Handebol do Clube de Regatas do Flamengo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Clube de Regatas Flamengo
Handebol Handball pictogram.svg
Flamengo-RJ (BRA).png
Alcunhas
Cores Vermelho e preto
Mascote Urubu
Informações
Cidade Rio de Janeiro, RJ
País Brasil
Pavilhão Ginásio Togo Renan Soares

Maracanãzinho
Resultados
Uniformes
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro

O Handebol do Clube de Regatas do Flamengo é o departamento de handebol, tanto masculino quanto feminino, do Clube de Regatas do Flamengo, sediado no Rio de Janeiro.

Atualmente inativo, foi uma potência no final dos anos 1970 e início dos 1980.[1]

História[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o Handebol surgiu em 1930, sendo trazido da Europa. Em 1973, a antiga CBD promove o I Campeonato Brasileiro Juvenil e em 1974 o I Campeonato Brasileiro Adulto.

Por conta disso, o handebol chegou à Gávea na segunda metade dos anos 70, com o clube oferecendo escolinhas e competindo nas categorias mirim, infantil, cadete, juvenil, júnior e adulto, tanto no naipe masculino, quanto no feminino.[1]

Sob o comando do coordenador e técnico Leoni Nascimento, o Flamengo foi muito forte no handebol no final dos anos 1970 e início dos 1980. O clube disputou seu primeiro Campeonato Estadual em 1977, e conquistou os Estaduais Adulto Masculino de 1977, 1978, 1979 e 1980, além de títulos de menor expressão. À época, a equipe chegou até a excursionar pela Europa.[2]

Em 1984, o Flamengo desfiliou-se da FHERJ e o departamento de handebol foi desativado no clube.

Em novembro de 1992, o Flamengo volta a disputar o Handebol, de novo com Leoni Nascimento no comando. A equipe rubro-negra aplicou a maior goleada da história do Estadual: 79 a 11 no Teresópolis. Em 1993, sagrou-se campeão estadual, do Rio-São Paulo, e brasileiro masculino da segunda divisão. O clube disputou também torneios de beach handball.[3]

Em 1994, porém, projeto se encerrou novamente, e o departamento de handebol foi mais uma vez desativado no clube.

Em 2000, impulsionado pela rivalidade com o Vasco da Gama[4], o Flamengo voltou a disputar competições de Handebol. O Mengou terminou o Estadual em segundo lugar, perdendo a final para o Vasco da Gama, e o Campeonato Brasileiro em terceiro.[5]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

  • 1977 – 17 Jogos, 14 vitórias, 02 empates, 01 derrota, 309 gols e 198 gols contra
  • 1978 – 20 jogos, 19 vitórias, 00 empates, 01 derrota, 346 gols e 220 gols contra
  • 1979 – 15 jogos, 14 vitórias, 00 empates, 01 derrota, 339 gols e 198 gols contra
  • 1980 – 14 jogos, 10 vitórias, 00 empates, 04 derrotas, 247 gols e 214 gols contra
  • 1981 – 23 jogos, 17 vitórias, 01 empate, 05 derrotas, 536 gols e 347 gols contra
  • 1982 – 15 jogos, 11 vitórias, 01 empate, 03 derrotas, 340 gols e 230 gols contra
  • 1983 – 16 jogos, 10 vitórias, 01 empate, 05 derrotas, 348 gols e 247 gols contra
  • 1992 – 15 jogos, 11 vitórias, 00 empates, 04 derrotas, 429 gols e 135 gols contra
  • 1993 – 37 jogos, 29 vitórias, 02 empates, 06 derrotas, 1046 gols e 755 gols contra

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque
  • 1981 – Vice-Estadual, 4º lugar na Taça Brasil
  • 1982 – Vice-Estadual e vice no Torneio Masters
  • 1983 – Vice-Estadual
  • 1984 – Vice-Estadual
  • 1993 – 5º na Taça Brasil
  • 2000 - 3º na Liga Nacional

Referências

  1. a b colunadofla.com/ História do Flamengo no Handebol
  2. flaestatistica.com/ Handebol do Flamengo
  3. esporterio.blogspot.com/ Flamengo já foi um gigante no Handball
  4. dgabc.com.br/ Flamengo pega Vasco no handebol
  5. terra.com.br/ Fla recebe Metodista na semifinal do nacional de handebol