Guillermo Fernández Vara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Guillermo Fernández Vara
Nascimento 6 de outubro de 1958
Olivença
Cidadania Espanha
Alma mater
Ocupação político, professor(a) universitário(a), legista
Prêmios
  • Ordem de São Raimundo de Peñafort
  • Gran Cruz de la Orden Civil de Sanidad (2008)
Empregador Universidade de Valência, Universidade da Estremadura

Guillermo Fernández Vara (Olivença, 6 de outubro de 1958) é um político espanhol.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Educou-se no Colégio dos Jesuítas de Villafranca dos Barros. Nesse centro religioso estudou EGB, Ensino médio e COU, abandonando o colégio o ano 1975. É capataz do altar da Solidão de seu povoado natal, Olivença. É membro da Associação de Antigos Amigos do Centro. Tendo seu pai sido destinado à Audiência Estadual de Córdoba, o filho fez amizade com o advogado do Estado Antonio Hernández-Mancha (natural de Guareña, o povoado do poeta estremenho Luis Chamizo), sobrinho de Antonio Herández Gil, jurista e Presidente das Cortes Espanholas, que foi diretor da Academia de Jurisprudência e da Real Academia da Estremadura.

Em 1988 obteve a vaga de médico forense com destino na Estremadura. Iniciou-se na política em Córdoba nas filas da Aliança Popular e afiliou-se ao PSOE da Estremadura, quando regressou a sua terra natal e foi fichado por Juan Carlos Rodríguez Ibarra, Presidente da Junta da Estremadura e seu mentor político.

Foi Presidente da Comunidade Autónoma da Estremadura desde 29 de junho de 2007 a 2011, e Conselheiro da Sanidade e Consumo de Estremadura entre 1999 e 2007.[1]

Referências

  1. a b «Guillermo FERNÁNDEZ VARA / President of the Extremadura Region (Spain)» (em inglês). Consultado em 7 de Maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político espanhol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.