Halifax (Nova Escócia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Halifax.
Canadá Halifax

K'jipuktuk

Halifax Regional Municipality

 
  Município regional  
Halifax Montage December 2017.jpg
Bandeira de Halifax
Bandeira
Lema: "From the Sea, Wealth"
(em português: Do mar, riqueza)
Localização de Halifax na província de Nova Escócia
Localização de Halifax na província de Nova Escócia
Halifax está localizado em: Canadá
Halifax
Localização de Halifax no Canadá
Coordenadas 44° 38' 52" N 63° 34' 17" O
País  Canadá
Província  Nova Escócia
Incorporado em 1749 (vila)
1842 (cidade)
1996 (município regional)
Administração
 - Tipo Município Regional
 - Prefeito (a) Mike Savage
 - Órgão governante Conselho Municipal de Halifax
Área [1]
 - Terra 5490.35 km²
 - Urbana 234.72 km²
 - Metro 5496.31 km²
Altitude máxima 241,9 m
Altitude mínima 0 m
População (2016)
 - Município regional 403 131
    • Densidade 73,4 hab./km²
 - Urbana 316 701
    • Densidade urbana 1 349,3 hab./km²
 - Metro 403 390
    • Densidade metro 73,4 hab./km²
Gentílico Haligonian
Informações
Fuso horário -4 (-3 verão)
Código postal B0J ,B3A a B4G
Código de área 902, 782
Sítio www.halifax.ca

Halifax (pronunciado em inglês/ˈhælɪfæks/) oficialmente conhecida como Município Regional de Halifax é a capital da província canadense de Nova Escócia. O município tinha uma população de 403 mil habitantes em 2016, com 316 mil na área urbana centrada no porto de Halifax.[2][3] O município regional atual é composto por quatro municípios anteriores que foram fundidos em 1996: Halifax, Dartmouth, Bedford e o município de Halifax County.

A cidade de Halifax é um importante centro econômico no Canadá Atlântico com uma grande concentração de serviços governamentais e empresas do setor privado. Os principais empregadores e geradores econômicos incluem o Departamento de Defesa Nacional, a Universidade Dalhousie, a Universidade de Santa Maria, o Estaleiro de Halifax, vários níveis de governo e o Porto de Halifax. A agricultura, pesca, mineração, silvicultura e extração de gás natural são as principais indústrias de recursos encontrados nas áreas rurais do município. Halifax foi classificada pela revista MoneySense como a quarta melhor cidade para se viver no Canadá em 2012,[4] foi a primeira colocada em uma lista de "cidades grandes por qualidade de vida" e a segunda colocada em uma lista de "grandes cidades do futuro" ambas as pesquisas conduzidas pela revista fDi para cidades do Norte e do Sul da América.[5] Além disso, Halifax coloca-se consistentemente no top 10 das cidades norte e sul-americanas com maior simplicidade na abertura de negócios, conforme conduzido pela revista fDi.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Halifax está localizada dentro das terras ancestrais dos povos indígenas Mi'kmaq.[7] Os Mi'kmaq residiram em Nova Escócia, New Brunswick e na Ilha do Príncipe Eduardo desde antes da chegada dos europeus na América do Norte por volta dos anos de 1400 e 1500. O nome de Halifax na língua dos Mi'kmaq é K'jipuktuk.[8]

Paliçada erguida ao longo de Dartmouth em resposta à invasão em Dartmouth, em frente ao porto do Great Pontack, durante a Guerra do Padre Le Loutre, em 1759.

O primeiro assentamento europeu permanente construído na região foi na península de Halifax. O estabelecimento da cidade de Halifax, em homenagem ao segundo conde de Halifax, em 1749, levou a transferência da capital colonial de Annapolis Royal para Halifax.

