Héctor Abad Faciolince

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros usos de "Abad", veja Abad.
Héctor Abad Faciolince
Héctor Abad Faciolince (2011)
Nascimento
Medellín,  Colômbia
Prémios Prêmio Simon Bolívar
Género literário Romance, conto

Héctor Abad Faciolince (Medellín, 1958) é um escritor e jornalista colombiano.

Estudou Jornalismo na Universidade de Antioquia e Medicina e Filosofia na Pontifícia Universidade Bolivariana.

Fora as inúmeras traduções, é autor de ensaios (Palabras sueltas, 2002), romances (Asuntos de un hidalgo disoluto, 1994; Fragmentos de amor furtivo, 1998; Basura, 2000; Angosta, 2004; El amanecer de un marido, 2008), contos (Malos Pensamientos, 1991), crônicas de viagem e memórias.

Recebeu o Prêmio Simon Bolívar de jornalismo em 1997, entre outros. Sua obra está traduzida para o inglês, o alemão e o português.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Receitas de Amor para Mulheres Tristes - no original Tratado de culinaria para mujeres tristes (1996)
  • Fragmentos de amor furtivo - no original Fragmentos de amor furtivo (1998)
  • Os dias de Davanzati - no original Basura (2000)
  • Somos o esquecimento que seremos - no original El Olvido que seremos (2005)
  • Oculta (2015)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.