Hbomberguy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Harris Michael Brewis,[1][2] (nascido em 1992/1993),[3] mais conhecido como Hbomberguy, é um YouTuber britânico e streamer da Twitch.[4] Brewis produz ensaios em vídeo sobre uma variedade de tópicos, como cinema, televisão e videogames, muitas vezes combinando-os com argumentos de posições políticas e econômicas de esquerda.[5][6] Ele também cria vídeos destinados a desmascarar teorias da conspiração e responder a argumentos de direita e antifeministas.[7] Brewis é bissexual[8][9] e ateu.[10]

Harris Brewis
Brewis em 2019
Nome completo Harris Michael Brewis
Pseudônimo Hbomberguy
Nascimento 1992/1993[3]
West Yorkshire, Inglaterra, Reino Unido[11]
Ocupação youtuber, streamer
Carreira no YouTube
Período de atividade 2008–presente
Inscritos + 1,03 milhão
Visualizações + 127,2 milhões
Placas do YouTube
0000YouTube Silver Play Button 2.svg0000100 mil inscritos (2017)
0000YouTube Gold Play Button 2.svg00001 milhão de inscritos (2022)

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Brewis iniciou o canal Hbomberguy no YouTube em 28 de maio de 2006.[12] Em 30 de março de 2022, o canal tinha mais de 1 milhão de inscritos.[12] As técnicas de apresentação de Brewis incluem animação desenhada à mão e humor para mostrar seus pontos de vista.[13] Seus vídeos também tratam de temas relacionados à política e justiça social, incluindo análises de argumentos e temas da alt-right.[6][13] Brewis construiu seu estilo de "respostas medidas" para formar o que se tornou uma série de leituras próximas de figuras culturais como teóricos da conspiração da Terra plana, "artistas de pegação" e criadores de conteúdo que perpetuam alegações sobre o suposto efeito feminizante dos fitoestrógenos de soja.[7]

Juntamente com sua análise política e séries de respostas medidas, Brewis vem produzindo longas resenhas de mídia e ensaios em vídeo sobre vários tópicos, como televisão, cinema, cultura da internet e videogames.

Hbomberguy é um dos membros fundadores do Nebula Streaming Service como parte da Standard Creator Community, com alguns vídeos exclusivos e estendidos no serviço.[14]

Stream de caridade para o Mermaids[editar | editar código-fonte]

De 18 a 21 de janeiro de 2019, Brewis transmitiu continuamente uma tentativa de completar Donkey Kong 64 para arrecadar dinheiro para a organização britânica de caridade transgênero Mermaids, que ele completou em 57 horas e 48 minutos.[15] A instituição de caridade havia sido designada para financiamento pela British National Lottery, mas o financiamento foi retido e colocado sob revisão após críticas do escritor de comédia e ativista anti-transgênero Graham Linehan e outros.[16] Isso inspirou Brewis a transmitir ao vivo em apoio à caridade.

A transmissão ao vivo contou com muitos convidados notáveis, incluindo a deputada dos EUA Alexandria Ocasio-Cortez, a ativista Chelsea Manning, a atriz Mara Wilson, os jornalistas Paris Lees e Owen Jones, Adam Conover, criador de Adam Ruins Everything, o autor Chuck Tingle, Matt Christman e Virgil Texas do podcast Chapo Trap House, compositor de Donkey Kong 64 Grant Kirkhope, os designers de jogos Rebecca Heineman, Josh Sawyer, John Romero e Scott Benson, YouTubers Natalie Wynn, Lindsay Ellis, Abigail Thorn e Jim Sterling ; bem como a CEO do Mermaids, Susie Green.[7][17][18] Colin Mochrie, Neil Gaiman, Cher, Matthew Mercer, Adam Savage, Hidetaka Suehiro e SonicFox também twittaram em apoio à transmissão ao vivo e à caridade.[19][20] A transmissão ao vivo começou com uma meta de 500 dólares, mas ultrapassou essa meta e várias metas de financiamento subsequentes rapidamente.[21] Nas primeiras 24 horas, a transmissão ao vivo arrecadou mais de 100 mil dólares. No total, mais de 347 mil dólares (265 mil libras) foram arrecadados para a caridade através da transmissão ao vivo, [15][22][23] com mais de 659.000 pessoas assistindo a transmissão.[7]

