Hamamatsu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hamamatsu

浜松市 (Hamamatsu-shi)

Do topo à esquerda: Act City Hamamatsu, Akihasan Hongū Akiha Jinja, Linha Férrea Enshu, Castelo de Hamamatsu e Hamana Ōhasi
Do topo à esquerda: Act City Hamamatsu, Akihasan Hongū Akiha Jinja, Linha Férrea Enshu, Castelo de Hamamatsu e Hamana Ōhasi
Bandeira de Hamamatsu
Bandeira
Brasão de armas de Hamamatsu
Brasão de armas
Localização de Hamamatsu
País  Japão
Prefeitura Shuzuoka
Área
 - Total 1 558 06 km²
População (1 de março de 2018)
 - Total 806 435
    • Densidade 517 hab./km²
Sítio city.hamamatsu.shizuoka.jp (em Português)

Hamamatsu (浜松市, Hamamatsu-shi, lit. Pinheiro da Costa?) é uma cidade japonesa localizada na província de Shizuoka.

Em 1 de março de 2018, a cidade tinha uma população estimada em 806.435 habitantes, sendo cerca de 12 mil brasileiros, fazendo com que a cidade tenha a maior concentração de brasileiros per capita do Japão. A cidade tem uma densidade populacional de 517 habitantes/km². A área total é de 1558,06km².[1][2]

Recebeu o estatuto de cidade designada em 1 de abril de 2007.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Rua Hirokoji na década de 1930
Parte do horizonte de Hamamatsu
Vista aérea de Hamamatsu a partir do prédio mais alto (Act Tower)

A área que agora é a cidade de Hamamatsu é ocupada desde tempos pré-históricos, com vários vestígios arqueológicos do Período Jōmon e do Período Kofun descobertos, incluindo o Sítio Arqueológico de Shijimizuka com seus sambaquis e o antigo túmulo Akamonue Kofun. No Período Nara, se tornou a capital da Província de Tōtōmi. Durante o Período Sengoku, o Castelo de Hamamatsu foi o lar do futuro xogum Ieyasu Tokugawa. Hamamatsu floresceu durante o Período Edo sob uma sucessão de governantes daimiôs como uma cidade castelo, e uma cidade postal da Tōkaidō. Após a Restauração Meiji, Hamamatsu se tornou uma prefeitura entre 1871 e 1876, sendo depois unida à Prefeitura de Shizuoka. A Estação de Hamamatsu abriu na Linha Principal Tōkaidō em 1889. No mesmo ano, em uma reforma cadastral no Japão, Hamamatsu se tornou uma vila.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hamamatsu está localizada a 260 quilômetros de Tóquio.[5]

Hamamatsu consiste de uma planície, do Platô Mikatahara ao sul, e uma área montanhosa ao norte. É limitada pelo Lago Hamana ao oeste, o Rio Tenryū ao leste, e pelo Oceano Pacífico ao sul.[6]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima no sul de Hamamatsu é clima subtropical úmido com invernos frios para amenos com pouca queda de neve; entretanto, venta muito no inverno por conta da monção seca chamada Enshū no Karakaze, algo único na região. O clima no norte de Hamamatsu é muito mais severo por conta dos ventos Föhn.[6] Os verões são quentes com temperaturas que geralmente excedem os 35° C em Tenryu-ku, enquanto lá neva no inverno.

