Hassan Whiteside

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hassan Whiteside
Hassan Whiteside 2016.jpg
Informações pessoais
Nome completo Hassan Niam Whiteside
Data de nasc. 13 de junho de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Carolina do Norte, Estados Unidos Estados Unidos
Altura 7 ft 0 in (2.13 m)
Peso 120 kg (265 lb)
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Portland Trail Blazers
Número 21
Posição Pivô
Clubes de juventude
2009–2010 Estados Unidos Marshall
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2010–2012
2010–2012
2012–2013
2013
2013
2013
2013–2014
2014
2014
2014–2019
2014
2019–Presente
Estados Unidos Sacramento Kings
Estados UnidosReno Bighorns
Estados Unidos Sioux Falls Skyforce
Estados Unidos Valley Vipers
Líbano Amchit Club
China Sichuan Blue Whales
Líbano Al Mouttahed Tripoli
China Jiangsu Monkey Kings
Estados Unidos Iowa Energy
Estados Unidos Miami Heat
Estados Unidos Sioux Falls Skyforce
Estados UnidosPortland Trail Blazers
19 (29)
25 (147)
7 (72)
29 (164)
4 (68)

16 (329)

3 (66)
324 (4.554)
1 (21)
2 (38)

Hassan Niam Whiteside (Gastonia, 13 de junho de 1989) é um basquetebolista profissional americano que atualmente joga no Portland Trail Blazers da NBA.[1]

Ele jogou basquete universitário em Marshall e foi selecionado pelo Sacramento Kings com a 33° escolha geral no Draft da NBA de 2010. Além dos Kings, Booker jogou por Miami Heat da NBA, por Reno Bighorns, Sioux Falls Skyforce, Rio Grande Valley Vipers e Iowa Energy da D-League, por Amchit Club e Al Mouttahed Tripoli da Liga Libanesa e pelo Sichuan Blue Whales e Jiangsu Tongxi da Associação Chinesa de Basquete.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Whiteside cresceu com seis irmãos e uma mãe solteira. Nascido e criado em Gastonia, Carolina do Norte, ele frequentou três escolas secundárias em dois anos: Hunter Huss High School, Ashbrook High School e Forestview High School.[2]

Em seu primeiro ano do ensino médio, Whiteside foi morar com o pai em Newark, Nova Jersey, estudando na East Side High School. Depois de obter uma média de 18 pontos, 10 rebotes e 5,5 bloqueios por jogo, Whiteside voltou à Carolina do Norte no ano letivo de 2007-2008 e estudou na Hope Christian Academy (Kings Mountain, Carolina do Norte). Em 2008–09, ele jogou basquete preparatório na The Patterson School, em Lenoir, Carolina do Norte, onde ajudou a levar Patterson a um recorde de 34–2.

Whiteside foi classificado como o 12° melhor Pivô e o 87° melhor jogador da classe de 2009 pela Rivals.com.[3]

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Whiteside escolheu a Universidade Marshall rejeitando Carolina do Norte em Charlotte, Carolina do Sul, Kentucky, Auburn e Mississippi State.[4]

Whiteside chegou à Universidade Marshall e não demorou muito para ele chamar a atenção nacional. Ele foi destaque na edição de 28 de dezembro da coluna ESPN The College Basketball depois de acumular 14 pontos, 17 rebotes e nove bloqueios ao longo de 29 minutos em uma vitória por 60–53 sobre Ohio em 28 de novembro.

Em 12 de dezembro, Whiteside registrou o seu primeiro triplo-duplo em uma derrota por 105-54 para o Universidade Brescia, registrando 17 pontos, 14 rebotes e 11 bloqueios.[5] Whiteside teve mais dois triplos-duplos no ano contra UCF em 13 de janeiro e 27 de fevereiro.[6][7]

Ele terminou a temporada como líder do país em bloqueios com 182, ele também quebrou o recorde de Jerome Jordan de mais bloqueios em uma única temporada e o recorde de Marshall de mais bloqueios em uma única temporada. Os 182 bloqueios também foram um recorde nacional de um calouro, superando os 177 rebotes de Shawn Bradley em 1990-1991.

