Gunnbjörn Ulfsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gunnbjörn Ulfsson (n. 885) foi um explorador norueguês, colono na Islândia que viveu em Meðalfell, Reynivellir, Kjósar; também conhecido como Gunnbjörn Ulf-Krakuson, acredita-se ter sido o primeiro europeu a chegar à Gronelândia.[1][2]

Ele e a sua tripulação avistaram as ilhas próximas da costa da Gronelândia, e relataram a sua descoberta, mas apesar de Ulfsson não ter desembarcado em nenhuma das ilhas,[3] esse territorio acabou por ser apelidado de Gunnbjarnarsker (ou Gunnbjarnareyjar).[4] Entre os historiadores, a identificação dessa área corresponde ao arquipélago oriental de Sermiligaq, perto de Angmagssalik.[5]

A Gronelândia é tanto material e culturalmente parte da América do Norte (estando separada pela ilha Ellesmere apenas por um pequeno estreito), assim sendo tal ocorrência constituiria o primeiro contacto estabelecido definitivamente entre a Europa e América do Norte.

Desconhece-se a data exacta deste primeiro contacto. Várias fontes referem datas que variam entre 876 e 932, mas não são mais do que conjecturas.

A primeira visita útil às ilhas de Ulfsson foi realizada por Snaebjörn Galti por volta de 978, seguida mais tarde por Erik, o Vermelho, que também explorou a principal ilha da Gronelândia, onde prontamente se estableceu nela. No entanto, nem Galti nem Erik navegavam sem rumo; conheciam bem a localização relatada por Ulfsson.[6]

Referências

  1. Íslendingabók og Landnámabók (1891; filmed 1948), Ari Þorgilsson ; búið hefir til prentunar Vald. Ásmundarson, (Reykjavík : Sigurður Kristjánsson, 1891. Salt Lake City, Utah : Filmet av the Genealogical Society of Utah, 1948), FHL film 73228 Item 7., p. 190, 191, 150.
  2. Islenzkar æviskrár frá landnámstímum til ársloka 1940 (1948-1976), Páll Eggert Ólason, Jón Guðnason, and Ólafur Þ. Kristjánsson, (6 volumes. Reykjavík : Hid Íslenzka Bókmenntafélags, 1948-1952, 1976), FHL book 949.12 D3p., vol. 2, p. 222; vol. 3, p. 255.
  3. Gwyn Jones, A History of the Vikings, Oxford University Press, 1973, p. 290.
  4. The Vindland Sagas, Penguin Classics, 2008, ISBN 0140447768 p. 109.
  5. Gustav Holm (1918), Meddelelser om Grønland, p. 56
  6. Oxenstierna, Eric Graf (1959) Los Vikingos, Ed. W. Kohlhammer GmbH, Stuttgart, ISBN 84-217-4224-8 p. 249