Hazem el-Beblaui

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hazem el-Beblaui
حازم الببلاوي
Primeiro ministro do  Egito
Período 16 de julho de 2013 - 1 de março de 2014
Antecessor Hesham Qandil
Sucessor Ibrahim Mahlab
Dados pessoais
Nascimento 17 de outubro de 1936 (82 anos)
 Egito, Cairo
Alma mater Universidade do Cairo
Universidade de Grenoble
Partido Partido Social Democrático (Egito)
Religião Islamismo Sunita
Profissão Economista

Hazem Abdel Aziz el-Beblaui (حازم عبد العزيز الببلاوي, nascido em 17 de outubro de 1936) é um economista e político liberal egípcio, que serviu em posições diferentes. O ex-ministro das Finanças em 2011, foi nomeado em 16 de Julho 2013 primeiro-ministro interino do Egito.[1] sob o governo interino do Presidente Adly Mansour.

Aziz el-Beblaui nasceu em torno de 1936. Ele estudou Direito na Universidade do Cairo e formou-se em 1957. Ele obteve a pós-graduação em Economia pela Universidade de Grenoble, em 1961. Assim, ele é PhD, que recebeu da Universidade de Paris em 1964.

Al-Beblaui começou sua carreira como professor na Universidade de Alexandria em 1965 e ministrou cursos relacionados com a economia em várias universidades até 1980. Ele se tornou um gerente do Banco Industrial do Kuwait, em 1980, e serviu ali até 1983. De 1983 a 1995, ele actuou como presidente e executivo-chefe do Banco de Desenvolvimento da Exportação no Egito, em seguida, trabalhou na Comissão Económica e Social das Nações Unidas para a Ásia Ocidental (ESCWA), como secretário-executivo entre 1995 e em 2000. Depois, ele actuou como consultor para o Fundo Monetário Árabe em Abu Dhabi 2001-2011.

Após a revolução egípcia, al-Beblaui tornou-se um dos membros fundadores do Partido Social Democrata Egito, que nomeou ele vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças no gabinete em 17 de julho de 2011, que foi formada em janeiro de 2011. Ele seguiu Samir Radwan, que estava no cargo desde janeiro de 2011. O gabinete foi liderado por Essam Sharaf. Depois de quase quatro meses de mandato, em outubro de 2011, al-Beblaui renunciou ao cargo, quando os cristãos coptas foram mortos por forças da segurança.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Hazem el-Beblaui
Portal A Wikipédia tem o
Portal do Egito
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.