Em sua única temporada em Marshall, ele jogou 34 jogos e teve médias de 13.1 pontos, 8.9 rebotes e 5.4 bloqueios.[8]

Em 29 de março de 2010, Whiteside se declarou elegível para o Draft da NBA de 2010, depois que o treinador de Marshall, Donnie Jones, aceitou o cargo de treinador de UCF.[9]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Sacramento Kings (2010–2012)[editar | editar código-fonte]

Whiteside foi selecionado pelo Sacramento Kings com a 33ª escolha geral no Draft da NBA de 2010.[10] Ele jogou na abertura da temporada dos Kings, registrando duas faltas em dois minutos contra o Minnesota Timberwolves[11] e não jogou mais pelos Kings durante toda a temporada.

Ele passou algum tempo com o afiliado dos Kings na D-League, Reno Bighorns, entre 29 de novembro e 9 de janeiro.[12]

Entre 1º de janeiro e 3 de fevereiro da temporada abreviada de 2011-12, Whiteside esteve em missão com o Reno Bighorns.[13][14] Entre 15 de fevereiro e 11 de abril, ele disputou 18 jogos pelos Kings, incluindo um esforço de 10 rebotes no dia 8 de abril contra o Houston Rockets.[15] Em 16 de julho de 2012, ele foi dispensado pelos Kings.[16]

Em 2 temporadas em Sacramento, ele jogou 19 jogos e teve médias de 1.5 pontos, 2.1 rebotes e 0.8 bloqueios.[17][18] Em 2 temporadas jogando pelo Reno Bighorn, ele jogou 8 jogos e teve médias de 6.1 pontos, 5.2 rebotes e 2.5 bloqueios.[19][20]

D-League, Líbano e China (2012-2014)[editar | editar código-fonte]

Em 14 de dezembro de 2012, Whiteside foi adquirido pelo Sioux Falls Skyforce da D-League.[21] Em 4 de janeiro de 2013, ele foi negociado com o Rio Grande Valley Vipers.[22] Ele deixou os Vipers antes dos playoffs e ingressou no clube libanês Amchit Club no final de abril.[23] Após três jogos pelo Amchit no início de maio, Whiteside deixou o Líbano e se juntou à equipe chinesa, Sichuan Blue Whales. Em 27 jogos, ele teve uma média de 25,7 pontos, 16,6 rebotes, 1,4 roubadas de bola e 5,1 bloqueios por jogo.

Em novembro de 2013, Whiteside voltou ao Líbano após assinar com Al Mouttahed Tripoli.[24] Em abril de 2014, ele foi saiu do Trípoli e voltou à China.[25] Ele se juntou à equipe chinesa, Jiangsu Tongxi, onde em 17 jogos teve média de 29,6 pontos, 16,4 rebotes, 1,3 assistências e 4,3 bloqueios por jogo.

Depois de passar a Summer League com o Toronto Raptors[26] e a pré-temporada com o Memphis Grizzlies,[27] Whiteside se juntou ao afiliado dos Grizzlies na D-League, Iowa Energy, em novembro de 2014.[28]

Miami Heat (2014–2019)[editar | editar código-fonte]

Temporada de 2014-15[editar | editar código-fonte]

Em 24 de novembro de 2014, Whiteside assinou contrato com o Miami Heat.[29] Em 13 de dezembro, ele foi designado para o Sioux Falls Skyforce, mas foi retirado dois dias depois.[30][31] Em 4 de janeiro de 2015, ele teve seu primeiro duplo-duplo da carreira com 11 pontos, 10 rebotes e 5 bloqueios em uma vitória de 88-84 sobre o Brooklyn Nets.[32]

Em 25 de janeiro, ele teve seu primeiro triplo-duplo da carreira com 14 pontos, 13 rebotes e 12 rebotes em uma vitória sobre o Chicago Bulls por 96-84.[33] No processo, Whiteside se tornou apenas o quarto jogador nos 25 anos anteriores com pelo menos 12 pontos, 12 rebotes e 12 bloqueios em um jogo e o primeiro jogador desde Manute Bol com 12 bloqueios em 25 minutos ou menos.[34]

Em 4 de fevereiro, ele marcou 24 pontos e 20 rebotes em uma derrota para o Minnesota Timberwolves.[35] Seus 90% de arremessos certos e sua noite de 20/20 o tornaram um dos únicos quatro jogadores na história da NBA a alcançar tal feito.

