Guido Marini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Guido Marini
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Tortona
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita Marco Tasca, O.F.M.Conv.
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Tortona
Nomeação 29 de agosto de 2021
Entrada solene 7 de novembro de 2021
Predecessor Dom Vittorio Francesco Viola, O.F.M.
Mandato 2021 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 4 de fevereiro de 1989
por Dom Giovanni Cardeal Canestri
Nomeação episcopal 29 de agosto de 2021
Ordenação episcopal 17 de outubro de 2021
Basílica de São Pedro
por Papa Francisco
Lema episcopal Emitte Spiritum tuum
Brasão episcopal
Coat of arms of Guido Marini.svg
Dados pessoais
Nascimento Gênova, Itália
31 de janeiro de 1965 (56 anos)
Nacionalidade italiano
Funções exercidas -Mestre de Celebrações Litúrgicas Pontifícias (2007-2021)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Guido Marini (Gênova, 31 de janeiro de 1965) é um bispo católico italiano e atual bispo de Tortona, nomeado em 29 de agosto de 2021 pelo Papa Francisco.

Sacerdócio[editar | editar código-fonte]

Mons. Guido Marini - 2008-05-18 - Visita di Papa Benedetto XVI a Genova.jpg

[1]Este bispo de profundo zelo para com a Sagrada Liturgia, estudou no seminário arquidiocesano de Gênova e foi ordenado sacerdote em 4 de fevereiro de 1989. Doutourou-se em Direito CanônicoIn Utroque Iure, na Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma e licenciou-se em ‘’Psicologia da Comunicação’’, pela Pontifícia Universidade Salesiana. Entre 1988 e 2003, exerceu o cargo de secretário particular dos arcebispos de Gênova: Cardeal Giovanni Canestri (1988-1995) e Cardeal Dionigi Tettamanzi (1995-2002) e do Cardeal Tarcísio Bertone (2002-2006). Acumulou o cargo de Mestre de Celebrações Litúrgicas dos cardeais Tettamanzi e Bertone e do arcebispo Angelo Bagnasco. É professor de Direito Canônico na seção de Gênova da faculdade de Teologia da Itália Setentrional e no Instituto Superior de Ciências Religiosas. Em 2004 foi nomeado diretor espiritual do seminário de Gênova.

Celebrações pontifícias[editar | editar código-fonte]

Em 1 de outubro de 2007 foi nomeado, pelo Papa Bento XVI, Mestre de Celebrações Litúrgicas Pontifícias, em substituição ao arcebispo Piero Marini (com o qual não tem qualquer parentesco), agora nomeado presidente do Pontifício Comitê para os Congressos Eucarísticos Internacionais. Segundo alguns vaticanistas a troca teria sido articulada entre o Papa e o Cardeal Tarcísio Bertone, para colocar no posto um clérigo mais afinado com linha a litúrgica do Santo Padre.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Em 29 de agosto de 2021, o Papa Francisco o nomeou bispo da Diocese de Tortona.[1]

Em 17 de outubro de 2021 recebeu a ordenação episcopal na Basílica de São Pedro, junto de Dom Andrés Gabriel Ferrada Moreira e pelas mãos do Papa Francisco, sendo bispos consagrantes Dom Marco Tasca, OFM, arcebispo de Gênova e Dom Vittorio Francesco Viola, OFM, secretário da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos.[2]

A Missa de posse canônica na Diocese de Tortona ocorreu em 07 de novembro de 2021.

Referências

  1. Buckley, Samuel, 1674?-1741, printer. (1714). The daily courant. : Numb. 4001. Friday, August 20. 1714. [S.l.]: Printed by Sam. Buckley in Amen-Corner.] OCLC 28619487 


Precedido por
Dom Piero Marini
Brasão do Vaticano.
Mestre das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontifíce

2007 - 2021
Sucedido por
Diego Giovanni Ravelli