Heinrich von Brentano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heinrich von Brentano em 1956

Heinrich von Brentano (6 de Junho de 190414 de Novembro de 1964) foi um advogado e politico alemão da União Democrata Cristã (CDU). Ele foi Ministro dos Negócios Estrangeiros da RFA entre 1955 e 1961.

História[editar | editar código-fonte]

Brentano nasceu em Offenbach am Main. Estudou Jurisprudência na Universidade de Munique e a partir de 1932 trabalhou como advogado. Entre 1943 e 1945 trabalhou em procuradoria na cidade alemã de Hanau. Viveu com a sua mãe até 1948.

Em 1961 houve rumores sobre a sua possível homossexualidade, e quando Konrad Adenauer foi questionado sobre o assunto, este respondeu: "Ele ainda não se atirou a mim". [1]

Depois da Segunda Guerra Mundial foi um dos fundadores da CDU e ainda uma figura importante nos primeiros anos da Comunidade Económica Europeia.

Brentano morreu de cancro aos 60 anos de idade.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Roland Koch, Frank-Lothar Kroll: Heinrich von Brentano – Ein Wegbereiter der europäischen Integration. Oldenburg, 2004, ISBN 3-486-56820-5.
  • Daniel Kosthorst: Brentano und die deutsche Einheit. Die Deutschland- und Ostpolitik des Außenministers im Kabinett Adenauer 1955–1961. Droste, Düsseldorf 1993.
  • Arnulf Baring: Sehr verehrter Herr Bundeskanzler! – Heinrich von Brentano im Briefwechsel mit Konrad Adenauer 1949–1964. Hoffmann und Campe, Hamburg 1974.
  • Bernd-Ulrich Hergemöller: Mann für Mann. Verlag MännerschwarmSkript, 1998, ISBN 3-928983-65-2.


Referências

  1. Schwule: Die rosa Normalität; quote: "Bei mir hat er es noch nit versucht."; Focus; 26 July 2004; retrieved on 19 November 2009.