Canuto III da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hardacanuto)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Canuto III
Rei da Dinamarca
Reinado 1035 a 8 de junho de 1042
Antecessor(a) Canuto II
Sucessor(a) Magno I
Rei da Inglaterra
Reinado 17 de março de 1040
a 8 de junho de 1042
Predecessor Haroldo I
Coroação junho de 1040
Sucessor Eduardo, o Confessor
 
Casa Real Knýtlinga
Nascimento c. 1018
Inglaterra
Morte 8 de junho de 1042 (24 anos)
Lambeth, Inglaterra
Sepultamento Catedral de Winchester, Winchester
Pai Canuto II da Dinamarca
Mãe Ema da Normandia

Canuto III (10188 de junho 1042), também chamado de Hardacanuto (em dinamarquês: Hardeknud), foi Rei da Dinamarca de 1035 a 1042 e também Rei da Inglaterra de 1040 a 1042. Era o único filho legítimo de Canuto II da Dinamarca e Ema da Normandia, mas tinha um irmão bastardo, Haroldo.

Canuto II sucedeu ao seu pai como rei da Dinamarca em 1035, mas a intenção de Canuto era que ele lhe sucedesse também nos seus outros reinos. No entanto, a Noruega revoltou-se e proclamou como rei um membro da casa real norueguesa, e Haroldo apropriou-se de Inglaterra. Canuto II preparou-se para responder e organizou uma invasão de Inglaterra. Haroldo morreu antes que pudesse ocorrer alguma batalha e abriu caminho a Canuto para se tornar rei com a aceitação geral dos seus súbditos. Canuto depressa se tornou num rei impopular devido à sua política de aumentar os impostos. Durante o seu reinado ocorreram várias revoltas, nomeadamente em Worchester, reprimidas com violência. Como concessão, Canuto recebeu na corte Eduardo, o Confessor o herdeiro de Etelredo II, muito estimado pelos populares.

Em 1042, Canuto entrou em convulsão durante um banquete de casamento e morreu pouco depois, possivelmente envenenado. Como não tinha descendência, com Canuto acabou o domínio dinamarquês em Inglaterra.

Precedido por
Canuto II
Rei da Dinamarca
1035 - 1042
Sucedido por
Magno I
Precedido por
Haroldo I
Rei de Inglaterra
1040 - 1042
Sucedido por
Eduardo, o Confessor