Haifisch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Haifisch"
Single de Rammstein
do álbum Liebe ist für alle da
Lançamento 28 de maio de 2010
Formato(s) CD, LP, Download digital
Gravação Sonoma Mountain Recording Estate, San Rafael, Califórnia, Estados Unidos, 2009
Gênero(s) Neue Deutsche Härte, Metal industrial
Duração 15:35
Gravadora(s) Universal Music
Produção Jacob Hellner
Rammstein
Cronologia de singles de Rammstein
"Ich tu dir weh"
(2010)
"Mein Land"
(2011)

"Haifisch" é o terceiro e último single do álbum "Liebe ist für alle da", da banda alemã Rammstein. Sendo lançado em 28 de maio de 2010.

Pouco antes de anunciar a estréia do vídeo, o site do Rammstein deixou uma citação sobre a música: "o tubarão não só tem dentes - ele também tem lágrimas. Mas, como vive no fundo salgado, ninguém os vê. Uma vergonha. Tudo, este peixe cartilaginoso é uma das mais antigas criaturas incompreendidas do mundo. Um pouco mais de simpatia não poderia doer!"

O refrão da música é uma alusão à letra de "Mack the Knife", uma canção escrita por Berthold Brecht para sua peça A Ópera dos Três Vinténs. "Haifisch" alcançou o número 33 nas paradas de singles da Alemanha.

Vídeo[editar | editar código-fonte]

O videoclipe foi lançado em 23 de abril de 2010 na página do MySpace da banda.

O vídeo mostra a banda no funeral do vocalista, Till Lindemann, com alguns outros enlutados, um dos quais é Marilyn Manson. Começa uma briga entre duas mulheres que tiveram filhos de Till. Enquanto isso, o resto da banda discute quem deve substituir Lindemann como o cantor (Henry Rollins e James Hetfield são sugeridos, com Hetfield presumivelmente sendo escolhido, já que sua foto foi mostrada mais de uma vez, além de ser apontada por um dos membros). O vídeo continua, Lindemann é baixado em seu túmulo abaixo da inscrição "endlich allein" ("finalmente sozinho") e muitos cenários são mostrados de como Lindemann morreu, que são todos baseados em vídeos anteriores do Rammstein: sendo espancado e colocados em fogo por Christoph Schneider ("Du hast"), tendo sua corda cortada enquanto escalada por Richard Kruspe ("Ohne dich"), tendo seu tubo de oxigênio removido de seu traje espacial por Oliver Riedel, enquanto estava na lua ("Amerika"), e um Till gordo sendo sufocado com espaguete forçado por Flake ("Keine Lust"). Flake também imagina Paul Landers sendo espancado por Lindemann em um traje de Branca de Neve ("Sonne"). Há uma referência ao vídeo de "Ich will" (quando Paul abre as portas) para confrontar Richard. Mais tarde no vídeo, a banda começa a lutar entre si e Flake cai no túmulo, quebrando o caixão de Till, revelando que não há nenhum corpo dentro dele. Till, com um bigode, é então mostrado vivo e bem em Oahu, Havaí, onde ele envia um cartão postal para a banda que está escrito: "Viele Grüße vom Arsch der Welt" ("Saudações do rabo do mundo") e no verso, uma foto que mostra que ele pegou um tubarão tigre no na data de 14 de fevereiro de 2010, sendo um prelúdio que leva ao vídeo de "Mein Land".

Em dois closes sobre o caixão de Till, existem letras de outras canções do Rammstein, como:

  • "Ich werde in die Tannen gehen" de Ohne dich;
  • "Am Ende bleib ich doch alleine" de Seemann;
  • "Seine Worte frisst der Wind" de Nebel.

"Haifisch" foi o primeiro vídeo do Rammstein, do "Liebe ist für alle da" a não ser estreado no site adulto Visit-X.

Performance ao vivo[editar | editar código-fonte]

"Haifisch" fez sua estreia ao vivo, como a maioria das músicas do Rammstein, durante concertos exclusivos para fãs realizados em Berlim, em outubro de 2009. Quando tocada ao vivo, a pausa é prolongada e um membro da banda (geralmente Flake, que não fazia a cena há anos) surfa na multidão em um bote de borracha - um feito que já havia sido feito durante "Stripped", "Seemann" e, ocasionalmente, "Heirate mich". O membro da banda balança uma bandeira do país onde o show está sendo realizado. Devido a este passeio de barco, a música pode alcançar a marca de 10 minutos, quase três vezes a duração da versão de estúdio.

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Haifisch"   3:46
2. "Haifisch" (Haiswing Remix por Olsen Involtini) 3:40
3. "Haifisch" (Remix por Hurts) 3:45
4. "Haifisch" (Remix por Schwefelgelb) 4:24
Duração total:
15:35

Vinil 7"[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Haifisch"   3:46
2. "Haifisch" (Haiswing Remix por Olsen Involtini) 3:40
Duração total:
7:26

Vinil 12"[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Haifisch"   3:46
2. "Haifisch" (Remix por Schwefelgelb) 4:24
Duração total:
8:10

Download digital[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Haifisch"   3:46
2. "Haifisch" (Haiswing Remix por Olsen Involtini) 3:40
3. "Haifisch" (Remix por Hurts) 3:45
4. "Haifisch" (Remix por Schwefelgelb) 4:24
5. "Haifisch" (Remix por Paul Kalkbrenner) 3:28
Duração total:
19:03

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas (2009) Posição
 Alemanha 33
 França 51
 Reino Unido 34

Ligações externas[editar | editar código-fonte]