Gustavo Scarpa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gustavo Scarpa
Informações pessoais
Nome completo Gustavo Henrique Furtado Scarpa
Data de nasc. 5 de janeiro de 1994 (24 anos)
Local de nasc. Campinas (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
Canhoto
Apelido Gustavinho, Chutavinho, Scarpinha
Informações profissionais
Clube atual Palmeiras
Número 14
Posição Meia
Clubes de juventude
2009–2012
2012–2014
Desportivo Brasil
Fluminense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012
2014–2017
2015
2018–
Desportivo Brasil
Fluminense
Red Bull Brasil (emp.)
Palmeiras
0006 0000(0)
0152 000(26)
0011 0000(2)
0015 0000(2)
Seleção nacional3
2015
2017
Brasil Sub-23
Brasil
0002 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de agosto de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de Janeiro de 2017.

Gustavo Henrique Furtado Scarpa, mais conhecido como Gustavo Scarpa (Campinas, 5 de janeiro de 1994), é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente joga pelo Palmeiras.

Características

Natural de Campinas, Gustavo Scarpa chegou às divisões de base do Fluminense em meados de 2012. Veio do Desportivo Brasil, equipe da cidade de Porto Feliz, interior de São Paulo. Típico camisa 10, o jogador sempre chamou atenção por sua técnica apurada e boa finalização. A marca registrada do meia é o chute forte e preciso de esquerda. Por não hesitar em arriscar de fora da área, acabou recebendo o apelido de ‘Chutavinho’ de seus companheiros em Xerém. De acordo com ele, esta característica do seu estilo de jogo veio do futsal.

Carreira

Fluminense

No dia 1 de junho de 2014, estreou em um jogo oficial. Aos 34 minutos do segundo tempo substituiu Rafael Sóbis, no empate em 1 a 1 com o Internacional. Depois disso, entrou no decorrer da partida em mais 5 oportunidades, além de jogar o amistoso disputado contra a Seleção Italiana.

Red Bull

No início de 2015, sem espaço no time de Ricardo Drubscky, foi emprestado até o final do Paulistão ao Red Bull Brasil.[1] Scarpa atuou por muitas vezes como lateral esquerdo, e ao fim do Campeonato Paulista, retornou ao Fluminense.

Retorno ao Fluminense

Após o término do Paulistão de 2015, Gustavo Scarpa voltou ao Fluminense. Scarpa entrou no segundo tempo de Fluminense x Santos e com sua assistência, o Flu conseguiu o gol da vitória e a entrada no G4. Gustavo e Marcos Júnior, ambos revelados em Xerém, quase foram emprestados para o Náutico. Entretanto, o novo técnico Enderson Moreira deu aos dois mais oportunidades, fazendo com que a dupla se tornasse titular da equipe tricolor. No dia 9 de julho de 2015, fez seu primeiro gol como profissional pelo Fluminense no jogo contra o Cruzeiro que terminou 1 x 0. "Gustavinho" é o principal destaque do Fluminense e o novo xodó da torcida, marcando gols importantes, como contra o Atlético-PR, e ajudando muito a equipe, seja improvisado na lateral esquerda ou na sua posição de origem, o meio campo, onde costuma render mais.

Após grandes atuações e bastante entrega apresentada nos jogos, Gustavo caiu nas graças da torcida e hoje é um grande xodó da torcida. Realizou seu sonho de infância, ao jogar com seu ídolo Ronaldinho Gaúcho, que havia sido contratado para ser um dos principais jogadores do time tricolor.

Marcou um golaço no jogo contra o Goiás, no Maracanã, pelo Brasileiro de 2015. Onde recebeu uma bola do Fred, e deu um lençol no zagueiro goiano e chutou no ângulo do gol, assim marcando, talvez, o gol mais bonito (até agora).

Na festa de apresentação dos novos uniformes do Fluminense, feitos pela Dry World, desfilou como um modelo ao lado de Diego Souza. E posou para foto ao lado de Marcos Júnior e Marlon.

