Guy Domville

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guy Domville
Autor(es) Henry James
Idioma Inglês
País  Reino Unido
Gênero Peça de teatro
Linha temporal anos de 1780
Localização espacial Inglaterra
Editora J. Miles & Co, Londres
Lançamento Outubro de 1894
Páginas 79

Guy Domville é uma peça teatral de Henry James representada pela primeira vez em Londres em 1895[1]. A primeira apresentação terminou com o autor sendo vaiado por uma parte do auditório quando foi cumprimentar o público ao fim do espetáculo. Esta falha marcou o fim das tentativas de James de conquistar o teatro.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A peça se passa na Inglaterra dos anos de 1780. Frank Humber propõe casamento à viúda sra. Peverel, cujo filho tem Guy Domville por tutor. Domville deseja torna-se um sacerdote católico, mas descobre que é o último da sua família. Ele passa a acreditar que é seu dever casar-se de dar continuidade à linhagem familiar. Quando a sra. Peverel rejeita a proposa de Humber, ele suspeira que ela possa estar apaixonada por Domville.

Guy está prestes a se casar com Mary Brasier, mas ela ama o tenente George Round, em verdade. Quando compreende a situação, Guy recusa-se a seguir com o casamento, e, ao invés, ajuda Mary e George. Domville também sente que Frank Humber e a sra. Peverel estão apaixonados, e recomenda-os um ao outro. Guy entra para o sacerdócio, como havia antes planejado.

Referências

  1. Fac-símile da edição de 1960 disponível online, em inglês
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.