HD 125288

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
v Centauri
Dados observacionais (J2000)
Constelação Centaurus
Asc. reta 14h 20m 19,5s[1]
Declinação -56° 23′ 11,4″[1]
Magnitude aparente 4,35[1]
Características
Tipo espectral B6Ib[2]
Cor (U-B) -0,43[1]
Cor (B-V) 0,12[1]
Astrometria
Velocidade radial 4,2 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -9,64 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -7,46 mas/a[1]
Paralaxe 2,66 ± 0,20 mas[1]
Distância 1230 ± 90 anos-luz
380 ± 30 pc
Magnitude absoluta -5,35[3]
Detalhes
Massa 7,9 ± 0,4[2]
10[4] M
Raio 31[3] R
Gravidade superficial log g = 2,55 cgs[4]
Luminosidade 24 500[3] L
Temperatura 13 900[4] K
Rotação v sin i = 23 km/s[4]
Idade 37,3 ± 4,2 milhões[2]
de anos
Outras denominações
v Centauri, CPD-55 5984, FK5 529, HR 5358, HD 125288, HIP 70069, SAO 241641.[1]
HD 125288
Centaurus constellation map.png

HD 125288 (v Centauri) é uma estrela na constelação de Centaurus. Com uma magnitude aparente visual de 4,35,[1] é visível a olho nu em locais sem poluição luminosa excessiva. Dados de paralaxe obtidos na missão Hipparcos indicam que está a uma distância de aproximadamente 1 230 anos-luz (380 parsecs) da Terra.[1]

O espectro desta estrela corresponde a um tipo espectral de B6 Ib,[2] com a classe de luminosidade 'Ib' indicando que ela é uma supergigante de baixa luminosidade. Tem uma massa estimada em 10 vezes a massa solar,[4] a qual está sendo perdido pelo vento estelar à taxa de 4 × 10−8 massas solares por ano, o equivalente à massa solar a cada 25 milhões de anos.[3] Possui um raio equivalente a 31 vezes o raio solar e está brilhando com 24 500 vezes a luminosidade solar.[3] Sua fotosfera irradia essa energia a uma temperatura efetiva de 13 900 K,[4] conferindo à estrela a coloração azul branca típica de estrelas de classe B.[5] É relativamente jovem, com uma idade estimada em 37 milhões de anos.[2]

v Centauri é uma estrela variável periódica que passa por pulsações não radiais com pelo menos um período de 8,0906 dias, com amplitude total de 0,038 magnitudes.[3] Não possui estrelas companheiras conhecidas.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l «SIMBAD query result - v Cen». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 21 de maio de 2017 
  2. a b c d e Tetzlaff, N.; Neuhäuser, R.; Hohle, M. M. (janeiro de 2011). «A catalogue of young runaway Hipparcos stars within 3 kpc from the Sun». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 410 (1): 190-200. Bibcode:2011MNRAS.410..190T. doi:10.1111/j.1365-2966.2010.17434.x 
  3. a b c d e f Lefever, K.; Puls, J.; Aerts, C. (março de 2007). «Statistical properties of a sample of periodically variable B-type supergiants. Evidence for opacity-driven gravity-mode oscillations». Astronomy and Astrophysics. 463 (3): 1093-1109. Bibcode:2007A&A...463.1093L. doi:10.1051/0004-6361:20066038 
  4. a b c d e f Fraser, M.; Dufton, P. L.; Hunter, I.; Ryans, R. S. I. (maio de 2010). «Atmospheric parameters and rotational velocities for a sample of Galactic B-type supergiants». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 404 (3): 1306-1320. Bibcode:2010MNRAS.404.1306F. doi:10.1111/j.1365-2966.2010.16392.x 
  5. «The Colour of Stars». Australia Telescope, Outreach and Education. Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation. 21 de dezembro de 2004. Consultado em 21 de maio de 2017 
  6. Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A. (setembro de 2008). «A catalogue of multiplicity among bright stellar systems». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 389 (2): 869-879. Bibcode:2008MNRAS.389..869E. doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x