A transmissão ao vivo atraiu atenção e elogios.[22][24][21] Foi descrito pelo The Guardian como "um antídoto para o pior da cultura gamer"[7] e elogiado em uma moção apresentada no parlamento escocês pelo co-organizador do Green Party Patrick Harvie.[25] Em julho de 2019, a revista LGBT Attitude reconheceu a transmissão ao vivo ao homenagear Brewis com um Attitude Pride Award.[26] Mermaids também agradeceu a Brewis pela transmissão ao vivo em sua conta no Twitter.[27][28][29]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Brewis foi elogiado pela crítica pelo formato e comentários de seu canal no YouTube.[5][13] Sua análise em vídeo do quadrinho do Ctrl+Alt+Del "Loss" recebeu elogios da crítica: foi selecionado pelo Polygon como um dos dez melhores video essays de 2018 e foi indicado três vezes no Sight & Sound coleção das críticas videográficas mais marcantes de 2018, com o crítico de cinema e cineasta britânico Charlie Lyne afirmando: "O confiável e excelente H. Bomberguy empurrou o video essay do YouTube para um novo território com esta boneca Matryoshka de um upload: uma crítica em camadas da webcomic de jogos Ctrl + Alt+Del, o clássico de mau gosto de Tommy Wiseau The Room e o próprio video essay do YouTube. Para completar, é um filme de terror".[30][31] Seu vídeo sobre VHS, que foi produzido em colaboração com Shannon Strucci, foi elogiado pela TenEighty Magazine como um excelente "mergulho profundo" no tópico.[32]

Referências

  1. Siegel, Merideth (24 de janeiro de 2019). «Who is hbomberguy and why did his Donkey Kong stream get so big?». BG News. Consultado em 11 de junho de 2019. Cópia arquivada em 11 de julho de 2019 
  2. Brewis, Harry (16 de setembro de 2016). «Defective Products: Postal, Hatred, and For-Profit Controversy». Paste. Consultado em 20 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de julho de 2017 
  3. a b Braidwood, Ella (23 de janeiro de 2019). «How Hbomberguy—and Donkey Kong—raised $300,000 for trans kids». PinkNews]. Consultado em 26 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 4 de abril de 2020 
  4. Moosa, Tauriq (25 de janeiro de 2019). «'Success would've been three grand': meet the gamer who raised $340,000 for a trans charity». The Guardian. Consultado em 27 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 10 de junho de 2019 
  5. a b St. James, Emily (20 de dezembro de 2018). «The TV Club, 2018». Slate. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2019 
  6. a b Gormley, Connor (19 de abril de 2018). «5 YouTube Gaming Channels You Should Be Watching». Cultured Vultures. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 18 de abril de 2019 
  7. a b c d e Hawking, Tom (22 de janeiro de 2019). «How a 57-hour Donkey Kong game struck a blow against online toxicity». The Guardian. Consultado em 22 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 18 de julho de 2019 
  8. Griffin, Louise (21 de janeiro de 2019). «Hbomberguy hits back at Graham Linehan after Mermaids charity stream: 'Every time you tweet five people donate'». Metro. Consultado em 18 de dezembro de 2021. As a kid who grew up to be bi 
  9. @Hbomberguy (2 de maio de 2018). «mr hbomberguy... i dont mean to step out of bounds but... are you one of us... a fellow... lgbt... — I'm one of those bi men who leans pretty strongly toward women and feels a little bit bad when th...» (Tweet). Consultado em 12 de junho de 2022 – via Twitter 
  10. Harris, Brewis (23 de dezembro de 2020). «The War on Christmas: A Measured Response». YouTube. Consultado em 22 de fevereiro de 2022. Since the 2010s, there has been decisively more nonreligious people in Britain than Christians even. Most of these people still celebrate Christian traditions, they're a common part of English culture. I'm an atheist, and I still celebrate Christmas. (16:44) 
  11. Brewis, Harris (5 de março de 2022). «Deus Ex: Human Revolution is FINE, And Here's Why». Youtube. Consultado em 6 de junho de 2022. Fun fact, I was born and raised in West Yorkshire 
  12. a b «hbomberguy | About». YouTube. Consultado em 20 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 22 de setembro de 2017 
  13. a b c Rose, Quinn (26 de abril de 2018). «Six Video Essays You Should Watch». TenEighty Magazine. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2019 
  14. «HBomberguy - Nebula». Nebula (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2021 
  15. a b McWhertor, Michael (20 de janeiro de 2019). «How Alexandria Ocasio-Cortez wound up on a Donkey Kong 64 Twitch charity stream». Polygon. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2019 
  16. W-K, Edie. «YouTuber smashes $69,420 goal for trans charity Mermaids in non-stop Donkey Kong 64 Stream». Checkpoint (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2019 
  17. Moyse, Chris (21 de janeiro de 2019). «YouTuber Hbomberguy's Donkey Kong 64 marathon raised over $340,000 for trans youth». Destructoid. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 22 de abril de 2020 
  18. Evans, Mel (21 de janeiro de 2019). «Hbomberguy ends marathon 57-hour Donkey Kong session after raising $340,000». Metro. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 18 de abril de 2019 
  19. Grosso, Robert (20 de janeiro de 2019). «Streamer Hbomberguy Raises Over $230,000 for Trans Charity». TechRaptor. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2019 
  20. @Swery65 (20 de janeiro de 2019). «Understanding what I have to do. So share this. RT» (Tweet). Consultado em 28 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 22 de abril de 2020 – via Twitter 
  21. a b Kent, Emma (21 de janeiro de 2019). «YouTuber sacrifices sleep to stream Donkey Kong 64, raises $340k for trans kids». Eurogamer. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 20 de junho de 2019 
  22. a b Moore, Matt (20 de janeiro de 2019). «Hbomberguy raises over $100,000 for Mermaids by playing Donkey Kong 64 for 24 hours». Gay Times. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 18 de abril de 2019 
  23. «Gamer Hbomberguy hands funding row charity Donkey Kong boost». BBC News. 22 de janeiro de 2019. Consultado em 23 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 11 de julho de 2019 
  24. Sheehan, Gavin (21 de janeiro de 2019). «Hbomberguy Raises Over $340k for Transgender Youth During Twitch Stream». Bleeding Cool. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 18 de abril de 2019 
  25. Harvie, Patrick (21 de janeiro de 2019), Online Gamer, Harry Brewis, Fundraising for Mermaids UK, Scottish Parliament, Motion S5M-15504 
  26. «Attitude Pride Awards: The gamer who raised hundreds of thousands for an under-fire trans youth charity». Attitude. 5 de julho de 2019. Consultado em 28 de julho de 2019. Cópia arquivada em 28 de julho de 2019 
  27. @Mermaids_Gender (19 de janeiro de 2019). «We've just woken up to see that @hbomberguy has been playing Donkey Kong all night to raise money for Mermaids and is still playing! So far he's raised a staggering $26,000 and still has hours to go! Thank you 🙏🏻 Thank you 🙏🏻 Thank you 🙏🏻» (Tweet). Consultado em 20 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 22 de abril de 2020 – via Twitter 
  28. Duffy, Nick (19 de janeiro de 2019). «Gamer raises $160,000 for trans charity Mermaids by playing Donkey Kong non-stop». PinkNews. Consultado em 20 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 13 de maio de 2019 
  29. Tsjeng, Zing (21 de janeiro de 2019). «Alexandria Ocasio-Cortez Casually Drops in on Twitch Stream for Trans Kids». Broadly (em inglês). Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2019 
  30. Schindel, David (28 de dezembro de 2018). «The best video essays of 2018». Polygon. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2018 
  31. Verdeure, David; Trocan, Irina, eds. (20 de janeiro de 2019). «The best video essays of 2018». Sight & Sound. British Film Institute. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2019 
  32. Gillard, Sam (9 de outubro de 2017). «Video Spotlight: The Power Of VHS». TenEighty Magazine. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2018 

Links externos[editar | editar código-fonte]