Em 2 de março de 2015, Whiteside entrou em uma briga com Alex Len, do Phoenix Suns. No dia seguinte, a NBA multou Whiteside em US $ 15.000 pela briga.[36] Em 10 de março, ele foi suspenso por um jogo por golpear Kelly Olynyk em 9 de março.[37] Ele terminou em quarto lugar na votação de Jogador Que Mais Evoluiu.

Durante sua primeira temporada no Heat, Whiteside jogou 48 jogos e teve médias de 11.8 pontos, 10.0 rebotes e 2.6 bloqueios.[38]

Temporada de 2015-16[editar | editar código-fonte]

Em 17 de novembro, ele teve seu segundo triplo-duplo da carreira com 22 pontos, 14 rebotes e 10 bloqueios em uma derrota para o Minnesota Timberwolves.[39] Em 9 de dezembro, ele teve três bloqueios contra o Charlotte Hornets, abrindo a temporada com duas ou mais bloqueios nos 20 jogos, atrás apenas de Mark Eaton (24 na temporada de 1988-89) e Shaquille O'Neal (23 na temporada de 1992-93) para séries mais longas em um inicio de temporada. Sua série terminou no 21° jogo depois que ele não conseguiu um bloqueio em 13 de dezembro contra o Memphis Grizzlies.

Em 15 de janeiro de 2016, Whiteside registrou seu terceiro triplo-duplo da carreira com 19 pontos, 17 rebotes e 11 bloqueios em uma vitória de 98-95 sobre o Denver Nuggets.[40] Entre 22 de janeiro e 2 de fevereiro, ele perdeu seis jogos com uma lesão no quadril esquerdo. Ele voltou à ação em 3 de fevereiro, registrando 10 pontos, nove rebotes e cinco bloqueios em 17 minutos em uma vitória por 93-90 sobre o Dallas Mavericks.[41] Dois dias depois, ele gravou seu terceiro triplo-duplo da temporada e o quarto de sua carreira com 10 pontos, 10 rebotes e 10 bloqueios em uma vitória por 98-95 sobre o Charlotte Hornets.[42]

Em 20 de fevereiro, ele registrou 25 pontos e 23 rebotes em uma vitória de 114-94 sobre o Washington Wizards, marcando apenas a 11ª vez na história da NBA que um jogador teve pelo menos 20 pontos e 20 rebotes em um jogo como reserva.[43] Whiteside também bloqueou dois arremessos naquele jogo, dando a ele 300 bloqueios em 94 jogos pelo Heat, o mais rápido que um jogador do Heat atingiu a marca. No próximo jogo do Heat no dia seguinte contra o Indiana Pacers, Whiteside teve seu milésimo rebote em seu 95º jogo, marcando o mais rápido que alguém alcançou esse marco na história do Heat, à frente de Alonzo Mourning (96), Kevin Willis (98) e Shaquille O'Neal (99).

O Heat terminou a temporada regular como a terceira melhor campanha na Conferência Leste com um recorde de 48-34. Whiteside terminou como o principal bloqueador da liga na temporada de 2015-16 e foi selecionado para a Segunda-Equipe Defensiva. Na primeira rodada dos playoffs, o Heat enfrentou o Charlotte Hornets e em uma vitória no Jogo 1 em 17 de abril, Whiteside fez sua estréia na pós-temporada com 21 pontos e 11 rebotes. O Heat perdeu para o Toronto Raptors na segunda rodada.

Nessa temporada, Whiteside jogou 73 jogos e teve médias de 14.2 pontos, 11.8 rebotes e 3.7 bloqueios.[44]

Temporada de 2016-17[editar | editar código-fonte]

Em 7 de julho de 2016, Whiteside renovou com o Heat em um contrato de quatro anos e US $ 98 milhões.[45][46]

No jogo de abertura da temporada, em 26 de outubro, Whiteside registrou 18 pontos, 14 rebotes e quatro bloqueios em uma vitória por 108-96 sobre o Orlando Magic.[47] Com 21 pontos e 16 rebotes contra o Toronto Raptors em 4 de novembro,[48] Whiteside registrou seu quinto duplo-duplo seguido, um recorde da franquias em um começo de temporada.[49]

Em 10 de novembro, ele marcou 20 pontos e 20 rebotes contra o Chicago Bulls em seu terceiro jogo de 20/20 na carreira.[50] O único jogador a ter mais jogos de 20/20 pelo Heat foi Rony Seikaly com 12 jogos.[51]

