Harry Dean Stanton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Editado pela última vez em 19 de setembro de 2017.

Harry Dean Stanton
Stanton in 2006
Nascimento 14 de julho de 1926
Irvine, Kentucky, EUA
Nacionalidade norte-americana
Morte 15 de setembro de 2017 (91 anos)
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Ator, cantor e músico
Atividade 1954–2017
IMDb: (inglês)

Harry Dean Stanton (Irvine, 14 de julho de 1926 - Los Angeles, 15 de setembro de 2017[1]) foi um ator, cantor e músico norte-americano.[2]

Com carreira prolífica, Harry se mantinha atuando no cinema, e também na televisão, desde 1957. Em 1988 fez parte do júri do Festival de Cinema de Veneza. Até 1971 era creditado nos filmes e na televisão apenas como Dean Stanton, para evitar ser confundido com o ator Harry Stanton, com quem atuou em 1969 em episódio do seriado Petticoat Junction.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dean Stanton nasceu em Irvine, no Kentucky, filho de Sheridan Harry Stanton, barbeiro e plantador de tabaco, e de Ersel Moberly, uma cozinheira.[3] Seus pais se divorciaram quando Dean estava no ensino médio. Ele ainda tinha dois irmãos mais novos, Archie e Ralph, e um meio irmão mais novo, Stan.[3] Dean estudou na Universidade de Kentucky, em Lexington, onde começou sua atuação no teatro. Ele se formou em jornalismo e rádio e TV. Seu professor de teatro o convenceu a deixar a universidade para se tornar ator. Assim, ele ingressou na Pasadena Playhouse, em Pasadena, Califórnia.[3]

Dean também é um veterano da Segunda Guerra Mundial, tendo servido como cozinheiro embarcado durante a Batalha de Okinawa.[4]

Os Vingadores[editar | editar código-fonte]

O ator faz uma rápida aparição no filme Os Vingadores, da Marvel, onde ele se encontra com o personagem Bruce Banner/Hulk, interpretado por Mark Ruffalo. Foi dito por Mark que a cena completa estará nos extras do DVD e Blu-Ray. O ator também participa do primeiro episódio da segunda temporada de "Two and a Half Men" de 2004, estrelada por Charlie Sheen e Jon Cryer, juntamente com Elvis Costello e Sean Penn.

Morte[editar | editar código-fonte]

Dean faleceu em 15 de setembro de 2017, no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, Califórnia, aos 91 anos.[3][5] O ator nunca se casou.[6]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Em 2000 foi indicado no Screen Actors Guild Awards, na categoria de atuação extraordinária de elenco em cinema, pelo filme The Green Mile (1999).

Em 2007 foi indicado no Satellite Awards, na categoria de melhor ator coadjuvante, pela atuação no seriado Big Love.


Referências

  1. «Morreu Harry Dean Stanton, o protagonista de Paris, Texas». PÚBLICO. Consultado em 15 de Setembro de 2017 
  2. Copley, Rich. «Lexington film festival honors Kentucky native Harry Dean Stanton». LexGo. Lexington Herald-Leader. Consultado em 31 de janeiro de 2011 
  3. a b c d Andrew Pulver (ed.). «Harry Dean Stanton, cult American actor, dies aged 91». The Guardian. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  4. KAREN VALBY (ed.). «Wild at Heart». Entertainment Weekly. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  5. Anita Gates (ed.). «Harry Dean Stanton, Character Actor Who Became a Star, Dies at 91». The New York Times. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  6. Carmel Dagan (ed.). «Harry Dean Stanton, 'Big Love,' 'Twin Peaks' Star, Dies at 91». Variety. Consultado em 15 de setembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.