Haïm Brézis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Haïm Brézis
Nascimento 1 de junho de 1944 (75 anos)
Riom-ès-Montagnes
Nacionalidade Francês
Cidadania França
Alma mater Universidade de Paris
Ocupação matemático, professeur des universités
Prêmios Cavaleiro da Legião de Honra, Prêmio Ampère, Membro da Sociedade Americana de Matemática
Empregador Universidade Pierre e Marie Curie, Universidade Rutgers, Technion
Orientador(es) Gustave Choquet, Jacques-Louis Lions[1]
Orientado(s) Felipe Acker, Abbas Bahri, Philippe Bénilan, Henri Berestycki, Jean-Michel Coron, Alain Haraux, Pierre-Louis Lions, Juan Luis Vázquez
Instituições Universidade Pierre e Marie Curie
Campo(s) Matemática

Haïm Brezis (Riom-ès-Montagnes, 1 de junho de 1944) é um matemático francês.

Trabalha com análise funcional e equações diferenciais parciais.

Seu pai é natural da Romênia, que chegou na França na década de 1930, e sua mãe judia fugida da Holanda. Sua mulher, Michal Govrin, nascida em Israel, é novelista, poeta e diretora teatral.[2]

Brezis obteve o doutorado na Universidade de Paris em 1972, orientado por Gustave Choquet. É atualmente professor na Universidade Pierre e Marie Curie e professor visitante distinto na Universidade Rutgers. É membro da Academia Europaea (1988) e associado estrangeiro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (2003). Recebeu doutorados honorários em diversas universidades.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Opérateurs maximaux monotones (1973)
  • Analyse Fonctionnelle. Théorie et Applications (1983)
  • Haïm Brezis. Un mathématicien juif. Entretien Avec Jacques Vauthier. Collection Scientifiques & Croyants. Editions Beauchesne, 1999. ISBN 9782701013550, ISBN 270-1013356
  • Functional Analysis, Sobolev Spaces and Partial Differential Equations, Springer; 1st Edition. edition (November 10, 2010), ISBN 978-0387709130, ISBN 0387709134

Referências

  1. Haïm Brézis (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. Dalia Karpel (18 de abril de 2002). «Oh my love, comely as Jerusalem». Haaretz. Consultado em 6 de novembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.