Halil Mutlu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Halil Mutlu
halterofilismo
Representante  Turquia
Nascimento 14 de julho de 1973 (46 anos)
Postnik, Bulgária
Nacionalidade Turquia turca
Compleição Peso: 56 kg Altura: 1,50 m

Halil Mutlu (14 de julho de 1973, em Postnik, perto de Kurdjali, Bulgária) é um turco campeão olímpico e mundial em halterofilismo.

Mutlu nasceu na Bulgária como Huben Hubenov, mas depois desertou para a Turquia, com seu companheiro Naim Süleymanoğlu.[1]

Participou das Olimpíadas de 1992 e conseguiu o quinto lugar. Mas conquistou ouro nas três Olimpíadas seguintes (em 1996, 2000 e 2004). Competiu nas categorias até 52, 54, 56 e 62 kg.[2]

Foi por cinco vezes campeão mundial; prata em 1993 e 1995. Ganhou nove campeonatos europeus e bronze em 1991 e 1992.[2][3] Ele inicialmente ficara em primeiro no campeonato europeu de 2005, na categoria até 62 kg; mas foi desclassificado por dopagem bioquímica (nandrolona), embora negasse,[4] e foi suspenso por dois anos pela Federação Internacional de Halterofilismo das competições de seu calendário.[5]

Mutlu estabeleceu 20 recorde mundiais — nove no arranco, seis no arremesso e cinco no total combinado.[1][6] Suas melhores marcas na categoria até 56 kg são:

  • arranco — 138,5 kg (Antália, Turquia, 2001)
  • arremesso — 168 kg (Trenčín, Eslováquia, 2001)
  • total — 305 kg (Jogos Olímpicos de Sydney 2000)

Referências

  1. a b «Halil Mutlu» (em inglês). www.sports-reference.com. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  2. a b «Mutlu Halil (TUR)» (em alemão). www.iat.uni-leipzig.de. Consultado em 23 de janeiro de 2010 
  3. «Mutlu Halil» (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 14 de abril de 2012 
  4. «Nandrolon in der A-Probe: Gewichtheber Mutlu bestreitet absichtliches Doping» (em alemão). www.rp-online.de. Consultado em 23 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2015 
  5. «List of competitors suspended» (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 30 de abril de 2011. Arquivado do original em 6 de outubro de 2011 
  6. Gottfried Schödl. «IWF annual book 2009» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. p. 52. Consultado em 17 de abril de 2010