O estabelecimento de Halifax marcou o início da Guerra do Padre Le Loutre. A guerra começou quando Edward Cornwallis chegou com 13 transportes e uma Sloop-of-war em 21 de junho de 1749 para estabelecer a nova localidade de Halifax.[9] Ao estabelecer unilateralmente Halifax, os britânicos estavam violando tratados anteriores feitos com os Mi'kmaq, que foram assinados após a Guerra do Padre Rale.[10]

Cornwallis trouxe 1176 colonos e suas famílias, e para protegerem os novos assentamentos protestantes contra eventuais ataques dos Mi'kmaq, dos acadianos e dos franceses, ergueram diversas fortificações britânicas, todas dentro das redondezas do novo município chamado de Halifax. A Baía de Santa Margarida foi colonizada por protestantes estrangeiros de língua francesa em French Village, que migraram de Lunenburg, durante a Revolução Americana.

Consequências da Explosão de Halifax, um desastre marítimo que devastou a cidade em 1917.

Em dezembro de 1917 aconteceu um dos maiores desastres da história do Canadá, quando o SS Mont-Blanc, um cargueiro francês carregando munições, colidiu com o navio de socorro belga SS Imo em "The Narrows" entre o alto do porto de Halifax e a Bedford Basin. A explosão resultante, foi chamada de "A Explosão de Halifax", e devastou o Distrito de Richmond em Halifax, matando aproximadamente 2000 pessoas e ferindo outras 9.000 pessoas.[11] O acidente causou a maior explosão artificial já vista antes do desenvolvimento de armas nucleares.[12] Uma ajuda significativa veio de Boston, nos Estados Unidos, o que acabou fortalecendo o vínculo entre as duas cidades costeiras.

Os quatro municípios da área urbana de Halifax vinham coordenando a prestação de serviços através da Autoridade Metropolitana desde o final dos anos 70, mas permaneceram como cidades independentes até 1º de abril de 1996, quando o governo provincial fundiu todos os governos municipais no Condado de Halifax para criar o Município Regional de Halifax. A fronteira municipal agora inclui todo o Condado de Halifax, exceto por várias reservas de povos das Primeiras Nações.[13]

Referências

  1. «Census Profile, 2016 Census: Halifax [Census metropolitan area], Nova Scotia and Halifax [Population centre], Nova Scotia». Statistics Canada. 8 de fevereiro de 2017. Consultado em 21 de fevereiro de 2017. 
  2. «Census Profile - Halifax (population centre)». Statistics Canada. Consultado em 8 de fevereiro de 2017. 
  3. «Census Profile - Halifax (municipality)». Statistics Canada. Consultado em 8 de fevereiro de 2017. 
  4. «Best Places to Live in Canada». MoneySense. Consultado em 20 de março de 2012. 
  5. American Cities Of The Future 2011/12 Winners PDF file from www.fDiIntelligence.com
  6. American Cities of the Future 2015/16 Winners PDF file
  7. «Halifax schools to start each day by recognizing Mi'kmaq lands». CBC News. Consultado em 14 de julho de 2017. 
  8. «Local organization refers to Halifax by Mi'kmaq name». CTV News. 20 de novembro de 2014. Consultado em 18 de julho de 2017. 
  9. Grenier, John. The Far Reaches of Empire. War in Nova Scotia, 1710-1760. Norman: U of Oklahoma P, 2008; Thomas Beamish Akins. History of Halifax, Brookhouse Press. 1895. (2002 edition). p 7
  10. Wicken, p. 181; Griffith, p. 390; Also see «Archived copy». Consultado em 5 de fevereiro de 2014.. Arquivado do original em 14 de maio de 2013 
  11. «CBC - Halifax Explosion 1917». CBC.ca. 19 de setembro de 2003. Consultado em 25 de fevereiro de 2011. 
  12. Time: Disasters that Shook the World. New York City: Time Home Entertainment. 2012. p. 56. ISBN 1-60320-247-1 
  13. «Municipal History Highlights». Novascotia.ca. 26 de junho de 2014. Consultado em 13 de julho de 2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um local da província da Nova Escócia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Halifax (Nova Escócia)