Guilherme Costa Machado Silveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso. Você é encorajado a melhorar o artigo, mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito ao voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 16 de dezembro.

Guilherme Costa
Informações pessoais
Nome completo Guilherme Costa Machado Silveira
Data de nasc. 31 de março de 1994 (23 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Altura 1,76 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 2013–presente
Clube atual Brasil Vasco da Gama
Posição Meia
Clubes de juventude
2006–2013 Brasil Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013–
2015
2016
Brasil Vasco da Gama
Brasil Bragantino (emp.)
Brasil Boavista (emp.)
0025 0000(2)
0005 0000(0)
0013 0000(2)
Seleção nacional
2009
2011
Brasil Brasil Sub-15
Brasil Brasil Sub-17
0007 0000(0)
0012 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de outubro de 2017.

Guilherme Costa Machado Silveira, mais conhecido como Guilherme Costa, (Rio de Janeiro, 31 de março de 1994), é um futebolista brasileiro que joga como meia. Atualmente defende o Vasco da Gama.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Guilherme fez toda a base no Vasco. Iniciou sua trajetória no mirim, mas foi apenas no infantil que começou a brilhar. Em sua primeira temporada, terminou como artilheiro do Cruzmaltino na categoria. Obteve grande destaque também nas categorias juvenil e júnior, sendo um dos principais jogadores do time campeão da Taça BH Sub-20 de 2013. [1]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Fez sua estréia em um jogo muito especial: era a despedida do ídolo Pedrinho, meia canhoto, criado nas categorias de base do Vasco, assim como Guilherme; o jogo amistoso foi contra o Ajax em São Januário, e o Cruzmaltino saiu de campo vitorioso por 1–0. Foi o primeiro jogo do Vasco na temporada 2013.[2] Entretanto, Guilherme não obteve mais oportunidades nesse ano, sendo usado apenas na equipe sub-20 do Vasco da Gama.

Bragantino[editar | editar código-fonte]

Em março de 2015, sem muitas chances no elenco principal do Gigante da Colina, Guilherme foi emprestado para o Bragantino até o final do ano, para adquirir experiência.[3] Estreou em abril, na vitória por 1–0 sobre a Lajeadense no Nabi Abi Chedid, válida pela Copa do Brasil. Após a chegada do treinador Wagner Lopes em julho, o meia perdeu espaço na equipe, sendo devolvido ao Vasco ainda em setembro, antes do fim do contrato.[4] Em sua passagem pelo time alvinegro, fez apenas 5 partidas e não marcou gols.[5]

Boavista[editar | editar código-fonte]

Em 2016, Guilherme foi novamente emprestado, dessa vez para Boavista até o final do Campeonato Carioca.[6] Estreou no empate em 1–1 diante do Flamengo em Edson Passos. No jogo seguinte, marcou o primeiro gol de sua carreira profissional, em uma cobrança de falta abriu o placar na goleada por 4–0 sobre o Friburguense em Bacaxá.[7] Guilherme foi destaque na boa campanha do Boavista no estadual, onde marcou 2 gols e ajudou a equipe a ficar na 6ª colocação geral, conseguindo a classificação para a Série D - 2016 e para a Copa do Brasil - 2017.[8]

Retorno ao Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Ao final do Estadual, Guilherme retornou ao Vasco da Gama para o restante da temporada, porém novamente não recebeu oportunidades no Gigante da Colina, sendo relacionado apenas uma vez.

2017[editar | editar código-fonte]

Ainda sem chances no elenco principal, Guilherme viu o seu rumo mudar no início da temporada de 2017, com a mudança no comando técnico do Vasco, e o retorno de um velho conhecido: Cristóvão Borges, o mesmo treinador que o puxou para o elenco principal em 2012. Decidido a brilhar no clube que o formou, Guilherme se reinventou, se tornando um jogador de mais velocidade e marcação. [9]

No dia 2 de Fevereiro, Guilherme marcou seu primeiro gol pelo Vasco, na vitória por 3–1 sobre o Bangu, em Moça Bonita, válida pelo Campeonato Carioca.[10] Marcou novamente no dia 12 de julho contra o Vitória no Barradão em partida válida pela 13ª rodada do Brasileirão, quando entrou no segundo tempo. Foi o quarto gol da goleada por 4–1 sobre o time baiano. Nesse jogo, Guilherme contribuiu com uma bela assistência também, sendo um dos grandes nomes da partida.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Guilherme tem passagens pelas equipes sub-15 e sub-17 da seleção brasileira, obtendo destaque no título do Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-17 de 2011.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 21 de outubro de 2017.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
internacionais[b]
Outros

torneios[c]

Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Vasco da Gama 2013 1 0 1 0
2014 0 0
Total 1 0 1 0
Bragantino 2015 3 0 2 0 5 0
Total 3 0 2 0 5 0
Boavista 2016 13 2 13 2
Total 13 2 13 2
Vasco da Gama 2017 9 1 3 0 12 1 24 2
Total 9 1 3 0 12 1 24 2
Total na carreira 12 1 5 0 26 3 43 4
  • a. ^ Jogos da Copa do Brasil
  • b. ^ Jogos de Torneios continentais
  • c. ^ Jogos de Campeonatos estaduais e Torneios amistosos


Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Seleção Brasileira


Referências

  1. «Vasco bate o Vitória, quebra jejum e leva o tri da Taça BH de juniores». Globoesporte.com. 31 de agosto de 2013. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  2. «Guilherme Costa fez sua estreia no profissional contra o Ajax». Supervasco.com. 15 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  3. «Sem chances no Vasco, Guilherme Costa é emprestado ao Bragantino». globoesporte.com 
  4. «Guilherme Costa retorna ao Vasco, mas não pode mais jogar em 2015». globoesporte.com 
  5. «Guilherme Costa :: Guilherme Costa Machado Silveira :: Vasco». www.ogol.com.br (em bretão). Consultado em 25 de novembro de 2017 
  6. «Vasco empresta Guilherme Costa ao Boavista para o Campeonato Carioca». globoesporte.com 
  7. «Leandrão marca de novo, Paraná faz dois, e Boavista goleia o Friburguense». globoesporte.com 
  8. «Dupla do Boavista será reintegrada ao elenco do Vasco nesta segunda-feira». Globoesporte.com. 15 de janeiro de 2013. Consultado em 16 de maio de 2016 
  9. «Do 'não' ao Flamengo até a titularidade no Vasco: Guilherme Costa finalmente brilha». Extra.globo.com. 12 de fevereiro de 2017. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  10. «Sonho de criança: Guilherme Costa se encontra e quer deslanchar no Vasco». Esportes.terra.com. 3 de fevereiro de 2017. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]