Dados climáticos para Hamamatsu, Shizuoka
Médias (1981–2010), Recordes (1883–2012)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Recorde alta °C (°F) 20.7
(69.3)
22.5
(72.5)
24.7
(76.5)
28.1
(82.6)
31.3
(88.3)
36.7
(98.1)
38.6
(101.5)
39.3
(102.7)
36.6
(97.9)
31.0
(87.8)
27.8
(82)
22.6
(72.7)
39.3
(102.7)
Média alta °C (°F) 10.1
(50.2)
11.1
(52)
14.3
(57.7)
19.3
(66.7)
23.0
(73.4)
25.8
(78.4)
29.4
(84.9)
31.1
(88)
28.2
(82.8)
23.1
(73.6)
17.9
(64.2)
12.7
(54.9)
20.5
(68.9)
Média diária °C (°F) 5.9
(42.6)
6.5
(43.7)
9.7
(49.5)
14.7
(58.5)
18.7
(65.7)
22.0
(71.6)
25.7
(78.3)
27.0
(80.6)
24.1
(75.4)
18.8
(65.8)
13.5
(56.3)
8.4
(47.1)
16.3
(61.3)
Média baixa °C (°F) 2.5
(36.5)
2.7
(36.9)
5.6
(42.1)
10.4
(50.7)
14.9
(58.8)
19.0
(66.2)
23.0
(73.4)
24.0
(75.2)
21.0
(69.8)
15.3
(59.5)
9.8
(49.6)
4.8
(40.6)
12.8
(55)
Recorde baixa °C (°F) −6
(21)
−5.5
(22.1)
−3.3
(26.1)
0.0
(32)
4.7
(40.5)
10.4
(50.7)
15.3
(59.5)
16.8
(62.2)
12.4
(54.3)
3.8
(38.8)
0.1
(32.2)
−4.1
(24.6)
−6
(21)
Média precipitação mm (inches) 57.0
(2.244)
78.3
(3.083)
149.4
(5.882)
167.5
(6.594)
190.5
(7.5)
241.3
(9.5)
190.0
(7.48)
150.8
(5.937)
248.9
(9.799)
164.5
(6.476)
118.8
(4.677)
52.3
(2.059)
1 809,1
(71,224)
Média umidade relativa (%) 58 57 60 65 71 78 80 77 75 70 66 61 68
Média mensal horas de sol 196.5 184.2 191.0 195.6 195.8 148.3 177.5 222.6 161.0 165.9 170.0 199.5 2 207,9
Fonte: Agência Meteorológica do Japão[7]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Bairros de Hamamatsu

Hamamatsu é divida em sete bairros[8]:

  • Hamakita-ku (浜北区)
  • Higashi-ku (東区)
  • Kita-ku (北区)
  • Minami-ku (南区)
  • Naka-ku (中区) — centro administrativo
  • Nishi-ku (西区)
  • Tenryū-ku (天竜区)

Municipalidades vizinhas[editar | editar código-fonte]

Prefeitura de Shizuoka[9]

Prefeitura de Aichi[9]

Prefeitura de Nagano[9]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Festival Hamamatsu

A população de estrangeiros Nikkei cresceu após a mudança na lei de imigração Japonesa que permitiu que eles trabalhassem no Japão. Muitos estrangeiros trabalham nas fábricas da Honda, Suzuki e Yamaha.[5]

Desde 1990, o número de crianças estrangeiras em Hamamatsu aumentou. Natsuko Fukue do Japan Times escreveu em 2010 que muitas crianças estrangeiras tem dificuldades em se integrarem à sociedade em Hamamatsu porque "as comunidades Japonesas e estrangeiras vivem bastante separadas uma das outras."[5]

A população estrangeira caiu bastante após a crise mundial de 2008, com o governo de Hamamatsu tendo que oeferecer ajuda para que alguns estrangeiros voltassem para seus países de origem.[10]

Brasileiros[editar | editar código-fonte]

Super Mercado Takara, um supermercado brasileiro
Ver artigo principal: Brasileiros no Japão

Em um período não especificado, a cidade tinha 15.899 brasileiros, sendo eles 60% da população estrangeira. Toshiko Sugino da Academia Nacional de Defesa do Japão escreveu que as pessoas em Hamamatsu "são consideradas mentes-abertas" para a diversidade étnica. A cidade possui muitos sinais em Português. Isso inclui uma escola brasileira, e vários negócios que erguem bandeiras brasileiras.[11]

Em um ano não especificado, havia 2.500 residentes brasileiros com menos de 18 anos, com 1600 deles tendo menos de 15 anos. Em um ano não específico, 500 brasileiros menores de idade não estavam matriculados em nenhuma instituição educacional.[11]

O presidente da Hamamatsu NPO Network Center, Mitsue Inoue, disse em 2010 que "há muitos supermercados e escolas brasileiras (em Hamamatsu), mas os Japoneses não sabiam que tais locais não existiam."[5]

Economia[editar | editar código-fonte]

Hamamatsu é uma famosa cidade industrial, especialmente na área de instrumentos musicais e motocicletas. Em 2010, a Grande Hamamatsu, na Área Metropolitana de Emprego, tinha um PIB de U$ 54.3 bilhões.[12][13]

Empresas sediadas em Hamamatsu[editar | editar código-fonte]

Empresas fundadas em Hamamatsu[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Shizuoka University - Campus Hamamatsu

Faculdades e universidades[editar | editar código-fonte]

  • Hamamatsu Gakuin University[16]
  • Hamamatsu University
  • Hamamatsu University School of Medicine
  • Seirei Christopher University[17]
  • Shizuoka University (Faculty of Engineering and Faculty of Informatics)
  • Shizuoka University of Art and Culture[18]

Escolas[editar | editar código-fonte]

