Guilherme de Hohenzollern

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guilherme
Príncipe de Hohenzollern
Guilherme de Hohenzollern-Sigmaringen, à esquerda.
Chefe da Casa de Hohenzollern-Sigmaringen
Antecessor(a) Leopoldo de Hohenzollern
Sucessor(a) Frederico, Príncipe de Hohenzollern
 
Cônjuge Maria Teresa de Bourbon-Duas Sicílias
Aldegunda Maria Augusta Teresa da Baviera
Descendência Augusta Vitória de Hohenzollern-Sigmaringen
Frederico Vítor de Hohenzollern-Sigmaringen
Francisco José de Hohenzollern-Sigmaringen
Casa Hohenzollern-Sigmaringen
Nome completo
Wilhelm August Karl Joseph Ferdinand Benedikt
Nascimento 7 de março de 1864
  Schloss Benrath, Düsseldorf, Província do Reno, Prússia
Morte 22 de outubro de 1927 (63 anos)
  Sigmaringa, Província de Hohenzollern, Alemanha
Pai Leopoldo de Hohenzollern
Mãe Antónia de Bragança

Guilherme de Hohenzollern-Sigmaringen (7 de março de 1864 - 22 de outubro de 1927) foi o chefe da Casa de Hohenzollern-Sigmaringen de 1905 até a sua morte.

Família[editar | editar código-fonte]

Filho mais velho do príncipe Leopoldo de Hohenzollern-Sigmaringen e de sua esposa, a infanta Antónia de Portugal, Guilherme nasceu no Castelo de Benrath, perto de Düsseldorf, Alemanha. Seus avós maternos foram a rainha D. Maria II de Portugal e o rei consorte D. Fernando II.

Um de seus irmãos foi o futuro Fernando I da Romênia. Entre seus primos, estavam D. Carlos I de Portugal, o duque de Porto, Frederico Augusto III da Saxônia e a princesa Maria Josefa da Saxônia.

Ele sucedeu a seu pai como príncipe de Hohenzollern em 8 de junho de 1905.

Primeiro casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 1889, Guilherme desposou a princesa Maria Teresa de Bourbon-Duas Sicílias, filha de Luís, conde de Trani e de Matilde Luísa da Baviera. Maria Teresa era, portanto, uma neta de Fernando II das Duas Sicílias e uma sobrinha da imperatriz "Sissi" da Áustria. O casal teve três filhos:

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Guilherme tornou-se viúvo em 1 de maio de 1909. Em 20 de janeiro de 1915, ele desposou a princesa Aldegunda Maria Augusta Teresa da Baviera (1870-1958), uma filha do rei Luís III da Baviera. Este casamento não gerou descendentes.

Seu título de príncipe de Hohenzollern foi efetivamente abolido com o colapso do Império Alemão, em 1918. Entretanto, ele continuou a titular-se como tal até a sua morte, em Sigmaringen.

Referências