Acoris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hakor)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde Abril de 2011).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Esfinge com o nome de Hakor

Hakor (? — 380 a.C.) foi um faraó da XXIX dinastia egípcia que governou entre 393 e 380 a.C. É também conhecido pela versão grega do seu nome, Acoris.

Foi o sucessor de Psamutis (ou Pacherienmut), o qual derrubou, apresentando-se como neto de Neferités I, fundador da XXIX dinastia.

Realizou uma aliança militar com o rei Evágoras de Chipre.[1]Após a rendição de Evágoras aos persas, Hacor se aliou ao comandante da frota persa, Glos, casado com uma filha de Tiribazo,[2] o comandante anterior, que havia sido preso.[3]

Após montar uma grande força de mercenários,[4] e sem dispor de quem a comandasse, Hacor trouxe o ateniense Cábrias para comandar suas forças.[5] Farnabazo, general dos exércitos persas, protestou com Atenas, lembrando da aliança da Pérsia com Atenas; Atenas chamou Cábrias de volta e enviou Ifícrates como aliado dos persas.[2]

Realizou uma vasta obra construtora no Egito, nomeadamente em Carnaque (uma capela), em Medinet Habu (um quiosque) e em El-Kab (uma sala hipóstila).

Foi talvez sepultado em Sacara, tendo sido sucedido pelo seu filho, Neferites II, que apenas reinou durante alguns meses já que foi assassinado por Nectanebo I da XXX dinastia.

Titulatura[editar | editar código-fonte]

Nome de Nesut-bity
Hieroglifo
nswt&bity
<
N5 C10 W9
>
Transliteração ḫn Mȝˁ.t Rˁ
Transliteração (ASCII) Khn mAat ra
Transcrição Khenem-Maât-Rê
Tradução "Unido à justiça de "
Nome de Sa-Rá
Hieroglifo
G39 N5
 
<
O4
V31
E23
Z1
>
Transliteração '
Transliteração (ASCII) h.k r(w)
Transcrição Heker
Tradução Heker ou Hakor

Referências

  1. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XV, 6.3
  2. a b Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XV, 9.3-4 Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "diodoro.siculo.15.9.3" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  3. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XV, 9.1
  4. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XV, 29.1
  5. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XV, 9.2
Precedido por
Psamutis
Faraó
XXIX dinastia
Sucedido por
Neferites II
Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.