Em 14 de dezembro, ele registrou 26 pontos e 22 rebotes em uma vitória de 95-89 sobre o Indiana Pacers, marcando seu quarto jogo na carreira de 20/20.[52] Em 1º de fevereiro de 2017, Whiteside conquistou seu 2.000º rebote em uma vitória por 116-93 sobre o Atlanta; ele terminou o jogo com 18 pontos e 18 rebotes.[53] Três dias depois, ele registrou 30 pontos e 20 rebotes em uma vitória de 125-102 sobre o Philadelphia 76ers.[54] O jogo de 30/20 foi o primeiro de sua carreira e o nono na história do Heat, incluindo playoffs.[55] Ele se juntou a Bill Laimbeer como o único jogador na história da NBA a ter um jogo de 30 pontos e 20 rebotes em menos de 27 minutos.[56]

Em 12 de março, ele teve 26 pontos e 21 rebotes em uma derrota por 102-98 para o Indiana Pacers.[57] Foi o quinto jogo de 20/20 de Whiteside nesta temporada.[58] Em 21 de março, ele teve um desempenho de 23 pontos e 14 rebotes em uma vitória por 112-97 sobre o Phoenix Suns.[59] Ele alcançou 936 rebotes na temporada durante o jogo, estabelecendo um recorde de franquia em uma única temporada.[60] Whiteside também registrou seu 57º jogo de rebote com dois dígitos da temporada, um recorde de Heat. Em 2 de abril contra o Denver Nuggets, Whiteside se tornou o primeiro jogador do Heat a registrar 1.000 pontos e 1.000 rebotes em uma temporada.[61]

Nessa temporada, Whiteside jogou 77 jogos e teve médias de 17.0 pontos, 14.1 rebotes e 2.1 bloqueios.[62]

Temporada de 2017-18[editar | editar código-fonte]

No jogo de abertura do Heat contra o Orlando Magic em 18 de outubro de 2017, Whiteside registrou 26 pontos e 22 rebotes em uma derrota de 116-109, tornando-se o primeiro jogador desde Kevin Garnett em 2007 a marcar pelo menos 20 pontos e 20 rebotes na noite de abertura.[63]

Em 1 de novembro de 2017, ele retornou de uma ausência de cinco jogos com um joelho machucado e registrou 13 pontos e 14 rebotes em uma vitória de 97-91 sobre o Chicago Bulls.[64] Em 26 de dezembro de 2017, ele retornou de uma ausência de 11 jogos com uma contusão óssea no joelho esquerdo e registrou sete pontos e oito rebotes em uma vitória por 107-89 sobre o Orlando Magic.[65]

Nessa temporada, Whiteside jogou 54 jogos e teve médias de 14.0 pontos, 11.4 rebotes e 1.7 bloqueios.[66]

Temporada de 2018-19[editar | editar código-fonte]

Em 29 de outubro de 2018, Whiteside registrou 24 rebotes (maior marca da NBA), 16 pontos e cinco bloqueios em uma derrota de 123-113 para o Sacramento Kings.[67] Em 7 de novembro, ele registrou 29 pontos, 20 rebotes e nove bloqueios (maior marca da NBA) em uma vitória de 95-88 sobre o San Antonio Spurs.[68] Em março de 2019, ele foi relegado a um papel de reserva após sofrer uma lesão no quadril.[69]

Nessa temporada, Whiteside jogou 72 jogos e teve médias de 12.3 pontos, 11.3 rebotes e 1.9 bloqueios.[70]

Em 5 temporadas em Miami, ele jogou 324 jogos e registrou 4.554 pontos, 3.870 rebotes (5° da história da franquia) e 783 bloqueios (3° da história da franquia).

rebotes e 783 bloqueios.783

Portland Trail Blazers (2019 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 6 de julho de 2019, Whiteside foi negociado com o Portland Trail Blazers como parte de uma negociação de quatro equipes que também envolvia o Los Angeles Clippers e o Philadelphia 76ers.[71]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Whiteside é o filho de Hasson Arbubakrr e Debbie Whiteside.[72] Seu pai jogou na NFL pelo Minnesota Vikings e Tampa Bay Buccaneers de 1983 a 1984. Whiteside tem um irmão mais novo chamado Nassan, que tem autismo. Em 2012, o Nassan's Place foi incorporado no estado de Nova Jersey como uma organização sem fins lucrativos.[73] O Nassan's Place oferece às famílias de renda baixa a oportunidade de receber cuidados de qualidade e acessíveis a seus filhos em um ambiente seguro e despreocupado.[74]