As escolas de ensino médio (kōtōgakkō) são operadas pela Prefeitura de Shizuoka. As escolas de shōgakkō e de chūgakkō são operadas pelo governo da cidade. Há 117 escolas de shōgakkō e 52 escolas de chūgakkō.[19]

Hamamatsu possui as seguintes escolas brasileiras:

  • Escola Brasil (antiga Escola Brasileira de Hamamatsu) - shōgakkō e chūgakkō[20]
  • Escola Alegria de Saber - shōgakkō e chūgakkō [20]
  • Escola Alcance - shōgakkō[20]
  • Mundo de Alegría - Escola Peruana com uma seção Brasileira de shōgakkō[21]

Esportes[editar | editar código-fonte]

A Yamaha tem um time de futebol profissional, um time de Rugby na primeira divisão da liga e também conta com um time de beisebol, onde atuaram e atuam jogadores brasileiros. A Honda também tem seu time de futebol, atualmente na terceira divisão do futebol japonês.

Cidades-Irmãs[editar | editar código-fonte]

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cidade de Hamamatsu. «Estatísticas». Consultado em 9 de março de 2018. 
  2. Isto é Japão. «O que você não sabia sobre a cidade de Hamamatsu em Shizuoka». Consultado em 9 de março de 2018. 
  3. Tourist Link. «Hamamatsu». Consultado em 9 de março de 2018. 
  4. Cidade de Hamamatsu. «Cronologia de Hamamatsu». Consultado em 9 de março de 2018. 
  5. a b c d Natsuko Fukue. «Nonprofit brings together foreign, Japanese residents in Hamamatsu (em Inglês)». The Japan Times. Consultado em 9 de março de 2018. 
  6. a b Hamamatsu Tourist Guide. «What's Hamamatsu like? (em Inglês)». Consultado em 9 de março de 2018. 
  7. JMA. «JMA». Consultado em 9 de março de 2018. 
  8. Cidade de Hamamatsu. «Regiões administrativas (em Japonês)». Consultado em 9 de março de 2018. 
  9. a b c Google Maps. «Hamamatsu». Consultado em 9 de março de 2018. 
  10. Hiroko Tabuchi. «Japan Pays Foreign Workers to Go Home, Forever (em Inglês)». The New York Times. Consultado em 9 de março de 2018. 
  11. a b Sugino, Toshiko (Academia Nacional de Defesa do Japão). "Linguistic Challenges and Possibilities of Immigrants In Case of Nikkei Brazilians in Japan (em Inglês)". Centre for Education Research and Innovation (CERI), Organisation for Economic Co-operation and Development (Ver lista de relatórios. p. 5/8. Acessado em 9 de março de 2018.
  12. Yoshitsugu Kanemoto. «Metropolitan Employment Area (MEA) Data». Centro de Ciência de Informação Espacial, Universidade de Tóquio 
  13. Conversion rates - Exchange rates - OECD Data
  14. "Headquarters." Hamamatsu Photonics. Acessado em 9 de março de 2018.
  15. Honda. «Transmission Factory (em Inglês)». Consultado em 9 de março de 2018. 
  16. Hamamatsu Gakuin University. «Página inicial». Consultado em 9 de março de 2018. 
  17. Seirei Christopher University. «Página inicial». Consultado em 9 de março de 2018. 
  18. Shizuoka University of Art and Culture. «Página inicial». Consultado em 9 de março de 2018. 
  19. Aparecida, Tsutsumi Angela (Burajiru Fureai Kai). "The Contradiction Between “Being and Seeming” Reinforces Low Academic Performance (em Inglês)". US-China Education Review B 2 (2012) pp. 217-223.
  20. a b c "Escolas Brasileiras Homologadas no Japão". Embaixada do Brasil em Tóquio. Acessado em 9 de março de 2018.
  21. Japanese address: "住所 〒431-0102 静岡県 浜松市 西区 雄踏町 宇布見 9611-1"
  22. " «Prefeito de Hamamatsu visita Câmara de Manaus». Amazonas 24 Horas. 14 de abril de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hamamatsu
Wikivoyage
O Wikivoyage possui o guia Hamamatsu
Prefeitura de Shizuoka
Cidades
Atami | Fuji | Fujieda | Fujinomiya | Fukuroi | Gotenba | Hamakita | Hamamatsu | Ito | Iwata | Izu | Izunokuni | Kakegawa | Kikugawa | Kosai | Makinohara | Mishima | Numazu | Omaezaki | Shimada | Shimoda | Shizuoka | Susono | Tenryu | Yaizu
Distritos
Fuji | Haibara | Hamana | Ihara | Inasa | Iwata | Kamo | Shida | Shuchi | Sunto | Tagata