pânico na Band da Rede Bandeirantes.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começo no rádio[editar | editar código-fonte]

Nascido na pequena cidade de Penápolis, interior de São Paulo,[2] Guilherme desde muito cedo já mostrava que tinha talento para o humor. Não perdoava nenhum professor do colégio, imitava todos.[4]

Gui sempre sonhou em trabalhar no rádio e na televisão. Sua maior referência era o humorista e imitador Tom Cavalcante. Aos dezoito anos estreou na rádio Ativa FM no programa Ninguém Merece! ao lado dos principais locutores da cidade.[5] Foi ali que teve seu primeiro teste.[5] O programa era repleto de trotes, esquetes radiofônicas, paródias musicais, imitações e convidados que eram alvos de piadas.[5]

Após o sucesso no rádio, Gui deixou a cidade para correr atrás de seus objetivos.[6] Iniciou o curso de Rádio e TV na cidade de São Paulo onde vive até hoje.[6] Na faculdade sempre se destacava por produzir diversos programas de rádio e televisão com uma pegada mais engraçada, pois encaixava todos os seus personagens nas produções.[6] Uma delas lhe rendeu o prêmio de melhor programa de humor da faculdade, Liga de Celebridades. Paralelo a isso também cursou a escola de Teatro Indac.[5]

Carreira na MTV (2008-2011)[editar | editar código-fonte]

Em 2008 teve sua estreia na MTV no programa Quinta Categoria, comandado pelos VJs Marcos Mion e Cazé Peçanha. O programa era um show de calouros com algumas provas de improviso. A atração ainda contava com a comediante Dani Calabresa, Mr. Lúdico, Madame Mim e Rodrigo Cáceres. Após vencer o concurso da noite como o melhor imitador, Gui passou a fazer parte do elenco tendo seu quadro fixo na abertura na pele de William Bombonner, sátira ao jornalista global William Bonner.[7]

Dado o sucesso na carreira, o humorista não parou mais. Em 2009 se juntou a Marcelo Adnet e Kiabbo no especial de verão Furfles on the Beach.[5] Devido a repercussão do programa, passou a ser a principal atração da grade de programação da MTV, o inesquecível Furfles.[5] Um fato curioso aconteceu um dia. Certa vez Kiabbo, companheiro de Adnet no 15 Minutos, não chegou a tempo de gravar mais uma edição do programa e Gui foi escalado para a missão pois imitava exatamente igual a voz do mascarado. No encerramento do programa ele tirou a máscara e revelou seu rosto. Por muito tempo Gui foi confundido como Kiabbo.[5]

Em 2010 começou com o 15 Minutos em Dobro, onde fazia um caipira perdido no Rio de Janeiro. Com a casa cheia, a MTV decidiu apostar num formato um pouco diferente. O humor baseado em situações do cotidiano, esquetes absurdas, clipes musicais, paródias de cinema e televisão e muitas imitações deram origem ao Comédia MTV, que se estendeu por mais um ano.[8]

No mesmo ano Gui recebeu um convite de Jô Soares para ser entrevistado em seu programa.[9] Contou histórias da infância e toda sua trajetória no humor até então. Sem falar nas imitações que fez arrancando risos do público.[9]

Em 2011 além de atuar no Comédia MTV, seus projetos foram se expandindo como o espetáculo ImproRiso que acontecia todas às terças no teatro Procópio Ferreira em São Paulo. Ao lado de grandes nomes do humor como Nany People, Bruno Motta e Fábio Silvestre, o show misturava stand-up, personagens, números musicais, esquetes e números de improviso com todos os humoristas e comediantes da noite.[10]

Pânico na Band (2012-2017)[editar | editar código-fonte]

Também no mesmo ano foi convidado por diversas vezes a participar do Pânico na TV. Suas participações eram no quadro Jô Suado do humorista Márvio Lúcio, o Carioca. Numa dessas recebeu o convite de Emílio Surita, apresentador e idealizador do programa, para se juntar ao elenco de humoristas.[11]

Em 2012, Gui Santana entrou como novo integrante do programa Pânico na Band.[2] [12]

Em 2017, seu contrato com o Pânico na Band não foi renovado.[13]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Stand-up[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Entrevista: Gui Santana sucesso no Comédia MTV Página acessada em 22 de outubro de 2010
  2. a b c Folha de S.Paulo: «Conheça Guilherme Santana, o novo humorista do "Pânico"». f5.folha.uol.com.br. Consultado em 16 de novembro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. Diretor do Pânico e Emílio Surita confirmam Gui Santana, ex-MTV, como novo integrante do programa Página acessada em 24 de fevereiro de 2012
  4. A Carreira de Guilherme Santana: Humorista do Pânico na Band
  5. a b c d e f g Biografia de Guilherme santana
  6. a b c Guilherme Santana "O Otávio Mesquita disse que eu estava igualzinho a ele"
  7. Guilherme atualmente está no elenco do Comédia MTV interpretando diversos personagens entre eles o William BomBonner
  8. "Comédia MTV" exibirá pedido de desculpas por quadro com autistas
  9. a b Guilherme Santana está começando sua carreira no humor entrevistado por jô soares
  10. Paulo Gustavo, Divã e Gui Santana, MTV, estão entre os convidados de Bruno Motta e Nany People no próximo ImproRiso
  11. Guilherme Santana, ex-MTV, é o novo integrante do Pânico na TV. O nome dele foi confirmado em primeira mão pelo diretor do programa, Alan Rapp, e pelo líder da equipe, Emílio Surita, durante uma conversa com o Virgula
  12. O Fuxico: «Ex-MTV Gui Santana já dá expediente no Pânico na TV da Band». ofuxico.com.br. Consultado em 16 de novembro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. RICCO, Flávio. «Fato consumado». Coluna no UOL (TV e famosos). Consultado em 17 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]