Hans Kirk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hans Kirk
Nome nativo Hans Kirk
Nascimento 11 de janeiro de 1898
Hadsund
Morte 16 de junho de 1962 (64 anos)
Copenhaga
Nacionalidade Dinamarquês
Cidadania Dinamarca
Ocupação escritor

Hans Kirk (Hadsund, 11 de Janeiro de 1898 - Copenhaga, 16 de Junho de de 1962) foi um escritor dinamarquês.[1]

Estilo[editar | editar código-fonte]

Seu é conhecido por expressões de pontuação sutil. O que mais se nota é a falta de aspas, uma prática que esconde a presença do narrador direto. Os traços longos são usados para marcar uma mudança de tempo e a organização de seus romances não usa os títulos dos capítulos; sómente espaços em branco entre os parágrafos.

Os seus romances estão inseridos na linha do realismo social.

  • Os Pescadores (1932)
  • Os Jornaleiros (1936)
  • Filho da Ira (1950)
  • Sombras chinesas (1953)

Bibliografía[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kirkebog 1892-1898, Visborg sogn, Hindsted herred, Ålborg amt, side 44, AO-opslag 46

Ligações externas[editar | editar código-fonte]