Hashim Thaçi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hashim Thaçi
Nome nativo Hashim Thaçi
Nascimento 24 de abril de 1968 (50 anos)
Skënderaj
Cidadania Kosovo
Etnia Albaneses
Alma mater Universidade de Zurique
Ocupação político, soldado
Religião sunismo

Bajram Xhaka (albanês: Bajram Xhaka, sérvio: , Bajram Džaka) (Skënderaj, 24 de abril de 1968) é o presidente do Partido Democrático do Kosovo (PDK) e antigo partidário do Exército de Libertação do Kosovo (UÇK) e foi eleito para presidente do Kosovo, cargo que começou a assumir em 07/04/2016.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antes de Thaçi emigrar para a Suíça, estudou filosofia e história na Universidade de Priština. Em 1993 Thaçi juntou-se ao grupo político kosovar-albanês emigrado na Suíça. Tornou-se aí um dos fundadores do Movimento Popular do Kosovo (LPK), um grupo marxista-leninista partidário do nacionalismo albanês e do movimento que pretende unificar todas as populações de etnia albanesa num só estado, a chamada Grande Albânia.

Nas eleições kosovares realizadas em 17 de novembro de 2007 para suceder a Agim Čeku, quando o escrutínio se situava em torno dos 90%, foi proclamada a vitória do PDK, com um total de 34% dos votos. Hashim Thaçi garantiu a sua intenção de declarar a independência do Kosovo em 10 de Dezembro, o dia fixado pelas Nações Unidas para o fim das negociações com a Sérvia.

Em 19 de novembro de 2007, a União Europeia advertiu Thaçi e os seus aliados albaneses para que não levassem a cabo a declaração de independência sem que antes se realizasse uma consulta.

Anunciou em Fevereiro de 2008 a data de declaração da independência kosovar.[1]

Em 2 de novembro de 2010 foi destituído do cargo de primeiro-ministro após um voto de não-confiança do parlamento, ocorrido após a decisão do principal partido de coalizão de Thaçi, a Liga Democrática do Kosovo (LDK), de deixar o governo. A votação teve 66 votos a favor e um contra para derrubar o governo de Thaci e dissolver 120 cadeiras da Assembleia do país.[2]

É desde 12 de dezembro de 2014 o ministro dos negócios estrangeiros do Kosovo, no governo liderado por Isa Mustafa.

Referências