Hannie Schaft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jannetje Johanna Schaft
Conhecido(a) por membro da resistência holandesa
Nascimento 16 de setembro de 1920
Haarlem, Holanda
Morte 17 de abril de 1945 (24 anos)
Nacionalidade neerlandesa
Pistola de Hannie Schaft contra nazistas.

Hannie Schaft ou Jannetje Johanna Schaft (Haarlem, 16 de setembro de 1920Holanda do Norte, 17 de abril de 1945) foi uma combatente da resistência holandesa durante a Segunda Guerra Mundial. Ficou conhecida como a garota de cabelos ruivos. Seu nome secreto no movimento de resistência era Hannie.

Filha de menonitas, foi uma combatente da resistência holandesa contra os nazistas. O trabalho resistente de Schaft começou com pequenos atos. Primeiro, ela rouba carteira de identidade para residentes judeus, incluindo seus amigos.[1]

Em abril de 1945, foi assassinada em Bloemendaal, na Holanda do Norte, por nazistas.[2]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Harry Mulisch, L’Attentat [« De aanslag »], Paris, Calmann-Lévy, 1984 (ISBN 2-7021-1298-6)
  • Theun de Vries, Het meisje met het rode haar, Querido, 2015

Filmologia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kathryn J. Atwood, Women Heroes of World War II, Chicago, Chicago Review Press (ISBN 9781556529610), p. 103
  2. https://www.findagrave.com/memorial/21465/hannie-schaft