No Campeonato Brasileiro 2016 vem sendo um dos principais destaques do time, com oito gols, e dez assitëncias. E tendo bom aproveitamento em cobranças de falta e bolas aéreas.

Na Copa do Brasil 2017 Scarpa fez um golaço de meio de campo contra o Globo. Chutando antes do meio de campo, fazendo uma pintura. Voltou a ser protagonista de uma partida, contra a LDU pela Copa Sul Americana, marcou o único gol da vitória tricolor no Maracanã por 1-0, em uma linda cobrança de falta.

Palmeiras

Em 22 de dezembro de 2017, Scarpa entrou com uma petição na Vara do Trabalho do Rio de Janeiro para requisitar a rescisão de seu contrato com o Fluminense, em razão de pagamentos atrasados por parte do clube.[2] Em 11 de janeiro de 2018, a Justiça decidiu pela rescisão através de um mandado de segurança,[3] que foi acatado pela CBF no dia posterior.[4] Em 15 de janeiro de 2018, Scarpa assinou contrato com o Palmeiras, em acordo válido por cinco anos.[5] Sua estreia aconteceu em 4 de fevereiro de 2018, entrando nos últimos minutos do clássico contra o Santos pelo Campeonato Paulista.[6] Em 11 de março de 2018, marcou seus dois primeiros gols pelo clube, em vitória de 3 a 0 sobre o Ituano.[7]

Em 15 de março de 2018, a liminar que havia concedido a rescisão do contrato de Scarpa com o Fluminense foi derrubada pelo TRT-RJ, anulando a validade de seu vínculo com o Palmeiras.[8]

Após ficar mais de três meses impossibilitado de atuar pelo Palmeiras, o Tribunal Superior do Trabalho concedeu o habeas corpus a Scarpa em 25 de junho de 2018, liberando-o novamente de seu vínculo com o Fluminense.[9]

Em 27 de junho de 2018, o Palmeiras anuncia a sua volta, onde assinou um novo contrato em acordo válido por cinco anos, nos mesmo moldes do anterior.[10]

Seleção Brasileira

Sub-23

Em 30 de outubro de 2015 e convocado pela primeira vez a seleção olímpica para os jogos contra os Estados Unidos. Foi bem e deu uma assistência no segundo jogo, no qual foi titular.[11]

Principal

Em 2017 foi convocado pela primeira vez a Seleção Brasileira pelo técnico Tite para o amistoso contra a Colômbia, chamado de Jogo da Amizade e que tinha como objetivo homenagear as vítimas do acidente aéreo envolvendo os membros da Chapecoense. Como o amistoso foi agendado fora do Calendário Oficial da FIFA, apenas atletas que atuam no futebol brasileiro e colombiano foram convocados, mesmo assim a partida tinha caráter oficial e gerou pontos no Ranking Mundial da FIFA e deu a liderança do ranking de volta a Seleção Brasileira após 7 anos.[12]

Estatísticas

Até 12 de agosto de 2018.

Clubes

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Fluminense 2014 6 0 0 0 0 0 1 0 1 7 0 1
2015 28 5 3 6 0 2 34 5 5
2016 34 8 10 7 2 3 0 0 0 19 4 6 60 14 19
2017 38 2 12 3 1 1 5 1 2 5 3 2 51 7 16
Total 106 15 25 16 3 5 5 2 1 25 7 9 152 26 41
Red Bull Brasil 2015 11 2 0 11 2 0
Total 11 2 0 11 2 0
Palmeiras 2018 6 0 0 1 0 0 1 0 0 7 2 1 15 2 0
Total 6 0 0 1 0 0 1 0 0 7 2 1 15 2 0
Total na carreira 112 15 25 17 3 5 6 1 2 43 11 9 178 30 41

Seleção Brasileira

Abaixo estão listados todos jogos e gols do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Sub-23 (Olímpico)

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2015 2 0 1 0
Total 2 0 1 0

Seleção Principal

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2017 1 0 0 0
Total 1 0 0 0

Títulos

Fluminense

Prêmios individuais

Fluminense

Assistências

Fluminense

Referências

Ligações externas

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.