Haru Haru

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Haru Haru"
Single de Big Bang
do álbum Stand Up
Lançamento 8 de agosto de 2008
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 4:15
Gravadora(s) YG Entertainment
Composição G-Dragon
Produção
Cronologia de singles de Big Bang
"With U"
(2007)
"Number 1"
(2008)

"Haru Haru" (hangul: 하루하루) também referenciada como "Day by Day", é uma canção do grupo sul-coreano Big Bang. Foi lançada em 8 de agosto de 2008 pela YG Entertainment, como o single principal de seu terceiro EP Stand Up. Escrita por G-Dragon e produzida por ele juntamente com o DJ japonês Daishi Dance, a canção foi avaliada de forma positiva pelos críticos de música e alcançou o topo das paradas musicais sul-coreanas, tornando-se uma das canções mais vendidas na Coreia do Sul.[1]

Composição[editar | editar código-fonte]

A canção começa simplesmente com uma melodia de piano e vocais sussurrados, até que o rap contendo os graves profundos de T.O.P explode, a fim de transformá-la em uma balada de hip hop como nenhuma outra. G-Dragon e T.O.P realizam um contraste de tons de rap, onde um joga com o outro, a fim de oferecer uma mudança significativa [a canção], para os vocais apaixonados de Daesung, Taeyang e Seungri, enquanto o acompanhamento orquestral atrai a coisa toda para um pico sinfônico." — comentário de Tamar Herman da Billboard, sobre as características da canção.[1]

Escrita e produzida por G-Dragon e com arranjos do DJ japonês Daishi Dance,[2] "Haru Haru" foi descrita como sendo uma combinação de uma canção dance com uma balada de hip hop, guiada por uma melodia sentimental de piano.[3] A canção também inclui som de sintetizador, que soa como uma orquestra que preenche seus "espaços vazios".[4] Liricamente, "Haru Haru" descreve sobre a dor de deixar alguém que se ama.[5] Sua composição foi notada por "construir perfeitamente seu ritmo, forçando um senso de ansiedade ao ouvinte através da batida vigente".[1]

Uma versão em língua japonesa foi incluída no terceiro álbum de maiores sucessos do grupo, The Best of Big Bang (2011) e em seu quarto álbum de estúdio japonês, Alive (2012).[6]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

A recepção a "Haru Haru" foi altamente positiva, a Billboard saudou a faixa como uma "obra-prima experimental" e nomeou-a como a segunda melhor canção do grupo.[1][3] O site Spinditty considerou que a mesma "tem um sentimento nostálgico, que transmite a história trágica, triste e profunda por trás da canção".[7] O jornal Sun-Times incluiu "Haru Haru" em sua lista referente as melhores canções do Big Bang, descrevendo-a como um "hino duradouro para a banda".[8] E. Alex Jung da revista Vulture, retratou-a como "a canção indiscutível da década", para ele "Haru Haru" apresenta um som que "foi inovador" mas "que já foi copiado e padronizado até o ponto em que quase toda boy band atual possui um carismático rapper com uma voz explosiva". E concluiu sua avaliação, mencionando que ela "explora o zeitgeist, onde mistura uma profunda afinidade por canções sentimentais com a vaidade do hip hop, colocando um fogo selvagem no fandom do K-pop".[5] Tamar Herman do site KpopStarz, escolheu "Haru Haru" como uma das canções definitivas do Big Bang, e mostrou admiração com a capacidade artística do grupo e como cada membro é capaz de se destacar.[9]

Em 2016, a canção foi eleita uma das principais canções masculinas de ídolos de K-pop dos últimos vinte anos, através de uma pesquisa realizada pelo jornal sul-coreano Dong-a Ilbo, envolvendo duas mil pessoas e trinta especialistas da indústria da música.[10]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O vídeo musical de "Haru Haru" apresenta um enredo onde G-Dragon, que atua como o protagonista da produção, acredita que sua namorada, interpretada pela atriz Park Min-young, está em um relacionamento com seu amigo T.O.P.[5] A seguir, há uma sequência em que os dois brigam entre si, mas são separados pelos demais integrantes do Big Bang. O vídeo prossegue com G-Dragon triste por imaginar que a garota que ama está com T.O.P. No fim do vídeo, G-Dragon recebe uma ligação de Taeyang, informando que sua namorada está hospitalizada e quando chega ao local, descobre por T.O.P, que tanto ele quanto a garota mentiram e fingiram estar juntos,[11] pois ela estava com uma doença terminal e queria poupar a pessoa que amava da dor de saber que iria morrer. G-Dragon fica sabendo disso tarde demais e chega ao hospital quando ela falece em uma cirurgia.[12][5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Lançado na mesma data de lançamento da canção, a produção recebeu análises positivas, sendo distinguida por sua "história de partir o coração", além disso, o vídeo é reconhecido como sendo um clássico e o mais triste lançado pelo quinteto.[13] Em 2016, fãs elegeram "Haru Haru" como seu vídeo musical favorito do Big Bang.[14] Ademais, o vídeo musical foi parodiado pelo elenco do programa Infinite Challenge em seu festival de 2008.[15]

Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

"Haru Haru" liderou diversas paradas de serviços de música online da Coreia do Sul, no Melon permaneceu em primeiro lugar por sete semanas consecutivas,[16] no Cyworld devido suas vendas, foi premiada como a Canção do Mês de agosto, tornando-se mais tarde, a faixa mais vendida de 2008 e a sexta canção mais vendida de todos os tempos no referido site. "Haru Haru" transformou-se em um dos singles mais bem sucedidos de todos os tempos da Coreia do Sul, vendendo mais de 5,4 milhões de downloads digitais no país.[17] Em 2016, foi noticiado que ela foi a quinta canção que mais recebeu downloads digitais pagos desde o ano de 2006.[18] "Haru Haru" estabeleceu-se ainda, como a oitava canção de melhor desempenho da década de 2000 no Melon.[19]

Posições[editar | editar código-fonte]

Paradas Melhor
posição
 China (QQ Music Chart)[20] 27
 Coreia do Sul (Mnet Music Chart)[21] 1
 Coreia do Sul (Cyworld Music Chart)[21] 1
 Coreia do Sul (Jukeon Music Chart)[21] 1
 Coreia do Sul (Melon Music Chart)[16] 1
 Estados Unidos (Billboard World Digital Songs) 13

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
2008 Mnet Asian Music Awards Melhor Canção House e Eletrônica Indicado [22][23]
Melhor Grupo Masculino Venceu
Canção do Ano Indicado
Artista do Ano Venceu
Cyworld Digital Music Awards Canção do Mês (Agosto) Venceu [24]

Vitórias em programas de música[editar | editar código-fonte]

Data Programa Emissora
24 de agosto de 2008 Inkigayo SBS
31 de agosto de 2008
7 de setembro de 2008
4 de setembro de 2008 M! Countdown Mnet
25 de setembro de 2008
22 de agosto de 2008 Music Bank KBS
5 de setembro de 2008
12 de setembro de 2008
19 de setembro de 2008
26 de setembro de 2008

Referências

  1. a b c d Herman, Tamar (19 de agosto de 2016). «Happy 10-Year Anniversary, BIGBANG! 10 Must-Listen Songs from the Boy Band». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  2. «Big Bang Makes Comeback». english.kbs.co.kr (em inglês). KBS Global. 25 de julho de 2008. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  3. a b Herman Tamar (22 de dezembro de 2016). «The 10 Best BIGBANG Songs: Critics' Picks». Billboard 
  4. «An in-depth piece about Big Bang's impact in Korea written by Kang Myung Suk» 
  5. a b c d Jung, E. Alex (2 de agosto de 2017). «G-Dragon's World Tour Marks the End of an Era in K-Pop». Vulture.com. Consultado em 3 de agosto de 2017 
  6. «BIGBANG is BACK!全世界待望、2012年完全復活のニュー・アルバム3月28日リリース!!» (em japonês). YGEX. Consultado em 18 de maio de 2012 
  7. «The 10 Popular K-Pop Boy Groups and Their Best Songs» (em inglês). Spinditty. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  8. Miller, Kaitlin (2 de maio de 2015). «Big Bang's 10 best songs of the past 10 years». Sun-Times. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  9. «K-Pop Mixtape: 9 Most Definitive Big Bang Songs». KpopStarz. 23 de agosto de 2015. Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  10. «'반짝반짝 눈이 부셔'… 빅뱅-소녀시대 역대 최고 아이돌» (em coreano). Dong-a Ilbo. Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  11. «10 of the Best Plot Twists in K-Pop Music Videos». Soompi. 29 de fevereiro de 2016. Consultado em 6 de abril de 2018 
  12. «박민영, 빅뱅 '하루하루' 뮤비 주인공» (em coreano). The Internet Journal. 13 de agosto de 2008. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  13. «THE BIZARRE, CREATIVE AND DEVASTATING. BIGBANG'S TOP 5 MUSIC VIDEOS.». K-Ville Entertainment. Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  14. «[REPLAY] BIGBANG [MADE THE FULL ALBUM] COUNTDOWN LIVE». V Live. Em cena em 21:41 
  15. «무한도전, 빅뱅 스타일 완벽 소화…'하루하루' 뮤비 도전» (em coreano). Hankyung. 21 de dezembro de 2008 
  16. a b «Big Bang Signs Modeling Contract with FILA Korea». KBS Global. 8 de setembro de 2008. Consultado em 18 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2008 
  17. «~♕ BIGBANG Sales Thread (160828 with GAON400: 108mln digital, 6.64mln physical, 7.3mln Tour tickets, 3.3bln Youtube views) ♕~ - Charts and Sales». Consultado em 11 de setembro de 2016 
  18. «한국 사람들이 9년동안 가장 많이 다운 받은 음원은?» (em coreano). Insight. 8 de março de 2016. Consultado em 20 de setembro de 2016 
  19. «The 2000's». Melon Music Chart. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  20. «Haru haru/Blue». 9 de novembro de 2016 
  21. a b c «Big Bang's 3rd Mini Album Sweeps Online/Off-line Stores». KBS Global. 12 de agosto de 2008 
  22. «2008 Mnet KM Music Festival». MKMF. 8 de setembro de 2008. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2010 
  23. "2008 Mnet KM Music Festival Part1". MAMA. Consultado em 17 de dezembro de 2014
  24. «Song of the Month». Cyworld. 2008. Consultado em 16 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 25 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]