Gunnera manicata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaGunnera manicata
Gunnera manicata3.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Clado: Angiospermas
Clado: Eudicotyledoneae
Clado: Gunneridae
Eudicotiledóneas nucleares
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Gunnerales
Família: Gunneraceae
Género: Gunnera
Espécie: G. manicata
Nome binomial
Gunnera manicata
Linden ex Delchev.
Sinónimos

Gunnera manicata é uma espécie de planta pertencente a família Gunneraceae. A espécie, pela espetacularidade das suas folhas, é utilizada como planta ornamental nas regiões subtropicais e temperadas. Esta espécie é endêmica do Sul do Brasil.[2]

É conhecida pelos nomes comuns de folha-de-mamute ou comida-de-dinossauro, dado o gigantismo das suas folhas que podem ultrapassar os 3 m de largura

Descrição[editar | editar código-fonte]

É uma planta herbácea, perene, caracterizada pela presença de grandes folhas, sendo comuns as folhas que excedem 1,2 m de diâmetro, com valores médios de 90 x 90 centímetros em plantas maduras. Apresenta espinhos na parte inferior das folhas assim como ao longo de todo o seu caule.

Estas plantas atingem o seu desenvolvimento óptimo em condiciones de elevada humidade, por exemplo nos bordos de charcos ou de alagadiços, tolerando mal invernos frios e húmidos. Nos jardins de climas temperados, há necessidade de recobrir as gemas da planta com as suas próprias folhas mortas para as proteger dos frios do inverno.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Foi descrita por Linden ex André com a descrição publicada em L'illustration horticole 20: 156–157. 1873.[3] A etimologia do gênero é uma homenagem ao botânico norueguês Johan Ernst Gunnerus. O epíteto específico manicata deriva do latim e significa "com mangas longas".[4]

Notas

  1. «Gunnera manicata». em The Plant List 
  2. «Gunnera manicata Linden ex Delchev.». Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Consultado em 1 de outubro de 2018. 
  3. «Gunnera manicata». Tropicos.org. Missouri Botanical Garden. Consultado em 3 de maio de 2014. 
  4. «En Epítetos Botánicos». www.winternet.com 

Galeria[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gunnera manicata