Em janeiro de 2017, Whiteside transferiu US $ 2,75 milhões para o advogado Michael Avenatti como o primeiro pagamento em um acordo de US $ 3 milhões com a ex-namorada Alexis Gardner, que foi representada por Avenatti no acordo. Avenatti supostamente desviou quase US $ 194.000 dos US $ 3 milhões que Whiteside pagou no total, apesar de ter direito legal a pouco mais de US $ 1 milhão em honorários legais. Esta notícia veio à tona durante uma acusação de Avenatti em 10 de abril de 2019 em Santa Ana, Califórnia. “Firmamos um acordo mutuo após o término de nosso relacionamento; um acordo que refletia o investimento de tempo e apoio de Alexis ao longo de vários anos, enquanto Hassan seguia uma carreira na NBA”, disseram Whiteside e Gardner ao Los Angeles Times em comunicado divulgado por seu agente.[75]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2010–11 Sacramento 1 2.0 .000 .000 .0 .0 .0 .0 .0
2011–12 Sacramento 18 6.1 .444 .417 2.2 .0 .2 .8 1.6
2014–15 Miami 48 23.8 .628 .500 10.0 .1 .6 2.6 11.8
2015–16 Miami 73 29.1 .606 .650 11.8 .4 .6 3.7* 14.2
2016–17 Miami 77 32.6 .557 .628 14.1* .7 .7 2.1 17.0
2017–18 Miami 54 25.3 .540 1.000 .703 11.4 1.0 .7 1.7 14.0
2018–19 Miami 72 23.3 .571 .125 .449 11.3 .8 .6 1.9 12.3
Carreira 343 26.0 .574 .222 .593 11.4 .6 .6 2.3 13.4

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2016 Miami 10 29.1 .681 .591 10.9 .3 .8 2.8 12.0
2018 Miami 5 15.4 .450 .615 6.0 .2 .0 1.2 5.2
Carreira 15 24.5 .629 .596 9.3 .3 .5 2.3 9.7

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2009–10 Marshall 34 26.1 .524 .600 .588 8.9 .3 .6 5.4 13.1

Fonte:[76][77]

