Guillaume Pierre Godin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guillaume Pierre Godin, O.P.
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais

Título

Cardeal-bispo de Sabina
Cardeal-padre de Santa Cecília
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1279
Ordenação episcopal 1317
Cardinalato
Criação 23 de dezembro de 1312, pelo Papa Clemente V
Brasão
CardinalCoA PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Reino da França Baiona
1260[1]
Morte Reino da França Avinhão
4 de junho de 1336 (76 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Guillaume Pierre Godin, O.P. (1260 - 4 de junho de 1336) foi um cardeal francês, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Baiona, era filho de Pierre Godin. Seu primeiro nome também é listado como Villelmo; listam-lhe algumas fontes com o segundo nome Petri; seu sobrenome também é listado como de Peyre Godin, de Godieu, Godiuus e Godinus[1].

Entrou na Ordem dos Pregadores (Dominicanos) em Béziers, em cerca de 1279. Obteve seu doutorado na Universidade de Paris em 1292[1]. Foi professor de filosofia antes de 1282 e de teologia em 1287. Provincial de sua ordem em Provence, em 21 de julho de 1301. Nomeado como primeiro provincial de sua ordem em Toulouse, em 28 de setembro de 1303. Nomeado Mestre dos Sagrados Palácios, em Roma, em 1306[1].

Foi criado cardeal-presbítero no consistório de 23 de dezembro de 1312, recebendo o título de Santa Cecília[1]. Passou para a ordem dos cardeais-bispos e assume a sé suburbicária de Sabina em 12 de setembro de 1317, mantendo in commendam o título de Santa Cecília. Nomeado embaixador em Castela, em 1320, ele presidiu o Concílio de Valladolid, em agosto de 1322[1]. É nomeado Decano do Colégio dos Cardeais, em novembro de 1323. Ele é autor de uma coleção de documentos papais, além de ter mandado reconstruir as igrejas dominicanas de Baiona e Avinhão[1].

Morreu em 4 de junho de 1336 e foi enterrado em frente ao altar principal da igreja dos dominicanos em Toulouse, que havia reconstruído[1].

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Hugues Aycelin de Billom, O.P.
Coat of arms Holy See.svg
Mestre dos Sacros Palácios

12881312
Sucedido por
Guillaume Durand de Saint-Pourçain, O.P.
Precedido por
Tommaso d’Ocre, O.S.B. Coel.
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Cecília

13121317
in commendam até 1336
Sucedido por
Guy de Boulogne
Precedido por
Arnaud de Falguières
Cardeal
Cardeal-bispo de Sabina

13171336
Sucedido por
Matteo Orsini, O.P.
Precedido por
Bérenguer de Frédol
Cardeal
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais

13231336
Sucedido por
Pierre des Près