Haroldo, a Lança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Haroldo, a Lança
Nascimento 1080
Morte 1135
Cidadania Dinamarca
Progenitores
Cônjuge Ragnild Magnusdotter
Filho(s) Biorno Braço de Ferro da Dinamarca, Olaf (II) Haraldsen
Irmão(s) Érico II da Dinamarca, Canuto Lavardo, Ragnhild Eriksdottir
Ocupação Regentes da Suécia, anti-king
Causa da morte decapitação

Haroldo, a Lança (em dinamarquês: Harald Kesja; 1080 - 1135) era o filho de Érico I da Dinamarca. Era casado com Ragnilda, filha do rei Magno III da Noruega. Érico I nomeou Haroldo como regente da Dinamarca em 1103, quando este ia para Jerusalém, mas Haroldo teve que renunciar o trono quando seu tio, Nicolau I, foi eleito rei em 1104. Após a derrota e morte de Nicolau, em 1134, ele tentou novamente ser reconhecido como rei sob o nome Haroldo V, mas foi condenado à morte, junto a oito de seus filho em 1135 pelo rei Érico II da Dinamarca, seu meio-irmão.

Descendentes[editar | editar código-fonte]

Haroldo casou-se com Ragnilda, filha de Magno III da Noruega, tendo quatro filhos legítimos:

  • Haroldo tinha também outros oito filhos, que foram decapitados junto com ele:
    • Haroldo, morto em 1135.
    • Canuto, morto em 1135.
    • Sivardo, morto em 1135.
    • Érico, morto em 1135.
    • Suendo, morto em 1135.
    • Niels, morto em 1135.
    • Benedito, morto em 1135.
    • Mistivento, morto em 1135.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.