Hakuin Ekaku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Budismo

Hakuin Ekaku (白隠 慧鶴 Hakuin Ekaku, 1686-1769 ou 1685-1768) foi uma das figuras mais influentes no Zen Budismo japonês. Ele reviveu a escola Rinzai de um período de estagnação, refocalzando-a em seus métodos tradicionais de treinamento rigoroso integrando meditação e prática de koan. A influência de Hakuin foi tão grande que todos os mestres Zen Rinzai atuais traçam sua linhgem a ele, e todos os praticantes modernos de Zen Rinzai usam práticas derivadas diretamente de seus ensinamentos.

Vida[editar | editar código-fonte]

Ensinamentos[editar | editar código-fonte]

Prática[editar | editar código-fonte]

Papel social[editar | editar código-fonte]

Histórias[editar | editar código-fonte]

As histórias seguintes são extraídas do livro Zen Flesh, Zen Bones de Paul Reps.

É mesmo?[editar | editar código-fonte]

Hakuin era louvado por seus vizinhos como vivendo uma vida pura. Uma bela garota japonesa cujos pais tinham uma mercearia morava perto dele. Repentinamente, sem qualquer aviso, seus pais descobriram que ela estava grávida. Eles ficaram muito bravos. Ela não queria confessar quem era o pai mas, após muito pressionarem, acabou dizendo que Hakuin era o pai.

Muito bravos os pais foram ao mestre. "É mesmo?" era tudo o que ele dizia.

Após o nascimento da criança ela foi levada a Hakuin. Ele havia perdido sua reputação devido ao incidente, o que não o incomodava, mas ele cuidou muito bem da criança. Ele obteve leite de seus vizinhos e tudo o mais que ele precisava. Após um ano a jovem mãe não conseguiu mais aguentar. Contou a verdade a seus pais - o verdadeiro pai era um pescador que trabalhava no mercado de peixe.

A mãe e o pai da garota imediatamente foram ver Hakuin para pedir perdão, desculpar-se longamente, e pegar a criança de volta.

Hakuin aceitou. Ao devolver a criança tudo o que disse foi: "É mesmo?"

Os portões do paraíso[editar | editar código-fonte]

Um soldado foi até Hakuin e perguntou "Realmente existe um paraiso e um inferno?"

"Quem é você?" perguntou Hakuin.

"Eu sou um samurai," respondeu o guerreiro.

"Você, um samurai!" exclamou Hakuin. "Que tipo de governante teria você como seu guarda? Seu rosto parece o de um mendigo!"

O soldado ficou tão bravo que começou a pegar sua espada, mas Hakuin continuou. "Então você tem uma espada! Sua arma é provavelmente tão ruim quanto sua cabeça!"

Conforme o soldado pegou sua espada Hakuin disse "Aqui abrem-se as portas do inferno!"

Ao ouvir estas palavras o samurai, percebendo a disciplina do mestre, guardou sua espada e o comprimentou com uma reverência.

"Aqui abrem-se as portas do paraiso," disse Hakuin.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referênces[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Hakuin Ekaku
  • Reps, Paul and Nyogen Senzaki. Zen Flesh, Zen Bones: A Collection of Zen and Pre-Zen Writings. ISBN 0-8048-3186-6.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hakuin Ekaku