Guia de design de sistema de computador pessoal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O guia de design de sistema de computadores pessoas (também conhecido como PC System Design Guide - especificação PC 97, PC 98, PC 99, ou PC 2001) é uma série de requerimentos de design de hardware e recomendações para computadores pessoais IBM compilados pela Microsoft e Intel em 1997 a 2001. Elas eram destinadas para ajudar fabricantes de hardware que faziam uso das capacidades do sistema operativo Windows, e para simplificar a configuração e uso destes computadores.

Toda parte de um computador convencional e a maioria dos tipos de periféricos são definidos com requisitos específicos. Sistemas e dispositivos que respeitavam a especificação deveriam ser automaticamente reconhecidos e configurados pelo sistema operacional.

Versões[editar | editar código-fonte]

Quatro versões do guia foram publicadas. Dentro de cada versão, uma distinção foi feita entre os requerimentos de um PC doméstico, um PC para escritório e um PC para entretenimento.

Versão Data
PC 97 9 de fevereiro de 1998
PC 98 31 de dezembro de 1998
PC 99 14 de julho de 1999
PC 2001 2 de novembro de 2000

PC 97[editar | editar código-fonte]

Versão inicial.

  • Introduzida código de cores para conexões PS/2 de teclado (roxo) e mouse (verde).

PC 98[editar | editar código-fonte]

Destinado a sistemas para ser usado com Windows 98 ou Windows 2000. Requerimentos:

  • Processador Pentium 200 MHz com Tecnologia MMX (ou performance equivalente)
  • 256 KB de cache L2
  • 32 MB de RAM (recomendado: 64 MB de 66 Mhz DRAM)
  • ACPI 1.0
  • Inicialização de BIOS rápida (teste de RAM limitada, sem teste de floppy, startup de display mínimo, etc)
  • Observância do problema do ano 2000 de BIOS
  • Ambiente PXE pré boot

Foi publicada como ISBN 1-57231-716-7.

PC 99[editar | editar código-fonte]

Requerimentos:

  • CPU com clock de 300 MHz
  • 64 MB de memória RAM
  • USB
  • Esquema de código de cores compreensível para entradas e conexões (veja abaixo)

Fortemente deixados de lado:

Foi publicada como ISBN 0-7356-0518-1.

PC 2001[editar | editar código-fonte]

Versão final. Primeira a requerir APIC - Controlador Avançado de Interrupção Programável para ser ativada em todos os desktops. Coloca uma grande ênfase na redução de legados e sistemas livres de legados (antigos). Alguns itens de "legados" como slots de expansão ISA e dispositivos dependentes no MS-DOS são deixados de lado totalmente, enquanto outros foram apenas abandonados[1].

Esquema de código de cores para conexões e entradas[editar | editar código-fonte]

Talvez o impacto do PC 99 mais visível para o usuário final foi a introdução de um código de cores para os vários padrões de tipos de plugues e conectores usados nos PCs[2]. Como muitos dos conectores eram muito parecidos, particularmente para um usuário novato, isso facilitava para as pessoas conectarem periféricos às entradas corretas em um PC. Este código de cores foi gradativamente adotado por quase todos os fabricantes de PC e placas-mãe. Muitos dos códigos de cores tem sido largamente adotados por fabricantes de periféricos.

Cor Função Conexão no PC
Interface homem-computador
   Verde Mouse PS/2 / Dispositivos apontadores Conector Mini-DIN de 6 pinos fêmea
  Púrpura Teclado PS/2 Conector Mini-DIN de 6 pinos fêmea
  Dourado Game Port / MIDI Conector de 15 pinos tipo D fêmea
Entrada/saída Geral
  Branco USB 1.0 de baixa velocidade e velocidade completa Receptáculo tipo A USB
  Preto USB 2.0 de alta velocidade Receptáculo tipo A USB
  Azul-celeste USB 3.0 de super velocidade Receptáculo tipo A USB SuperSpeed
  Amarelo USB 3.0 sempre ativo mesmo que o computador esteja desligado Receptáculo tipo A USB SuperSpeed
  Vermelho USB High-power (corrente disponível maior que 500 mA Receptáculo tipo A USB
  Cinza FireWire FireWire 400 de 6 pinos ou Firewire 800 de 9 pinos
  Borgonha Interface paralela Conector DB de 25 pinos fêmea
  Verde-azulado ou turquesa Interface serial Conector DB de 9 pinos macho
Vídeo
  Azul Monitor analógico Conector VGA de 15 pinos fêmea
  Branco Monitor digital Conector DVI fêmea
  Amarelo S-Video Conector Mini-DIN de 4 pinos
  Amarelo Vídeo composto Conector RCA
  Preto Áudio e Vídeo Digital HDMI ou DisplayPort fêmea
Som
  Cor-de-rosa Entrada de microfone analógica (mono ou estéreo) TRS de 3.5 mm
  Azul claro Entrada de áudio a nível de linha TRS de 3.5 mm
  Lima Saída de áudio analógica a nível de linha, estéreo frontal (falantes ou fones) TRS de 3.5 mm
  Preto Saída de áudio analógica a nível de linha, estéreo traseiro (falantes surround) TRS de 3.5 mm
  Laranja Saída de áudio analógica a nível de linha, falantes central e subwoofer (falantes surround) TRS de 3.5 mm
  Prata Saída de áudio analógica a nível de linha, estéreo laterais (falantes surround) TRS de 3.5 mm
  Laranja Saída de áudio digital (S/PDIF coaxial) RCA
  Preto Saída de áudio digital (S/PDIF óptico) Conector TOSLINK

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Robert Bruce Thompson, Barbara Fritchman Thompson. «(Em Inglês) - PC Hardware in a Nutshell». O'Reilly & Associates, Inc. 3 ed. p. 1.1 PCs Defined. ISBN 0-596-00513-X. Consultado em 4 Janeiro 2011. Cópia arquivada em 11 julho 2011 
  2. (Em Inglês) - PC 99 System Design Guide, Intel Corporation and Microsoft Corporation, 14 July 1999. Chapter 3: PC 99 basic requirements (PC 99 System Design Guide (Self-extracting .exe archive). Requirement 3.18.3: Systems use a color-coding scheme for connectors and ports. Accessed 2009-02-05

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Versões em PDF: