Hearts of Iron IV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Hearts of Iron IV
Desenvolvedora(s) Paradox Development Studio
Publicadora(s) Paradox Interactive
Diretor(es) Johan Andersson
Produtor(es) Staffan Berglén
Patrick Berglind
Kandra Dahlgren
Robin Cederholm
Designer(s) Dan Lind
Johan Andersson
Chris King
Artista(s) Fredrik Toll
Compositor(es) Andreas Waldetoft
Motor Clausewitz Engine
Plataforma(s) Microsoft Windows, OS X, Linux
Lançamento
  • Mundo 6 de junho de 2016
Gênero(s) Estratégia, Guerra
Modos de jogo Single-player, multiplayer
Hearts of Iron III

Hearts of Iron IV é um jogo eletrônico de estratégia desenvolvido pela Paradox Development Studio e lançado em 2016.[1] É a sequência de Hearts of Iron III e parte da série Hearts of Iron, que têm foco na Segunda Guerra Mundial.[2]

Foi anunciado formalmente em janeiro de 2014 para ser lançado no primeiro semestre de 2015,[3] para depois ter seu lançamento prorrogado para o segundo semestre de 2015.[4][5] No dia 15 de março foi anunciado que a data do lançamento do jogo seria no dia 06 de junho de 2016 em comemoração ao 72º aniversário dos Desembarques da Normandia.[6]

O jogo utilizou o codinome Project Armstrong durante seu desenvolvimento.[7] Hearts of Iron IV está disponível para Microsoft Windows, OS X e Linux.[8]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogador pode jogar modo singleplayer ou multiplayer como qualquer nação do mundo existentes entre 1936 ou 1939, datas em que se pode iniciar o jogo. As forças armadas de uma nação são divididas entre forças navais, forças aéreas e forças terrestres. Para as forças terrestres, o jogador pode treinar, personalizar e comandar divisões que consistem em vários tipos de infantaria, tanques e outras unidades. Essas divisões exigem equipamentos e mão-de-obra para combater adequadamente. A marinha e a força aérea também exigem homens e equipamentos, incluindo os navios de guerra e aviões de guerra que são usados ​​em combate. O equipamento é produzido por fábricas militares, enquanto os navios são construídos por estaleiros. Essas fábricas e estaleiros militares são, por sua vez, construídos por fábricas civis, que também constroem uma variedade de outros edifícios, produzem bens de consumo para a população civil e supervisionam o comércio com outras nações. A maioria das nações é inicialmente forçada a dedicar um número significativo de suas fábricas civis à produção de bens de consumo, mas à medida que a nação se torna cada vez mais mobilizada, mais fábricas serão liberadas para outros fins. A mobilização é representada como uma "política" que o jogador pode ajustar com a quantidade adequada de poder político, um "recurso" abstrato que também é usado para nomear novos ministros e mudar outras facetas do governo da nação. Além da mobilização, existem outras políticas, incluindo a posição do país sobre recrutamento e comércio.[9][10]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «AMA Hearts of Iron 4». 23 de outubro de 2013. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  2. «AMA Hearts of Iron 4». 23 de outubro de 2013. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  3. «Hearts of Iron announcement». 24 de janeiro de 2014. Consultado em 24 de janeiro de 2014 
  4. «Developer Diary 12». 16 de janeiro de 2015. Consultado em 18 de janeiro de 2015 
  5. Hafer, Todd (13 de junho de 2015). «Kicking Hitler Repeatedly in the Kidneys in Hearts of Iron 4». IGN. Consultado em 19 de junho de 2015 
  6. «Paradox Interactive reveals release dates for Hearts of Iron IV and Stellaris». PCWorld. Consultado em 16 de março de 2016 
  7. Sharkey, Mike (23 de janeiro de 2014). «Paradox Con 2014: Hearts of Iron 4, Runemaster Announced». GameFront. Consultado em 15 de junho de 2015 
  8. «AMA Hearts of Iron 4». 23 de outubro de 2013. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  9. Apolon 06/29/16 (11 de junho de 2016). «'Hearts Of Iron 4' Beginner's Guide: Tips, Tricks and Strategies For Mastering The Basics». Player.One (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2020 
  10. «Guia do iniciante - Hearts of Iron 4 PT Wiki». hoi4-pt.paradoxwikis.com. Consultado em 15 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre entretenimento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.