Referências

  1. «Hassan Whiteside». NBA Stats (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  2. Walker, Richard. «Gastonia's Whiteside back in the NBA». Gaston Gazette (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  3. «Hassan Whiteside, 2009 Center - Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  4. «Hassan Whiteside - Basketball Recruiting - Player Profiles - ESPN». ESPN.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  5. «Brescia vs. Marshall - Game Recap - December 16, 2009 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  6. «Marshall vs. UCF - Box Score - January 13, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  7. «UCF vs. Marshall - Box Score - February 27, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  8. «2009-10 Marshall Thundering Herd Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  9. «Herd's Whiteside to Turn Pro, According to Reports - WOWK-TV - WOWKTV.com». web.archive.org. 26 de julho de 2011. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  10. «2010 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  11. «Kings vs. Timberwolves - Box Score - October 27, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  12. «Kings Recall Hassan Whiteside». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  13. «Kings Assign Honeycutt and Whiteside to Reno». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  14. «Kings Recall Hassan Whiteside From Reno». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  15. «Houston Rockets at Sacramento Kings Box Score, April 8, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  16. «KINGS WAIVE HASSAN WHITESIDE». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  17. «Hassan Whiteside 2010-11 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  18. «Hassan Whiteside 2011-12 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  19. «2010-11 Reno Bighorns Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  20. «2011-12 Reno Bighorns Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  21. «NBA Development League: Skyforce Acquires Whiteside». web.archive.org. 1 de agosto de 2015. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  22. «NBA Development League: Skyforce Acquires Saunders From Vipers». web.archive.org. 1 de agosto de 2015. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  23. Basketball, Lebanese (2013T07:31). «@youngwhiteside Welcome to Amchit Welcome to Lebanon». @lebanonbasket (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019  line feed character character in |titulo= at position 34 (ajuda); Verifique data em: |data= (ajuda)
  24. «Lebanese Basketball, News, Teams, Scores, Stats, Standings, Awards - asia-basket». Eurobasket LLC (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  25. «Hassan Whiteside officially fired from Al Mouttahed Club – Lebanese Basketball». web.archive.org. 2 de maio de 2014. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  26. «Raptors Announce 2014 NBA Summer League Roster». Toronto Raptors (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  27. «Memphis Grizzlies announce 2014 Training Camp roster». Memphis Grizzlies (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  28. «Iowa Energy Acquire Hassan Whiteside». OurSports Central (em inglês). 14 de novembro de 2014. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  29. «HEAT Signs Hassan Whiteside». Miami Heat (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  30. «HEAT Assign Napier and Whiteside to Skyforce». Miami Heat (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  31. «HEAT Recall Napier and Whiteside From Skyforce». Miami Heat (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  32. «Brooklyn Nets at Miami Heat Box Score, January 4, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  33. «Miami Heat at Chicago Bulls Box Score, January 25, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  34. «Hassan Whiteside does a lot in a little time». ESPN.com (em inglês). 25 de janeiro de 2015. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  35. «Miami Heat at Minnesota Timberwolves Box Score, February 4, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  36. Thornburgh, Tristan. «Miami Heat's Hassan Whiteside Tackles Phoenix's Alex Len, Both Players Ejected». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  37. «Whiteside suspended 1 game for latest spat». ESPN.com (em inglês). 10 de março de 2015. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  38. «Hassan Whiteside 2014-15 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  39. «Minnesota Timberwolves at Miami Heat Box Score, November 17, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  40. «Miami Heat at Denver Nuggets Box Score, January 15, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  41. «Miami Heat at Dallas Mavericks Box Score, February 3, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  42. «Miami Heat at Charlotte Hornets Box Score, February 5, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  43. «Washington Wizards at Miami Heat Box Score, February 20, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  44. «Hassan Whiteside 2015-16 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  45. «HEAT Re-Signs Hassan Whiteside». Miami Heat (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  46. Doyle, Ricky (1 de julho de 2016). «Hassan Whiteside Returning To Heat On Reported Four-Year Max Contract». NESN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  47. «Miami Heat at Orlando Magic Box Score, October 26, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  48. «Miami Heat at Toronto Raptors Box Score, November 4, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  49. «Heat vs. Raptors - Game Recap - November 4, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  50. «Chicago Bulls at Miami Heat Box Score, November 10, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  51. «Bulls vs. Heat - Game Recap - November 10, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  52. «Miami Heat at Indiana Pacers Box Score, March 12, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  53. «Atlanta Hawks at Miami Heat Box Score, February 1, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  54. «Philadelphia 76ers at Miami Heat Box Score, February 4, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  55. «76ers vs. Heat - Game Recap - February 4, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  56. Winfield, Kristian (4 de fevereiro de 2017). «Hassan Whiteside put up a ridiculous 30 points and 20 rebounds in 27 minutes». SBNation.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  57. «Miami Heat at Indiana Pacers Box Score, March 12, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  58. «Heat vs. Pacers - Game Recap - March 12, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  59. «Phoenix Suns at Miami Heat Box Score, March 21, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  60. «Suns vs. Heat - Game Recap - March 21, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  61. «Nuggets vs. Heat - Game Recap - April 2, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  62. «Hassan Whiteside 2016-17 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  63. «Miami Heat at Orlando Magic Box Score, October 18, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  64. «Chicago Bulls at Miami Heat Box Score, November 1, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  65. «Orlando Magic at Miami Heat Box Score, December 26, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  66. «Hassan Whiteside 2017-18 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  67. «Sacramento Kings at Miami Heat Box Score, October 29, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  68. «San Antonio Spurs at Miami Heat Box Score, November 7, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  69. «Heat vs. Hornets - Game Recap - March 6, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  70. «Hassan Whiteside 2018-19 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  71. «Trail Blazers Acquire Hassan Whiteside from Miami in Multi-Team Deal». Portland Trail Blazers (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  72. «7-foot Marshall freshman may still be growing - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  73. «5K to Raise Money to Open Educational Center for Autistic Children». NJTV News (em inglês). 27 de março de 2014. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  74. «Hassan Whiteside to Host Nassan's Place Fundraiser at Komodo». Haute Living (em inglês). 6 de abril de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  75. «Must Reads: Avenatti accused of embezzling nearly $2 million that NBA player paid ex-girlfriend». Los Angeles Times (em inglês). 21 de abril de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  76. «Hassan Whiteside Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  77. «Hassan Whiteside College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hassan Whiteside