Han Kang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Este é um nome coreano; o nome de família é Han.
Han Kang
Nome completo 한강 (韓江)
Nascimento 27 de novembro de 1970 (50 anos)
Gwangju, Coreia do Sul
Nacionalidade sul-coreana
Alma mater Universidade Yonsei
Ocupação Escritora
Prémios Prémio Internacional Man Booker (2016)
Género literário Ficção
Magnum opus A Vegetariana

Han Kang (hangul: 한강; hanja: 韓江; rr: Han Gang; MR: Han Kang; Gwangju, 27 de novembro de 1970) é uma escritora sul-coreana.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Han Kang é filha do romancista sul-coreano Han Seung-won.[3][4] Ela nasceu em Gwangju e aos 10 anos, mudou-se para Suyuri (bairro do distrito de Gangbuk-gu), em Seul com a família. Estudou literatura coreana na Universidade Yonsei, localizada em Seul.[4] Depois de se graduar trabalhou durante três anos como jornalista nas revistas Publishing Journal e Samtoh, entre outras.[carece de fontes?]

Sua carreira literária teve início com a publicação de cinco de seus poemas, incluindo "Inverno em Seul", em edição da revista Munhak-gwa-sahoe (Literatura e Sociedade) em 1993. Já sua carreira enquanto romancista iniciou-se no ano seguinte, em 1994, quando foi ganhadora do Concurso Literário da Primavera de Seoul Shinmun, com o relato "A âncora escarlate". Em 1995, publicou seu primeiro livro de contos intitulado Yeosu (여수의 사랑). Em 1998, ela participou do Programa Internacional de Escrita da Universidade de Iowa por três meses, com o suporte do Conselho de Artes da Coréia.[5]

Tornou-se mundialmente conhecida após a publicação do seu romance "A vegetariana" (채식주의자) em 2007, pelo qual, após sua tradução ao inglês, conquistou o Man Booker Prize (Prêmio Booker) em 2016.[6]

Atualmente, Han Kang ensina escrita criativa no Universidade de Seul,[4] e escreve contos e novelas, além de realizar trabalhos de artes visuais.[7]

Prémios[2][editar | editar código-fonte]

Obras traduzidas ao português[editar | editar código-fonte]

Referências